Taxa de juros do cheque especial chega a 114% ao ano, aponta BC

A taxa de juros do cartão de crédito registrou de 0,3 ponto percentual em relação à agosto, ficando em 309,9% no mês de setembro.

De acordo com dados divulgados hoje (26) pelo Banco Central (BC), a taxa juros do cheque especial chegou  a 114,2% ao ano no mês de setembro. Frente aos 112,9% registrados em agosto.

Em seguida, ao contrário do cheque especial a taxa de juros do cartão de crédito registrou queda. Equivalente a 0,3 ponto percentual em relação à agosto, ficando em 309,9% no mês de setembro.

Segundo as estatísticas monetárias e de crédito, o crédito ampliado ao setor não financeiro atingiu R$11,4 trilhões no mês passado, o que representa um aumento de 2,1% no mês. A saber, houve aumento em 1,9% nos empréstimos e financiamentos e de 2,3% nos títulos de dívida.

Ao passo que, o saldo das Operações de crédito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) alcançaram R$3,8 trilhões em setembro, um aumento de 1,9% no mês. Com elevação de 2,6% na carteira de pessoas jurídicas (empresas) e de 1,4% em pessoas físicas.

A saber, o saldo crédito livre, dinheiro que o banco pode emprestar em todas as linhas, foi de R$1,1 trilhão para pessoas físicas, com alta de 1,5% no mês e de 8,7% em doze meses com destaque para cartão de crédito à vista e crédito pessoal. Já para pessoas jurídicas o saldo foi de R$1,1 trilhão, com alta de 2,4% no mês e de 26,5% na comparação ao longo do ano.

Taxa média de juros em setembro

Nota-se que a taxa média de juros das operações contratadas em setembro ficou em em 18,1% ao ano. Com redução de 0,5% no mês e de 5,9% em doze meses. Já o spread bancário, que é a diferença entre os juros que os bancos pagam para captar recursos e os juros que cobram para emprestar dinheiro, chegou a 14,3%.

A saber, a taxa de juros média do no crédito livre alcançou 25,7% ao ano. Bem como, para as famílias a taxa ficou em 38%.

 

  • Leia também:
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.