Saiba como vai funcionar o cadastro do novo auxílio emergencial

Jair Bolsonaro confirmou a volta do auxílio emergencial em 2021. Segundo Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, a primeira parcela do benefício será paga ainda neste mês de março.

Sem mais delongas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou a volta do auxílio emergencial em 2021. O benefício, aplicado em 2020 por conta da pandemia, vai voltar ainda neste mês de março. A confirmação vinda diretamente de Bolsonaro aconteceu na segunda-feira, 1º de março. Com a novidade, milhares de brasileiros querem saber como vai acontecer o cadastro do novo auxílio emergencial.

Tem que fazer novo cadastro auxílio emergencial?

Imagem mostra cédulas de 200 e 100 reais - novo auxílio emergencial
(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Além do valor ser diferente, a renovação do benefício terá diversas novidades, inclusive o próprio cadastro do novo auxílio emergencial. Não haverá necessidade de se inscrever para receber a quantia, entretanto, nem todos que receberam em 2020 vão receber em 2021.

Isso porque o governo federal calculou que o número de brasileiros inclusos no programa do novo auxílio emergencial será bem menor. A medida foi a forma encontrada pelo Ministério da Economia para não prejudicar o teto de gastos do governo. Por isso, o benefício vai atender, principalmente, as camadas da população mais vulneráveis.

Quem se cadastrou ano passado não terá que se recadastrar. Com base dos dados fornecidos em 2020, o governo fará uma triagem das pessoas que deverão receber o novo auxílio emergencial. Tal procedimento terá como base a autodeclaração de renda enviada anteriormente.

Com o “pente-fino”, o novo auxílio emergencial vai contemplar 40 milhões de pessoas, segundo apontou o jornal Folha de S. Paulo. O governo federal não divulgou os números oficiais até o momento desta publicação. Dados disponíveis no CAGED, INSS, MEI, CNIS, Imposto de Renda, vão auxiliar a seleção de beneficiários.

Leia também

Auxílio emergencial: confira quem recebe o neste domingo…

Calendário do Bolsa Família; veja quando será o pagamento do…

Quem deseja ser contemplado, e foi inscrito no auxílio de 2020, deve aguardar informações oficiais do governo.

Qual o valor do novo auxílio emergencial?

O novo auxílio emergencial será no valor de R$ 250, segundo confirmou o presidente. A negociação da quantia foi definida no domingo, 28 de fevereiro, em reunião do Jair Bolsonaro com líderes do Congresso, como Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

Quantos meses de auxílio emergencial?

O benefício será pago de março a junho, portanto, será por um período de até quatro meses. Bolsonaro já havia dito no mês de janeiro que se o auxílio voltasse, seria no máximo, dentro desse prazo, não se estenderia como em 2020. Em entrevista no último domingo, Jair Bolsonaro comentou sobre o benefício ser “muito pouco”, como foi apontado por alguns políticos.

“Alguns reclamam: é muito pouco. Meu Deus do céu, alguém sabe quanto custa isso para todos vocês brasileiros? O nome é ‘auxílio’, não é aposentadoria”, disse Jair Bolsonaro no dia 28 de fevereiro de 2021.

Mostrar comentários (1)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes