Valores do Auxílio Brasil 2021 e como receber o benefício

Inicialmente, o novo benefício terá um aumento de 17,84% no tíquete médio para as famílias que atualmente estão inscritas no programa Bolsa Família

O Auxílio Brasil começará a ser pago na próxima quarta-feira, dia 17. Os valores do Auxílio Brasil poderão variar, de acordo com os benefícios básicos ou suplementares que estão incluídos no programa. 

Para regulamentar esses valores, o governo federal publicou nesta semana o decreto nº 10.852. Diante disso, veja a seguir quais são essas quantias e como receber esse novo benefício social criado pelo governo. 

Qual o valor do auxílio Brasil 2021?

O novo programa substitui o Bolsa Família e vai reajustar o valor médio do benefício recebido pelos cidadãos. Então, saiba que inicialmente o valor do Auxílio Brasil terá o reajuste de 17,84%, o que fará com que os beneficiários que atualmente recebem quantias de até  R$ 189 tenham direito a R$217,18 durante o mês de novembro.

A expectativa do governo é de que a partir de dezembro o pagamento tenha um valor maior e passe a beneficiar cerca de 17 milhões de beneficiários. A determinação do presidente Jair Bolsonaro é que as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza não recebam menos de R$ 400. A previsão é de que esse pagamento se estenda até dezembro de 2022. 

No entanto, o reajuste depende da aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que autoriza o governo a fazer o parcelamento de precatórios por até dez anos, além de fazer alterações no cálculo do teto de gastos. Através disso, serão disponibilizados cerca de R$ 50 bilhões para custear o reajuste do benefício. A PEC foi aprovada  na Câmara dos Deputados em segundo turno na última terça-feira, 9, e agora segue para a apreciação do Senado.

LEIA TAMBÉM | Fim do Bolsa Família: saiba como receber novo benefício de R$ 400

Como vão ficar os valores dos benefícios do novo programa?

No programa Auxílio Brasil também estão incluídos outros benefícios que também sofreram reajustes e influenciarão o valor do Auxílio Brasil. Com isso, as famílias podem receber quantias diferentes de acordo com a sua necessidade.

Segundo o Ministério da Cidadania, o programa está dividido em dois núcleos: o básico e um suplementar. Sendo assim, os valor do  os valores do auxílio Brasil ficaram da seguinte maneira: 

Benefícios do núcleo básico: 

Benefício Primeira Infância: será pago mensalmente o valor de R$ 130,00. É voltado às famílias que possuem crianças de até 3 anos incompletos

Benefício Composição Familiar: será pago mensalmente no valor de R$ 65,00 sendo limitado o pagamento de cinco benefícios por família. Esse pagamento será feito para famílias que possuem gestantes, ou pessoas de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica

Benefício de Superação da Extrema Pobreza: este benefício será concedido quando a renda mensal per capita da família continuar abaixo da linha de extrema pobreza que atualmente é de R$ 100, mesmo após a soma de todos os demais benefícios do núcleo básico

Benefícios do núcleo suplementar:

Auxílio Esporte Escolar: serão concedidas parcelas mensais de R$ 100 para o estudante e cota única de R$ 1 mil por família. Esse benefício é destinado a estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam nos Jogos Escolares Brasileiros

Bolsa de Iniciação Científica Júnior: o pagamento terá o mesmo valor do auxílio Esporte Escolar e será pago a estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: quem comprovar vínculo de emprego (carteira assinada) poderá receber R$ 200 por mês

Benefício Compensatório de Transição: as famílias que passarem a receber um valor menor com a mudança do programa também terão direito a um benefício extra. O pagamento será feito até que o valor recebido supere o do Bolsa Família

Auxílio Criança Cidadã: esse benefício será pago para o responsável da família que consiga um emprego, mas não encontre vaga em creches públicas ou privadas da rede conveniada. Assim, serão garantidos dois valores diferentes, ou seja, será pago R$ 200,00 para as famílias que tenham crianças matriculadas em turno parcial e R$ 300,00 para as famílias que tenham crianças matriculadas em turno integral

Auxílio Inclusão Produtiva Rural: será pago parcelas mensais de R$ 200, sendo voltado às famílias que possuam em sua composição agricultores familiares

Como será pago o valor do Auxílio Brasil?

A liberação do valor do Auxílio Brasil seguirá os moldes do Bolsa Família. Sendo assim, os beneficiários receberão o valor do Auxílio Brasil de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Se você não sabe qual é este número  verifique no verso do cartão do programa Bolsa Família.

Outra forma de descobrir é acessando o site ou aplicativo Meu CadÚnico, onde você também encontra informações sobre a inscrição. Como de costume, o dinheiro será liberado na segunda quinzena de cada mês e poderá ser movimentado através dos cartões que já são utilizados pelos beneficiários.

O governo federal também pretende disponibilizar o valor do Auxílio Brasil por meio das contas digitais criadas para os novos beneficiários, assim o pagamento será feito como aconteceu durante a liberação do auxílio emergencial entre 2020 e 2021. Desta forma, também existe a possibilidade dos beneficiários utilizarem o Caixa Tem para ter acesso ao dinheiro. 

Como participar do Auxílio Brasil?

Neste mês, o pagamento será feito para as famílias que estão inscritas no Bolsa Família. A partir de dezembro, o governo pretende incluir novos beneficiários que precisam cumprir os seguintes critérios para receber o valor do Auxílio Brasil:

>> possuir renda mensal de até R$ 100 por pessoa: famílias em situação de extrema pobreza;

>> possuir renda entre R$ 100,01 e R$ 200 por pessoa: para famílias em situação de pobreza que possuam entre seus membros gestantes ou filhos com até 21 anos incompletos.; 

>> possuir inscrição no CadÚnico (Cadastro Único para programas Sociais do Governo federal);

Os cidadãos que ainda não possuem o CadÚnico precisam fazer a inscrição para ser incluído na seleção do novo programa, com o objetivo de receber o valor do Auxílio Brasil a partir de dezembro. Essa inscrição é feita no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município. Para isso, basta apresentar os documentos pessoais de todos os membros da família, além de comprovante de renda e residência. 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes