Bolsa Família: saiba porque o valor do seu benefício diminuiu

O valor do benefício pode sofrer alterações em casos de mudanças na composição da família ou aumento da renda total

O Bolsa Família é um benefício pago para cerca de 14 milhões de famílias de todo o país, que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza. São depositados mensalmente aos cidadãos. Entretanto, o valor do Bolsa Família varia e pode diminuir dependendo do caso e da composição da família. Confira:

 

Qual é o valor do Bolsa Família?

Famílias em situação de extrema pobreza, recebem o auxílio de R$ 89 por mês. Mas o valor pode variar caso a família tenha gestantes, mães que amamentam, crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. Nesse sentido, o valor de cada benefício é de R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00. O valor máximo do pagamento mensal é então de R$ 205. Além disso, famílias com adolescentes de 16 e 17 anos podem acumular até dois benefícios de R$ 48. Totalizando assim, R$ 96. Dessa maneira:

  • Benefício básico: R$89 pago para famílias em extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa;
  • Benefícios variáveis (até cinco por família): R$ 41 pago às famílias com renda mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham crianças ou adolescentes até 15 anos, grávidas (nove parcelas mensais) ou crianças de até seis meses (seis parcelas mensais);
  • Benefício variável vinculado ao adolescente (até dois por família): R$ 48 pago às famílias com renda mensal de até R$ 178 e que tenham adolescentes de 16 ou 17 anos;
  • Superação da extrema pobreza: valor calculado caso a caso, pago às famílias que continuam com renda mensal por pessoa inferior a R$ 89.

 

Quem pode participar do programa?

Podem participar do programa e fazer o cadastro no Bolsa Família em 2021, famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. Veja quem pode receber:

  • Todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 89 mensais;
  • Famílias com renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

 

Por que o valor do meu bolsa família diminuiu?

Algumas situações podem influenciar e motivar a redução do benefício.

  • Aumento da renda familiar;
  • Mudanças na composição da família;
  • Mudança no perfil dos familiares.

Quando uma pessoa ou mais da família conquistam um novo emprego, a renda total da família passa a ser maior e o benefício é reajustado pelo sistema do programa.  Já a mudança no perfil familiar trata dos benefícios variáveis, como o dos jovens entre 16 e 17 anos matriculados em escolas. Caso esses jovens completem 18 anos, já deixam de fazer parte do perfil correspondente ao benefício.

Caso haja mudanças na composição da família, o valor do Bolsa Família diminui. Esse é o caso quando um membro da família se casou e deixou de ser dependente dos pais, por exemplo.

 

O que fazer?

Em caso de dúvidas ou valores errados, o recomendado é que o beneficiário vá até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da cidade.

 

Como consultar o saldo do Bolsa Família?

Para consultar o saldo do Bolsa Família é preciso acessar o site da Caixa. Veja o passo a passo:

  1. Acesse o site de Consulta Pública Bolsa Família, sistema da Caixa Econômica Federal;
  2. Clique na opção de “Consulta benefícios por família”;
  3. Então aparecerá um formulário, nele se deve digitar o número de CPF do responsável familiar ou o número do NIS;
  4. Ao fazer isso, o nome do responsável familiar vai aparecer no campo correspondente;
  5. Enfim, aperte no nome e na próxima página será possível ver o saldo do Bolsa Família e os valores que já foram sacados.

 

Leia também:

Bolsa Família: 4 irregularidades que podem te excluir do programa

Saiba como fazer o cadastro do Bolsa Família em 2021

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.