Como receber o auxílio pai solteiro em 2022? Veja 6 opções

Homens que são chefes de família e criam os filhos sozinhos também podem receber pagamentos mensais do governo federal para auxiliar no orçamento doméstico

Os pagamentos do auxílio emergencial terminaram em outubro de 2021, mas os pais solteiros ainda podem receber mais uma parcela extra, além dos benefícios que são pagos pelo governo federal. Por isso, os cidadãos que estão sem receber uma ajuda do governo precisam saber como receber auxílio pai solteiro em 2022. Diante disso, conheça a seguir quais são os principais auxílios que estão disponíveis para esse público durante este ano. 

Como receber o auxílio pai solteiro em 2022?

Para saber como receber o auxílio pai solteiro é necessário conhecer os requisitos para a participação em cada um dos programas que são oferecidos aos brasileiros. Então, confira a seguir quais são eles e como receber o auxílio pai solteiro: 

Programa Auxílio Brasil

Esse benefício é concedido às famílias de baixa renda que estão em situação de extrema pobreza por ter renda de até R$ 105,00 ou para aquelas que recebem mensalmente até R$ 210,00 e, por conta disso, são consideradas em situação de pobreza. 

Mensalmente, o governo fará a seleção de novos beneficiários. Em fevereiro, por exemplo, o pagamento será concedido para 18,05 milhões de famílias, visto que foram incluídas mais 556 mil beneficiários que poderão receber durante 2022, a quantia mínima mensal de R$400. Esse valor pode aumentar de acordo com o perfil familiar e os demais benefícios complementares que podem ser recebidos.

Mas além de estar dentro do limite de renda, quem quer saber como receber o auxílio pai solteiro deve realizar a inscrição no CadÚnico (Cadastro Único para programas sociais), além de manter os dados sempre atualizados para ser incluído na lista de espera do programa. 

Programa Auxílio Gás

Os pais solteiros também podem receber um vale para a compra do gás de cozinha, por meio do programa Auxílio Gás dos Brasileiros. Se espera que novos participantes também sejam incluídos no programa nos próximos meses, visto que em fevereiro o programa vai beneficiar mais 110 mil novos beneficiários, contemplando 5,58 milhões de famílias. 

Portanto, quem quer saber como receber esse auxílio pai solteiro também precisa cadastrar sua família no CadÚnico. Neste caso, a renda mensal familiar que é exigida para participação no programa deve ser menor ou igual a meio salário-mínimo por pessoa. 

Além disso, as famílias que possuem entre seus membros pessoas que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) também têm direito de receber esse pagamento em 2022, mas assim como o Auxílio Brasil o pagamento desse benefício é concedido sem a necessidade de fazer um cadastro específico. 

Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE)

Como receber o auxílio pai solteiro
Foto: reprodução/marcos oliveira/agência senado

Outro auxílio para pai solteiro que pode trazer um alívio no orçamento doméstico é a Tarifa Social de Energia Elétrica. Isso porque as famílias que estão inscritas no CadÚnico estão sendo incluídas nesse programa de forma automática pelo governo, com o objetivo de receberem descontos na conta de luz. 

O requisito para receber o auxílio pai solteiro também é a inscrição e atualização do CadÚnico, assim, o desconto será aplicado mensalmente da seguinte maneira:

Famílias que consomem até 30 quilowatts/hora: terão redução de 65% na conta de energia. 

Famílias que consomem de 31 a 100 kWh/mês: poderão contar com 40% de desconto;

Famílias que consomem entre 101 kWh a 220 kWh: receberá a redução de 10%. 

Famílias que consomem acima dos 220 kWh/mês: o custo da energia é cobrado normalmente. 

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Um auxílio pai solteiro também é concedido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Esse pagamento se trata do Benefício de Prestação Continuada (BPC) que é garantido às pessoas que possuem mais de 60 anos e membros da família com algum tipo de deficiência. 

Esse benefício é pago para pessoa de qualquer idade que tenha impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo, que a impossibilite de participar de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas.

Além disso, é necessário ter renda por pessoa igual ou menor que 1/4 do salário-mínimo  e estar inscrito no CadÚnico. Assim, fica garantido o pagamento de um salário mínimo por mês que este ano é de R$1.1212. Para ter direito de receber o auxílio pai solteiro não é preciso ter contribuído para o INSS, mas diferente dos benefícios previdenciários, o BPC não paga 13º salário e não concede o pagamento da pensão por morte em caso de falecimento do titular do benefício.

A solicitação desse auxílio deve ser feita nos canais de atendimento do INSS, podendo ser pelo telefone 135 ou pelo site ou aplicativo de celular Meu INSS . O requerimento também pode ser feito nas agências da Previdência Social.

Seguro-desemprego

Pais solteiros que estão desempregados também podem solicitar ao governo o recebimento do seguro-desemprego, que é um dos benefícios da Seguridade Social e tem como objetivo garantir a assistência financeira temporária para os trabalhadores que tenham sido dispensados do seu trabalho sem sem justa causa. Mas para saber como receber o auxílio pai solteiro, confira a seguir os requisitos:

  1. ter sido dispensados do trabalho sem justa causa;
  2. não possuir renda própria suficiente para garantir o seu sustento e de sua família;
  3. ter recebido salários de pessoa jurídica ou de pessoa física a ela equiparada nos últimos 12 meses anteriores à data de dispensa, se for a primeira solicitação do seguro ou de, pelo menos, 9 meses se for a segunda solicitação. Para quem precisa seguro-desemprego pela terceira vez ou mais, é necessário ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 6 meses imediatamente anteriores à data de dispensa;
  4. o cidadão não pode receber qualquer benefício previdenciário de prestação continuada, com exceção do auxílio-acidente, do auxílio suplementar e do abono de permanência em serviço.

Para solicitar o auxílio pai solteiro deve entrar em contato com o Ministério do Trabalho e Previdência, o que pode ser feito por meio do teleatendimento no número 158. Outra opção é ir até uma das unidades e solicitar informações sobre como receber o auxílio pai solteiro proveniente do seguro-desemprego.

Foi aprovado novo auxílio emergencial para pai solteiro?

Como receber o auxílio pai solteiro
Foto: reprodução/agência brasil

Não há previsão de que o auxílio emergencial voltará a ser pago aos brasileiros em 2022, no entanto, pais solteiros ainda podem receber de forma retroativa quantias que variam entre R$600 e R$ R$ 3 mil. Esse pagamento confirmado pelo ministro da Cidadania João Roma, em entrevista concedida ao programa A Voz do Brasil.

Segundo ele, será concedida mais uma parcela extra do auxílio emergencial para os homens que são chefes de família que se inscreveram no CadÚnico (Cadastro Único para programas sociais) até 2 de abril de 2020, além de terem se cadastrado para receber o auxílio emergencial através das plataformas digitais, mas que receberam a cota simples do benefício.

Quem quer saber como receber o auxílio pai solteiro precisa levar em consideração que não haverá a abertura de inscrições para receber o pagamento. A seleção será feita pelo Ministério da Cidadania que irá liberar o dinheiro de forma automática, conforme as datas que ainda serão divulgadas pelo governo para os homens que atendem aos seguintes requisitos:

  1. ser chefe de família;
  2. responsável por pelo menos um menor de 18 anos, 
  3. não possuir cônjuge ou companheira,
  4. ter recebido a cota simples do auxílio emergencial em 2020;
  5. não ter outro membro familiar que tenha recebido a cota dupla no valor de R$ 1.200 em 2020.

SAIBA MAIS

Dataprev 2022: consulta do auxílio emergencial está aberta

Você pode gostar também