Auxílio-doença: veja 15 doenças que permitem o acesso ao benefício

O auxílio-doença é um direito previdenciário do trabalhador com carteira assinada. Para receber o benefício é necessário o atestado médico.

O auxílio-doença é um direito do trabalhador com carteira de trabalho assinada. Além disso, cidadão que contribuiu, no mínimo, 12 meses com a Previdência Social.

Sendo assim, o trabalhador que se torna incapaz de exercer atividade remunerada, de forma temporária, pode solicitar o auxílio-doença. Para isso, necessita do atestado médico e laudo do perito do INSS,

O valor do auxílio-doença é de um salário mínimo e com pagamento mensal. Portanto, a duração do benefício é o período de afastamento do trabalhador.

Por causa da pandemia, a solicitação do auxílio-doença pode ser realizada pelo portal e aplicativo Meu INSS, com o anexo do atestado médico. Além disso, os beneficiários podem obter a antecipação do direito previdenciário.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quais as doenças concedem o auxílio-doença?

Além de doença adquirida pelo trabalho e acidente que causa afastamento temporário do trabalhador, há alguma doenças que permitem a concessão do auxílio-doença. Sendo assim, confira:

  1. Distúrbios mentais: esquizofrenia, depressão e doenças similares que precisam de acompanhamento médico;
  2. Cardiopatia grave, ou seja, doenças crônicas que atinge o coração e podem piorar com qualquer esforço físico;
  3. HIV (síndrome da imunodeficiência adquirida) e  AIDS;
  4. Cegueira, também concede o benefício do auxílio-doença;
  5. Doença de Parkinson;
  6. Paralisia incapacitante que prejudica a coordenação motora. Ou seja, doenças como  tetraplegia, paraplegia, triplegia, por exemplo;
  7. Esclerose Múltipla;
  8. Nefropatias graves, ou seja, doenças que atingem os rins;
  9. Doença de Paget. Sendo assim, também conhecida como osteíte deformante, ataca os ossos e medula óssea;
  10. Mas também, Câncer;
  11. Hepatopatia: doença que atinge o fígado de forma crônica ou aguda;
  12. Hanseníase;
  13. Tuberculose;
  14. Problemas na Coluna;
  15. Radiação por medicina especializada.

Por fim, o auxílio-doença não é concedido somente em casos dessa doenças prescritas acima. Vale ressaltar que doenças adquiridas pelo trabalho e acidentes que causem afastamento temporários também conferem direito ao benefício.

 

Leia também