Auxílio Brasil cancelado, o que fazer? Programa tem revisão mensal

Estar acima do limite de renda permitido e as informações desatualizadas no cadastro podem impedir a família de continuar recebendo o benefício social

Dados inconsistentes no CadÚnido podem resultar na exclusão do Auxílio Brasil. Isso acontece porque o Ministério da Cidadania está fazendo a revisão mensal das informações para conferir quem, de fato, está apto ao programa. Mas quando o Auxílio Brasil cancelado o que fazer? Confira como resolver essa questão para voltar a receber. 

Auxílio Brasil cancelado o que fazer para voltar a receber?

Quem for pego de surpresa com o Auxílio Brasil cancelado o que fazer para resolver essa situação, o primeiro passo é conferir se a família continua atendendo a todos os requisitos do programa. Neste sentido, é necessário se manter dentro dos limites de renda permitido para o programa, que são:

Renda familiar mensal de até R$ 105 por pessoa: para famílias que vivem em situação de extrema pobreza;

Renda familiar mensal de no máximo R$ 210: desde que a família seja composta por gestantes, mães amamentando ou menores de 21 anos com educação básica completa ou cursando: para famílias que vivem em situação de pobreza;

Esses dados precisam ser informados no CadÚnico que deve estar atualizado para garantir a permanência da família no programa, visto que quando os cidadãos se inscrevem para receber benefícios do governo, também se comprometem a atualizar os dados sempre que acontecer alguma mudança no perfil familiar ou nas características de domicílio.

Portanto, situações como a mudança de endereço, telefone, estado civil, alteração da renda mensal familiar, além do nascimento ou falecimento de membros da família devem ser atualizados no CadÚnico. Mas como isso não é feito pela internet, a orientação é procurar a prefeitura ou o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) que normalmente é responsável por esse cadastro.

Devido à pandemia, em algumas localidades é possível fazer esse procedimento pelo telefone, assim, entre em contato com o setor responsável e verifique como fazer a atualização para evitar o Auxílio Brasil cancelado. Em todo caso, será preciso apresentar documentos de todos os membros da família, são eles:

  1. Documentos pessoais: CPF; RG; Título de Eleitor; certidões de casamento, nascimento e de óbito se for o caso ou  Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani), se a pessoa for indígena;
  2. Documentos que comprovem renda: holerites ou a carteira de trabalho;
  3. Documentos que comprovem moradia: de preferência a conta de luz;
  4. Documentos que comprovem a escolaridade: comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Caso não tenha, leve o nome da escola de cada criança ou jovem.

Depois desse procedimento, é necessário aguardar a nova revisão mensal das informações do Auxílio Brasil cancelado o que será feito pelo Ministério da Cidadania. Se estiver tudo correto, a família será novamente incluída na folha de pagamento do benefício social, mas vale ressaltar que não existe um prazo para que isso aconteça e quando o benefício será novamente reestabelecido. 

Como saber se meu cadastro do Auxílio Brasil está atualizado?

Auxilio brasil cancelado o que fazer
Foto: reprodução//prefeitura de bertioga/sp

Além de manter os dados atualizados, os cidadãos também devem fazer o acompanhamento do benefício por meio do site oficial do Cadastro Único ou através do aplicativo Meu CadÚnico. Isso é uma das formas do que fazer para o Auxílio Brasil não ser cancelado.

Assim, é possível saber se todas as informações estão corretas e quando é preciso fazer a atualização desse cadastro. Acesse a plataforma escolhida e informe  dados como o nome completo do representante familiar, data de nascimento e o nome da mãe. Depois, selecione o estado e município onde mora e clique em “Emitir”.

Uma nova página mostrará os dados da inscrição e será possível conferir se o Auxílio Brasil corre o risco de ser cancelado. Também é possível conferir se o CadÚnico está atualizado pelo telefone 0800 707 2003. Durante a ligação, escolha a opção 5 para acessar o cadastro. A ligação é gratuita. 

Pagamentos de fevereiro do Auxílio Brasil 2022

NIS com final 1: depósitos serão realizados dia 14;

NIS com final 2: depósitos serão realizados dia 15;

NIS com final 3: depósitos serão realizados dia 16

NIS com final 4: depósitos serão realizados dia 17;

NIS com final 5: depósitos serão realizados dia 18;

NIS com final 6: depósitos serão realizados dia 21;

NIS com final 7: depósitos serão realizados dia 22;

NIS com final 8: depósitos serão realizados dia 23;

NIS com final 9: depósitos serão realizados dia 24;

NIS com final 0: depósitos serão realizados dia 25.

SAIBA MAIS

Como se inscrever no Cadastro Único para receber benefício em 2022

Você pode gostar também