Quando será pago o décimo terceiro em 2022: data da 1ª e 2ª parcela

A primeira parcela do décimo terceiro deve ser paga entre 1º de fevereiro e 30 de novembro de 2022

O 13º salário é uma gratificação salarial, assegurada pela Lei nº 4.090, que consiste em um pagamento extra ao trabalhador ao final de cada ano, independente da remuneração que ele recebe. Saiba mais sobre quando será pago o décimo terceiro em 2022. 

Quando será pago o décimo terceiro em 2022

Assegurado por lei, a gratificação salarial deve ser concedida todo final de ano a empregados com carteira assinada, aposentados, pensionistas e servidores. Assim como nos anos anteriores, em 2022 o décimo terceiro será pago normalmente. O pagamento deve ser feito em duas parcelas, a primeira sendo entre 1º de fevereiro e 30 de novembro, e a segunda até no máximo dia 20 de dezembro. 

A data para realizar o pagamento é definida por cada empresa, que não precisa necessariamente fazê-lo no mesmo mês para todos os seus trabalhadores. No entanto, na hipótese do prazo limite cair em um domingo ou feriado, o empregador deverá antecipar para o último dia útil anterior. No caso de 2022, o décimo terceiro poderá ser pago sem antecipações. Se a quantia não for depositada dentro do período estabelecido, a empresa corre o risco de ser multada. 


Como saber o valor do décimo terceiro

A primeira parcela do décimo terceiro equivale a metade do salário normal do trabalhador, caso tenha trabalhado para a empresa o ano inteiro. Se trabalhou só alguns meses, o valor é calculado de forma proporcional, dividindo o salário por 12, multiplicando pela quantidade de meses trabalhados e, depois, dividindo pela metade. Para a segunda parcela, deve ser pago o que falta em relação à primeira, mas descontando o INSS, Imposto de Renda e benefícios como plano de saúde e vale alimentação, se houver. 

Antecipação do décimo terceiro em 2022

Em 2022, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai antecipar o depósito do décimo terceiro para aposentados e pensionistas, que também tem direito ao benefício, seguindo o que ocorreu nos últimos anos, em 2020 e 2021.  O pagamento das duas parcelas vai seguir o calendário regular disponibilizado pelo Instituto, sendo realizado entre os meses de abril e junho. As parcelas vão ser depositadas em datas diferentes para aqueles que recebem até um salário mínimo (R$ 1.212) e os que ganham mais do que esse valor. 

Veja mais em: Como será a antecipação do 13º salário aposentados INSS em 2022


Você pode gostar também