INSS: como gerar a Guia da Previdência Social?

Guia do INSS pode ser paga através do Sistema de Acréscimos Legais, da Receita Federal, ou em débito automático

Contribuintes devem se manter em dia com os pagamentos mensais ao gerar e pagar a guia do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ou Guia da Previdência Social (GPS). O processo pode ser feito através do site da Receita Federal, ou com o débito automático. Confira:

 

Como gerar a Guia do INSS?

A Guia da Previdência Social (GPS) é o documento do INSS responsável por recolher as contribuições sociais de empresas, contribuinte individual, facultativo, segurado especial ou empregador doméstico. Para pagar:

  1. O primeiro passo de como pagar a GPS  é acessar site do Sistema de Acréscimos Legais (SAL), da Receita Federal;
  2. Em seguida, é preciso escolher entre as opções disponíveis, informando se é contribuinte filiado antes de 29/11/199 ou a partir desta data;
  3. Então, a orientação é selecionar o tipo de filiação ao INSS: contribuinte individual, facultativo ou empregado doméstico. E digitar o número do NIT/PIS/PASEP;
  4. Para finalizar, então, é necessário preencher a GPS, com informações como: código de pagamento, mês, salário, número do NIT/PIS/PASEP e valor de recolhimento.

Após gerar a GPS é possível pagá-la em bancos e lotéricas. Para pagar pela internet, pode-se acessar o internet banking da instituição bancária, bem como pagar pelo aplicativo indicando o boleto bancário.

 

Débito automático

Leia também

Saiba consultar o número do benefício do INSS

BPC 2021: veja quem tem direito ao benefício de R$ 1.100

Outra forma de pagar a guia do INSS é através do débito automático. Quem contribui sobre o salário mínimo, pode se cadastrar no seu banco para o débito automático. Dessa forma, o Instituto Nacional do Seguro Social é responsável por informar mensalmente à instituição bancária o valor e a data do débito.

 

Como gerar a guia do INSS em atraso?

- PUBLICIDADE -

Caso aconteça do contribuinte deixar de pagar alguma guia do INSS, é possível gerar a GPS em atraso para quitar os débitos. Em suma, ela deve ser paga até o dia 15 de cada mês. A partir de um dia de atraso, a guia deverá ser gerada com código de barras para efetuar o pagamento. Assim, ainda há o acréscimo de multas e juros. Nota-se ainda, que o empregado doméstico pode fazer o pagamento em qualquer momento, pois segue legislação própria. Veja como gerar:

  1. Primeiro, é necessário acessar o site do INSS e clicar em “Emitir Guia de Previdência Social através do Sistema de Acréscimos Legais (GPS SAL)” e depois em “Iniciar”;
  2. Então, ocorrerá o redirecionamento ao site da Receita Federal e a orientação é selecionar o período de filiação;
  3. Feito isso, se deve selecionar o tipo de filiado e digitar o número do NIT/PIS/PASEP;
  4. Por fim, basta preencher os campos com os meses que deseja pagar e gerar a GPS. O valor já aparecerá com multas e juros.

 

Leia também:

Confira 8 dicas para aumentar seu score de crédito

Inscritos do Bolsa Família vão receber o novo auxílio emergencial?

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes