Como pagar conta com FGTS emergencial? Saiba usar app Caixa Tem

Trabalhadores podem movimentar o dinheiro no aplicativo Caixa Tem, inclusive para pagar contas domésticas e boletos

A última liberação para saques do FGTS emergencial ocorre no dia 14 de novembro. Mas todos os trabalhadores já podem movimentar o dinheiro no aplicativo Caixa Tem, inclusive para pagar contas domésticas e boletos. Os depósitos dos R$ 1045 são feitos em conta poupança digital da Caixa e podem ser acessados através do aplicativo.

Como pagar contas no aplicativo Caixa Tem?

A saber, os beneficiários do auxílio emergencial também conseguem movimentar seus recursos no aplicativo Caixa Tem. Na plataforma é possível pagar contas de água, luz e telefone, por exemplo.

Ao acessar o aplicativo a orientação é clicar em “Realizar pagamentos”. Depois escolher entre as opções “Digitar o código de barras” e “Ler o código de barras”, para digitar o código ou usar a câmera do celular para fazer a leitura. Feito isso, basta clicar em “Continuar”, verificar os dados e clicar em “Sim”. Para concluir o pagamento da conta basta inserir a senha de cadastro. O comprovante pode ser salvo e compartilhado.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, também é possível usar o dinheiro do FGTS Emergencial fazer comprar online usando o cartão de débito virtual. Para isso, é necessário escolher a opção “Cartão de Débito Virtual”. Feito isso, aparecerá a imagem do cartão com os dados correspondentes. Basta clicar em “gerar”. Em seguida, é só usar o código na hora de comprar pela internet. Nota-se que cada operação exige um código diferente.

A conta poupança da Caixa não tem tarifa mensal e disponibiliza os seguintes serviços gratuitos:

  • Até dois saques por mês, em terminal de autoatendimento e unidades lotéricas;
  • Até três transferências por mês, para conta de depósitos para outros bancos;
  • Transferências ilimitadas para contas da Caixa;
  • Até dois extratos por mês.

O que é o FGTS Emergencial?

O FGTS Emergencial foi definido pela Medida Provisória nº 946, de 07 de abril. Ele permite que todo trabalhador que tenha conta do FGTS com saldo, seja ativa ou inativa, pode sacar até R$ 1.045,00, valor equivalente à um salário mínimo. Trata-se de uma medida de enfrentamento às consequências financeiras da pandemia.

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes