Por que meu Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem e o que fazer?

O pagamento deste mês já começou e se estende até o dia 23 para quem está apto à participar do programa

Por que meu Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem? Se o seu auxílio ainda não caiu na conta, Veja aqui o que pode ter acontecido e o que fazer para recuperar o pagamento. O novo benefício será pago parcelas de R$ 400 e os contemplados devem acompanhar o pagamento pelas contas poupança sociais digitais.

 

Por que meu Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem?

Mas por que o Auxílio Brasil não caiu? Você pode estar fazendo essa pergunta agora, depois de ver que as primeiras parcelas do benefício ainda não entraram no aplicativo Caixa Tem. Se o Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem, o cidadão deve entrar em contato com a Caixa Econômica Federal para verificar se houve algum impedimento. Uma denúncia também pode ser feita por meio dos canais de atendimento do governo federal que estão disponíveis no site www.gov.br/cidadania/pt-br/auxilio-brasil, onde é possível registrar reclamações, solicitações, elogios ou sugestões. 

O dinheiro é depositado conforme calendário previamente anunciado pela Caixa e a data vai de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. Primeiro é transferido o valor do auxílio para o aplicativo Caixa Tem, para depois de liberado o saque, e então o cidadão conseguir sacar o dinheiro ou transferir para outra conta corrente.


Mas se chegou sua vez de receber o dinheiro não caiu no Caixa tem, a orientação é para fazer a consulta do benefício no aplicativo. Para isso, acesse o Caixa Tem com CPF e senha. Após informar esses dados, clique em “entrar” e no menu inicial escolha a opção “mostrar saldo”. Assim, você pode conferir se o dinheiro já foi depositado. Para mais detalhes, clique em “extrato” para confirmar se houve alguma movimentação financeira.

Também está disponível o telefone 121 da Central de Relacionamento do Ministério da CidadaniaO serviço é gratuito e a ligação deve ser realizada por meio de um telefone fixo ou celular.

Depois disso, é necessário aguardar a análise da solicitação e verificação do direito de receber o benefício. Se o problema não for solucionado, o cidadão que atende aos requisitos do programa também pode recorrer à Justiça para ter acesso ao pagamento. 


Quem tem direito ao Auxílio Brasil?

Então, aqueles que querem saber por que meu Auxílio Brasil não caiu no Caixa Tem, devem conferir se possuem direito ao pagamento. O Auxílio Brasil pode não ter sido depositado porque a família não está em um dos seguintes grupos: famílias em situação de extrema pobreza; famílias em situação de pobreza; Famílias em regra de emancipação.

O primeiro caso se refere às famílias que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 100,00 mensal. Por sua vez, quem está em situação de pobreza possui renda familiar mensal per capita entre R$ 100,01 e R$ 200,00 (necessário ter gestantes ou pessoas menores de 21 anos para receber o benefício). 

As famílias que tiverem aumento da renda per capita que ultrapasse o limite de renda do Programa Auxílio Brasil, também devem ficar atentas. Isso porque o novo programa garante que a família continue no programa por até 24 meses, através da regra de emancipação.

Mas esse benefício contempla apenas as famílias que tiverem aumento da renda familiar mensal per capita em valor que ultrapasse em até duas vezes e meia a linha de pobreza. Se o valor recebido for maior, o Auxílio Brasil também deixa de ser pago. 

A permanência no programa depende do cumprimento de condicionalidades, dentre elas, estão a frequência escolar mensal mínima que deve ser de pelo menos 60% para crianças com idade entre quatro e cinco anos.

Para beneficiários que possuem entre seis e 21, a frequência escolar precisa estar em, pelo menos, 75%. Também será feito o acompanhamento do calendário nacional de vacinação que é instituído pelo Ministério da Saúde.


Por que meu auxílio brasil não caiu no caixa tem

O que fazer para não ficar de fora do programa?

Os beneficiários que se enquadram no programa mas ficaram de fora do calendário de pagamentos dos R$ 400 neste mês, ainda poderão ser incluídos no programa. O governo pretende selecionar mais 2,5 milhões de beneficiários.

Segundo o ministro da Cidadania, João Roma, a fila do Auxílio Brasil vai ser zerada ainda neste ano. No entanto, ainda não foi especificado como o pagamento para esse público será realizado e quais serão as datas.

Para fazer parte da fila de espera do programa é necessário se enquadrar nas situações de pobreza ou extrema pobreza e possuir o CadÚnico (Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal).

Quem ainda não possui o cadastro, deve ir até Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo e apresentar os documentos pessoais de todos os membros da família. Também é preciso informar a renda familiar mensal e comprovar a residência onde mora.

Como sei se tive o benefício concedido e o valor?

Quem está com receio do Auxílio Brasil não cair no Caixa Tem, pode conferir se o benefício vai ser liberado neste mês. Para isso, basta fazer a consulta pelo app Auxílio Brasil que foi criado recentemente pela Caixa Econômica Federal para possibilitar que os cidadãos acompanhem o pagamento.

Nesta plataforma, estão disponíveis informações sobre a situação do pagamento, a data em que o dinheiro será depositado na conta poupança social digital e o valor. 

O acesso é feito pelo CPF e senha cadastrado no sistema. Depois de informar esses dados, clique em “entrar” e no menu inicial e escolha a opção “Ver Parcelas” para conferir o valor e quando o benefício vai cair no Caixa Tem.

Leia também

Vai ter retroativo do Auxílio Brasil em dezembro?

 

Você pode gostar também