Seguro-desemprego: PL sugere parcela extra para o benefício

O Projeto de Lei que tramita no Congresso prevê o pagamento de uma parcela extra para beneficiário do seguro-desemprego em 2020.

O seguro-desemprego é benefício para recém-desempregados. Sendo assim, cada trabalhador tem direito de três a cinco parcelas prevista na CLT, a depender do tempo de serviço e quantas vezes já obteve o benefício.

Contudo, devido a pandemia, o Projeto de Lei 4.950/20 prevê o pagamento de uma parcela extra do seguro-desemprego em 2020. O PL deve ser aprovado ainda no mês de novembro pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Sendo assim, o benefício com uma parcela a mais seria para trabalhadores com demissão entre abril e julho de 2020.

Rose Modesto (PSDB-MS) é a relatora da proposta da deputada Rose Modesto. “Muitos trabalhadores continuam dependentes do seguro-desemprego como única fonte de renda enquanto não conseguem retornar ao mercado.”

Além disso, Modesto defende que “ a intenção é possibilitar que os beneficiários do seguro-desemprego recebam uma parcela a mais durante a pandemia. A proposta também contribuirá para o incremento da economia, favorecendo um retorno mais rápido do País à normalidade”, em sessão deliberativa no Congresso.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dessa forma, segurados demitidos entre 20 de março e 31 de julho e que já receberam as parcelas do benefício, também terão acesso à parcela extra. O impasse, no entanto, está para trabalhadores que tiveram demissão após o mês de julho, com direito a cinco parcelas.

Nas contas do governo, a proposta terá um custo de R$ 7,3 bilhões e beneficiaria 2,76 milhões de pessoas.

Votação da PL do seguro-desemprego

A votação do Projeto de Lei deve acontecer em 04 de novembro pelo Codefat. Sendo assim, esse é um órgão composto por representantes dos trabalhadores, empresários e pessoal do Ministério da Economia para gerenciar o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

 

Leia também

 

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes