Quais os descontos sobre a segunda parcela do 13º salário?

A segunda parcela deve ser feita até 20 de dezembro, incidindo descontos do INSS, Imposto de Renda e pensões alimentícias

Aqueles que terão o 13º salário pago em duas parcelas devem ficar atentos aos descontos aplicados sobre o segundo pagamento, que incide valores do INSS, Imposto de Renda e pensões alimentícias. O pagamento da primeira parcela deveria ter sido pago até 30 de novembro aos trabalhadores, e a segunda deve ser feita até 20 de dezembro.

 

Como funcionam as parcelas e descontos do 13º salário?

A primeira parcela do pagamento é paga integralmente e sem descontos. Para aqueles que recebem o pagamento do 13º salário em duas parcelas, a segunda parcela equivale ao salário de novembro, descontando Imposto de Renda e INSS. Dessa maneira, o valor da segunda parcela será menor que  o da primeira. Além disso, se o salário sofrer reajuste depois do pagamento da primeira parcela, e o trabalhador deve receber a diferença junto com a segunda parcela. A empresa também não precisa pagar as parcelas para todos os funcionários ao mesmo tempo.

 

Quais os descontos sobre a segunda parcela do 13º salário?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Sobre a segunda parcela, são descontados o Imposto de Renda, INSS, pensões alimentícias e o valor da primeira parcela já paga. Em suma, o valor da segunda parcela será menor que o da primeira. Assim, aqueles que desejam calcular a segunda parcela do 13º salário devem considerar os descontos. Os números abaixo foram retirados de matéria da Exame.

 

Desconto do INSS

  • Salário de até R$ 1.659,38 tem desconto de 8%;
  • De R$ 1.659,39 a R$ 2.765,66 tem desconto de 9%;
  • De R$ 2.765,67 até R$ 5.531,31 tem desconto de 11%;
  • Acima de R$ 5.531,31 tem desconto de R$ 608,44.

 

Imposto de renda também abate no valor

  • Salário de até R$ 1.903,98 não tem desconto ou parcela a deduzir;
  • De R$ 1.903,99 a R$ 2.826,65 possuem desconto de 7,5%, com a dedução de uma parcela de R$ 142,8;
  • De R$ 2.826,66 a R$ 3.751,05 possuem desconto de 15%, com a dedução de uma parcela de R$ 354,8;
  • Salários de R$ 3.751,06 a R$ 4.664,68 possuem desconto de 22,5%, com a dedução de uma parcela de R$ 636,13;
  • Acima de R$ 4.664,68 possuem desconto de 27,5%, com a dedução de uma parcela de R$ 869,36.

Além disso, há desconto das pensões alimentícias. Neste ano onde o dia 20 cai no fim de semana, o pagamento da segunda parcela deve ser feito até 18 de dezembro.

 

Leia também:

13º salário do INSS será adiantado a partir de 2021

13º salário: o que fazer se o abono não for pago ou atrasar?

Informar Erro
Fonte Exame

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes