Cotação do dólar 06/08/2020: Dólar sobe e vai a R$ 5,34

Além dele, Ibovespa sobe e Euro tem maior valorização desde Maio desse ano

0 617

Cotação do dólar 06/08/2020: 

A redução dos juros básicos para o menor nível da história e divulgação de dados de emprego no Brasil e nos Estados Unidos fizeram o dólar fechar no maior valor em 20 dias. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (6) vendido a R$ 5,343, com alta de R$ 0,049 (+0,93%). A cotação está no maior valor desde 17 de julho, quando tinha fechado em R$ 5,382.

Cotação do dólar 06/08/2020

Para aqueles que pretendem comprar o dólar para turismo ele também aumentou, entretanto menos que o dólar comercial. Com valorização de 0,83%, o dólar de turismo fechou o dia sendo vendido a R$ 5,5917.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Euro

O Euro também valorizou e atingiu a maior alta desde o dia 13 de maio de 2020, quando foi vendido a R$ 6,3682. Hoje, a moeda europeia teve alta de 1,09%, fechando o dia sendo vendida a R$ 6,3441.

Brasil

O Ibovespa, da b3 (bolsa de valores brasileira) também continua crescendo e hoje subiu 1,29% atingindo 104.126 pontos. A queda da taxa Selic influenciou na alta da bolsa, além disso, as empresas menos afetadas pela pandemia divulgaram seus lucros, ajudando a valorização na bolsa de valores brasileira.

O corte da taxa básica de juros brasileira de 0,25%, levando a taxa Selic a 2% foi fator para o aumento do dólar. Juros baixos fazem capitais financeiros saírem do Brasil, fazendo o dólar subir. Entretanto, abaixando a Selic, faz com que mais pessoas invistam na bolsa, melhorando o mercado de ações do Brasil.

Outro fator que fez o dólar valorizar foi o número de pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos. Semana passada o valor caiu, mas, em compensação, 1,2 milhão de pessoas solicitaram o benefício, isso mostrou falta de progresso no mercado de trabalho americano, pressionando o dólar para cima.

No Brasil, o índice de desemprego do primeiro trimestre desse ano aumentou com relação ao trimestre anterior. Fechando em 13,3% a taxa de desemprego, 1,1 ponto percentual a mais.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes