Certidão negativa do INSS: saiba para que serve e como emitir

A certidão negativa do INSS se trata de um documento que indica que o segurado não tem dívidas e pendências com a Previdência Social.

Para o segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que inicia o pedido de aposentadoria podem ser solicitados uma série de documentos. Um deles é a certidão negativa do INSS, que comprova a regularidade com a Previdência Social. Esse documento pode ser usado também em outras situações, como na contratação de empréstimo.

O que é a certidão negativa?

A certidão negativa do INSS, ou Certidão Negativa de Débito (CND), se trata de um documento que indica que o segurado não tem dívidas e pendências com a Previdência Social. Na prática, é um certificado que atesta a regularidade do órgão.

Além da certidão relativa ao INSS, há outros tipos desse documento. Algumas delas são da Justiça Federal, que mostra se um cidadão responde a processo criminal, e certidão de imóvel, que indica pendências tributárias ou contratuais. Outros exemplos são as certidões negativas de débitos trabalhistas e o Certificado de Regularidade com o FGTS.

Para que serve?

De modo geral, a certidão negativa do INSS serve para garantir que a pessoa física ou jurídica está com a situação regular no momento de assinatura de contratos. Seja de operações de empréstimos em bancos ou ainda em processos de licitação, concorrência, cadastro, homologação e auditoria.

Além disso, o documento pode ser necessário para dar entrada na aposentadoria, para comprovar o direito ao benefício, ou na requisição de indenização do INSS. Bem como, para o microempreendedor individual (MEI) realizar candidatura em licitações.

Como emitir a certidão negativa do INSS?

- PUBLICIDADE -

As certidões negativas podem ser emitidas de maneira gratuita na internet, a partir da inserção de dados como CPF ou CNPJ em um formulário específico. Nota-se também que esse documento tem prazo de validade. No caso de ser emitido na Receita Federal, a validade é de 180 dias.

Leia também

Saiba consultar o número do benefício do INSS

BPC 2021: veja quem tem direito ao benefício de R$ 1.100

Para emitir a certidão negativa do INSS para pessoa física, é preciso acessar o serviço de “Certidão de Débitos Relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União” no site da Receita Federal. Em seguida, digitar o número de CPF, bem como os dígitos de verificação e clicar em “Consultar”. Feito isso, o segurado terá acesso a sua certidão e poderá imprimi-la.

Certidão negativa

Já para emitir a certidão negativa do INSS para pessoa jurídica a orientação é acessar o mesmo site e digitar o número do CNPJ, além dos dígitos de verificação, e clicar em “Consultar”.

Certidão negativa

Tipos de certidão negativa

Confira outros tipos de certidão negativa, saiba onde emitir e para que servem:

  • Certidões negativas de débitos tributários: são emitidas pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e pelas secretarias estaduais e municipais de Fazenda Pública. São usadas como requisitos em negócios, licitações e empréstimos.
  • Certidões negativas de débitos trabalhistas: são emitidas pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Comprova a inexistência de débitos com Justiça do Trabalho e é solicitada na participação em licitações públicas.
  • Certificado de Regularidade com o FGTS: emitido pela Caixa Econômica Federal. Comprova a regularidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.
  • Certidões de regularidade fiscal: são emitidas pela Receita Federal. Comprova a regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional. regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional.

 

- PUBLICIDADE -

Leia também:

Certidão do FGTS: para que serve e como emitir o documento

Saiba como tirar o extrato do CNIS pela internet

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes