O que é benefício extraordinário do Auxílio Brasil?

Esse pagamento está sendo liberado aos beneficiários conforme o NIS (Número de Identificação Social)

Para garantir que o ticket médio recebido pelas famílias participantes do programa Auxílio Brasil seja de, pelo menos, R$400, o governo criou mais um benefício social na semana passada. A iniciativa foi regulamentada pela Medida Provisória 1.076. Mas para entender melhor como será esse pagamento, veja a seguir o que é benefício extraordinário do Auxílio Brasil. 

Benefício extraordinário do Auxílio Brasil

Com o anúncio desse novo pagamento, surgiram várias dúvidas sobre o que é benefício extraordinário do Auxílio Brasil. Por isso, ressaltamos que se trata de um complemento no valor que está sendo pago para quem está participando do Auxílio Brasil em dezembro. 

Através dele, as famílias estão recebendo a quantia de R$ 400 que havia sido prometida anteriormente pelo governo. O pagamento desse benefício teve início no dia 10 e se estenderá até o dia 23, contemplando cerca de 13 milhões de famílias brasileiras que estão em situação de vulnerabilidade social. 

Como vai ser pago os R$ 400 do Auxílio Brasil?

O valor do benefício extraordinário varia para cada família, porque a quantia é calculada considerando a soma dos benefícios financeiros recebidos por meio do programa Auxílio Brasil, que são os seguintes:

Benefício Primeira Infância: concedido para as famílias que possuem crianças com idade entre zero e 36 meses. Possui o valor de R$ 130 por integrante;

Benefício Composição Familiar: é voltado às famílias que possuem entre seus membros gestantes ou pessoas de três a 21 anos. Também se trata de um pagamento mensal no valor de R$ 65 por integrante;

Benefício de Superação da Extrema Pobreza: é pago para as famílias que possuem renda familiar por pessoa menor ou igual a R$ 100.  Também varia para cada família que recebe a quantia necessária para superar o valor da linha de extrema pobreza;

Benefício Compensatório de Transição: é destinado às famílias que perderem parte do valor recebido em decorrência do enquadramento no Auxílio Brasil;

A partir desse cálculo, o governo libera o benefício necessário para que a quantia recebida pela família alcance  R$ 400. Vale ressaltar que cada família poderá receber apenas um benefício extraordinário do Auxílio Brasil que será pago em apenas uma parcela no mês de dezembro.

Também existe a possibilidade desse pagamento ser estendido para os meses de janeiro a dezembro de 2022 mas, para isso acontecer, é necessário haver disponibilidade orçamentária. O governo aguarda a conclusão dos trâmites da PEC dos Precatórios que está na reta final e poderá viabilizar o orçamento para 2022. 

SAIBA MAIS | Se assinar carteira perde o Auxílio Brasil 2021? Entenda a regra

Quem vai receber o benefício extraordinário do Auxílio Brasil?

O novo pagamento é voltado às famílias que receberam menos de R$ 400 em novembro, segundo o Ministério da Cidadania. Portanto, podem receber o benefício extraordinário do Auxílio Brasil as famílias que estão em situação de extrema pobreza e, por conta disso, possuem renda de até R$ 100 por pessoa. 

Também têm direito ao novo benefício aquelas que estão em situação de pobreza mas, neste caso, é preciso ter em sua composição gestantes ou pessoas com idade até 21 anos incompletos e possuir renda familiar mensal de no máximo R$ 200.

Para confirmar o recebimento o responsável pela família pode acessar o aplicativo Auxílio Brasil por meio do CPF e cadastro de senha. No aplicativo Caixa Tem também é possível acompanhar a liberação do benefício extraordinário, além das datas de pagamento. 

App caixa tem
Foto: reprodução/agência brasil

Por outro lado, aqueles que não são beneficiários do Auxílio Brasil não possuem o direito de receber o benefício extraordinário do Auxílio Brasil em dezembro. Além disso, as demais famílias que forem incluídas no programa em 2022 somente receberão esse benefício se o pagamento for prorrogado pelo governo.

Quando vai ser pago o benefício extraordinário?

Quem está aguardando o pagamento do benefício extraordinário deve acompanhar o calendário regular do programa Auxílio Brasil, visto que ambos benefícios estão sendo depositados nas contas poupanças sociais digitais na mesma data.

A Caixa Econômica Federal é responsável pela liberação do dinheiro de forma escalonada, de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Assim, o pagamento do benefício extraordinário acontece nas seguintes datas:

  • NIS com final 1: 10 de dezembro
  • NIS com final 2: 13 de dezembro
  • NIS com final 3: 14 de dezembro
  • NIS com final 4: 15 de dezembro
  • NIS com final 5: 16 de dezembro
  • NIS com final 6: 17 de dezembro
  • NIS com final 7: 20 de dezembro
  • NIS com final 8: 21 de dezembro
  • NIS com final 9: 22 de dezembro
  • NIS com final 0: 23 de dezembro
Você pode gostar também