Bolsa Família: aposentados podem receber o benefício?

Aposentados que se enquadram nas regras do benefício podem receber os valores para complementar a renda

Aposentados que possuam baixa renda podem se enquadrar para receber o benefício do Bolsa Família para complementar a receita. Para tentar ajudar parte da população que vive na pobreza e extrema pobreza no Brasil, o governo federal criou o projeto Bolsa Família, que dá assistência à essas pessoas. Muitas vezes, apenas o valor da aposentadoria não é o suficiente para o sustento da família.

 

Aposentados podem receber o Bolsa Família?

Dessa maneira, o aposentado pode recorrer ao Bolsa Família. Entretanto, pode variar em cada caso já que, se concedido, pode se tratar de um benefício duplo e levar a suspensão. O Bolsa Família é um benefício concedido mensalmente que pode ser acumulado entre os membros de um mesmo grupo familiar, divididos em faixas. Para receber, é necessário estar inscrito no CadÚnico. Portanto, para que o aposentado possa se aposentar e receber o Bolsa Família ele precisa se enquadrar na condição de baixa renda no limite permitido no programa.

  • Pessoas em situação de extrema pobreza – cuja renda por integrante da família não ultrapassa R$ 89,00;
  • Pessoas em situação de pobreza – cuja renda por integrante da família seja entre R$ 89,01 e R$ 178,00, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

 

O que é o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa social de distribuição de renda que atende famílias em situação de pobreza  extrema pobreza. Então criado em 2003, o benefício possui três pilares: o desenvolvimento das famílias, a complementação de renda e o acesso a direitos. Para se cadastrar no Bolsa Família, é necessário cumprir os requisitos e ter cadastro no CadÚnico. Para ter acesso ao programa, a comprovação de renda é muito importante. Por isso, os beneficiários devem estar com seus dados atualizados para que o benefício não seja bloqueado ou cancelado pelo governo.

 

Como se cadastrar?

  • É preciso fazer o cadastro único
  • Responsável Familiar deve informar seu CPF ou Título de Eleitor;
  • Documento de identificação com foto para cada um dos outros membros da família candidata ao benefício.

Esses são os documentos necessários para efetuar o cadastro da família no programa Bolsa Família 2021 do Governo federal. Portanto, procure o setor responsável pelo programa em seu município, normalmente, fica na Prefeitura ou algum departamento do governo municipal.

 

Leia também:

Guedes diz não descartar antecipação do 13º salário em 2021

Bolsonaro descarta ‘Renda Cidadã’ e mira no Bolsa Família para 2021

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.