Saiba como consultar PIS/Pasep no aplicativo ‘Caixa Trabalhador’

O saque do benefício é pago conforme o calendário e o  valor é pago proporcionalmente ao tempo trabalhado no ano-base

Trabalhadores que atuam ou atuaram no regime de carteira assinada tem direito ao Fundo de Garantia do Tempo de serviço e do abono salarial do PIS/Pasep. Então, os pagamentos são destinados a funcionários da iniciativa pública e privada, e pode chegar até um salário mínimo (R$ 1.045). Através do aplicativo Caixa Trabalhador é possível consultar o saque do PIS/Pasep. O saque do benefício é pago conforme o calendário e o  valor é pago proporcionalmente ao tempo trabalhado no ano-base.

 

Como consultar PIS/Pasep no aplicativo

De acordo com a Caixa, o aplicativo permite o acesso a informações em poucos toques. É possível encontrar informações sobre PIS, abono salarial e seguro-desemprego, conferindo os calendários de pagamentos, consultar as parcelas, conferir os pagamentos e os extratos. Uma nova versão do aplicativo, mais atualizada, foi feita em 2020. Portanto, o usuário deve preencher com os dados pessoais como CPF, nome completo, data de nascimento, e-mail válido e senha. Dessa forma, para consultar o PIS/Pasep através do aplicativo “Caixa Trabalhador”, basta:

  1. Baixar e instalar o aplicativo Caixa Trabalhador no celular;
  2. Insira o número do NIS e toque em “acessar”;
  3. Na tela inicial, o aplicativo irá mostrar se há cora do PIS disponível para você. Para saber o valor, é preciso informar a senha de cadastro. Use os atalhos na tela para recuperar uma senha esquecida ou efetuar um novo registro na Previdência Social.
  4. Na aba “Calendários” é possível saber os períodos de saque já divulgados.

 

Saque do PIS/Pasep

Assim, tem direito aqueles registrados na CLT por, no mínimo, 30 dias e com a documentação atualizada no cadastro federal. Para saber quando irá receber, portanto, o trabalhador deve se guiar pelo calendário do PIS ou Pasep organizado segundo as datas de aniversário. O valor do abono deve variar conforme a soma do período trabalhado. Assim, quanto maior o tempo trabalhado, maior o valor. Assim, tem direito aos R$ 1.045 (ou valor do salário mínimo no ano decorrente), o valor total, aqueles que exerceram suas atividades por todos os 12 meses. Veja os valores de acordo com o salário mínimo de 2020:

  • Quem trabalhou 1 mês deve receber R$ 88,00;
  • Quem trabalhou 2 meses deve receber R$ 175;
  • Aquele que trabalhou 3 meses deve receber R$ 262;
  • Quem trabalhou 4 meses deve receber R$ 349;
  • Quem trabalhou 5 meses deve receber R$ 436;
  • Aquele que trabalhou 6 meses deve receber R$ 523;
  • Quem trabalhou 7 meses deve receber R$ 610;
  • Quem trabalhou 8 meses deve receber R$ 697;
  • Aquele que trabalhou 9 meses deve receber R$ 784;
  • Quem trabalhou 10 meses deve receber R$ 871;
  • Quem trabalhou 11 meses deve receber R$ 958;
  • Por fim, aquele que trabalhou 12 meses deve receber R$ 1.045.

 

Leia também:

Abono salarial: Saiba como consultar o PIS pela internet

Comprovante do PIS/Pasep: saiba como encontrar seus números

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.