INSS tem 1,8 milhão de pedidos parados; saiba quem se inclui e o que fazer

São cerca de 800 mil solicitações travadas em cumprimento de exigência ou falhas na documentação

Segundo dados extraídos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 30 de setembro, e fornecidos ao Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP) no último dia 5, o órgão possui uma fila de mais de 1,8 milhão de pedidos de benefícios à espera de resposta. São cerca de 800 mil pedidos parados no INSS em cumprimento de exigência ou falhas na documentação.

A pandemia pode ter se tornado um grande problema para os processos. Alguns casos aguardam a perícia, enquanto outros aguardam a exigência de documentos. O acúmulo resultou em um número expressivo.

 

Pedido parado no INSS: checagem de documentos

Em caso do seu pedido estar parado no INSS, talvez seja necessário realizar a checagem de alguns dos dados que podem estar incorretos. Portanto, trabalhadores e segurados da previdência devem conferir as informações do Cadastro Nacional de Informações Previdenciárias (CNIS). Existem casos em que as informações não condizem com a situação do segurado, e podem gerar problemas. Assim, o segurado deve conferir e corrigir as informações do banco de dados.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dessa maneira, para casos de solicitação de aposentadoria especial, o segurado não pode deixar de apresentar os documentos de comprovação da exposição aos agentes nocivos. Além disso, a falta de documentos ou rasuras podem travar o processo do INSS.

 

O que segurados notificados pelo INSS devem fazer?

O instituto  já notificou alguns dos casos de solicitações travadas que devem realizar o cumprimento da exigência. Trata-se do procedimento onde segurados enviam os documentos complementares, com notificação feita por SMS ou através do portal e aplicativo Meu INSS. Portanto, o envio dos documentos pode ser feito pelo aplicativo ou portal, basta:

  1. Ir em “Agendamentos/Solicitações”;
  2. Localize o processo que está em “Exigência”;
  3. Clique na lupa acima para saber a documentação necessária;
  4. Vá em “Cumprir exigência” e em “anexar arquivo”.

As cópias não podem conter rasuras e podem ser em PDF ou foto legível, respeitando o tamanho do arquivo de até 5 megabytes e, ao todo, não ultrapassar 50 megabytes.

 

Os documentos também podem ser entregues na porta das agências, por meio de drive-thru, na chamada “exigência expressa”. Dessa maneira, devem ser entregues em envelope com lacre junto do formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações”, que está no site do INSS ou ao lado da urna. O envelope também deve conter dados como o nome completo, CPF, endereço, telefone, e-mail e número do protocolo do agendamento da exigência expressa.

 

O que segurados não notificados pelo INSS devem fazer?

Aqueles que esperam notificação para saber se o pedido está parado no INSS, portanto, devem ficar atentos ao Meu INSS e as informações disponíveis em “Agendamentos/Solicitações”.

 

Leia também:

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes