Quem nunca contribuiu para o INSS tem direito a algum benefício?

Dois grupos de beneficiários podem receber um salário mínimo pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em 2022

A contribuição regular à Previdência Social assegura vários benefícios aos brasileiros caso haja a necessidade de afastamento do trabalho, seja por velhice e doença, além de se estender também aos dependentes se houver a prisão ou morte do segurado. Mas não é raro encontrar pessoas que passam a vida sem pagar o INSS, mas precisam de algum desses benefícios. Então, será que quem nunca contribuiu para o INSS tem direito a algum benefício?  

Quem nunca contribuiu para o INSS tem direito a algum benefício?

A boa notícia é que mesmo aqueles que nunca contribuíram  no INSS têm direito a benefícios da Previdência Social. Um serviços é o Benefício de Prestação Continuada (BPC) que é regulamentado pela Lei Orgânica de Assistência Social – Lei nº 8742/93 (LOAS). 

Portanto, quem nunca contribuiu para o INSS tem direito de receber o BPC e ganhará mensalmente o valor de um salário mínimo. Para 2022, a quantia será reajustada e a expectativa é de que seja pago R$1.210,00 a partir de janeiro.  

Esse benefício costuma ser confundido com uma modalidade de aposentadoria, o entanto, eles não são a mesma coisa. Enquanto o BPC se trata de um benefício assistencial e não depende da contribuição para a Previdência Social, a aposentadoria requer que o cidadão faça pagamentos mensais durante um período de tempo e também é exigida uma certa idade para que o benefício seja concedido.

Além disso, o BPC possui algumas peculiaridades: os beneficiários têm direito de receber apenas o pagamento mensal e, ainda não há previsão legal para o pagamento do 13º salário e descontos que são realizados na aposentadoria.

No caso de morte, o benefício assistencial também não gera pensão aos dependentes. Para que o pagamento do BPC para quem nunca contribuiu com o INSS continue sendo realizado, o benefício é revisto a cada dois anos pela Previdência Social. 

Quem tem direito a receber esse benefício do INSS?

Apenas dois grupos de cidadãos que nunca contribuíram para o INSS têm direito de receber o BPC. São eles: 

>> idosos com 65 anos ou mais, que não possui meios de prover sua própria subsistência e de sua famílias;

>> pessoa de qualquer idade que possui deficiência de longo prazo, seja de natureza física, mental, intelectual ou sensorial que a incapacite de ter uma vida digna; 

É importante lembrar que o BPC teve  suas regras aperfeiçoadas por meio  da Lei nº 14.176, que passará a valer a partir de 1º de janeiro. Então, para solicitar o benefício quem nunca contribuiu para o INSS tem direito ao BPC se possuir renda igual a um quarto do salário mínimo.

Em casos excepcionais, a renda por pessoa na família pode chegar a meio salário mínimo. Para isso, será levado em consideração certos critérios, como o grau de deficiência da pessoa; a dependência que o idoso pode ter em relação a terceiros para fazer atividades básicas, além do comprometimento do orçamento familiar com gastos médicos, tratamentos de saúde, fraldas, alimentos especiais e medicamentos.

Outro critério fundamental para quem nunca contribuiu para o INSS e tem direito ao benefício do INSS, é possuir a inscrição no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais). Esse cadastro deve ser feito antes mesmo de o benefício ser solicitado e pode ser feito junto ao CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) mais próximo. 

Para quem nunca contribuiu como fazer para ganhar o benefício?

Antes de fazer a solicitação do BPC, certifique-se que já possui o CadÚnico. Para isso, acesse o site Meu CadÚnico e informe o nome completo do responsável da família, data de nascimento, nome da mãe, estado e cidade onde reside. Depois, clique em emitir certidão para confirmar o cadastro. 

Caso não tenha, vá até o CRAS mais próximo e solicite a inscrição apresentando todos os documentos dos membros da família. Feito isso, é hora de requerer o BPC junto aos canais de atendimento do INSS. 

Uma das opções é através do telefone 135. Também está disponível o site ou aplicativo de celular “Meu INSS” . Neste caso, será necessário fazer o cadastro na plataforma. Depois, siga o seguinte passo a passo:

>> procure pela opção “Novo pedido”;

>> clique em “benefícios assistenciais”;

>> escolha o tipo de BPC (idoso ou pessoa com deficiência);

Quem nunca contribuiu para o INSS tem direito a algum benefício
Site Meu INSS

>> atualize os dados solicitados;

>> anexe os documentos necessários;

>> conclua o pedido;

O acompanhamento da solicitação deve ser feita através da mesma plataforma, além disso, o cidadão também pode solicitar atendimento em uma das agências do INSS. 

RELACIONADO | Cadastro Único: veja como funciona e como se inscrever

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes