Último pagamento do auxílio emergencial ocorre hoje (28/01)

Beneficiários que tiveram o benefício reavaliado ou a contestação aprovada vão receber o pagamento.

Nesta quinta-feira (28), cerca de 196 mil pessoas vão receber valores do auxílio emergencial. São beneficiários que tiveram o benefício reavaliado ou a contestação aprovada. Trata-se então, do último pagamento do auxílio emergencial.

O calendário oficial do programa finalizou ontem (27), com a liberação de saques e transferências para os nascidos em dezembro. No entanto, o Ministério da Cidadania liberou um novo lote, com um montante de R$ 248,6 milhões.

O benefício foi criado com a finalidade de amparar trabalhadores informais, autônomos e desempregados durante a pandemia do novo coronavírus. E também se estendeu aos inscritos do Bolsa Família.

Quem vai receber o pagamento do auxílio emergencial de hoje?

O pagamento do auxílio emergencial desta quinta-feira é destinado aos seguintes grupos:

  • 191 mil pessoas contestaram a suspensão do benefício entre 7 e 16 de novembro e entre 13 e 31 de dezembro de 2020.
  • 5 mil pessoas que tiveram os pagamentos reavaliados em janeiro de 2021.

Esses beneficiários vão receber todos os valores devidos hoje, através de depósito em poupança social digital que pode ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem. Além disso, também estão liberados os saques e transferências do dinheiro.

Nota-se que a contestação do auxílio emergencial ficou disponível para cidadãos que não concordavam com a negativa, bloqueio ou cancelamento do benefício. Seja do auxílio de R$ 600 (ou R$ 1200 para mães chefe família), ou ainda o auxílio residual de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefe família). Esse processo pôde ser feito no site da Dataprev.

Quais parcelas serão pagas?

A quantidade de parcelas depositadas hoje em conta digital varia de acordo com a situação de cada beneficiário. Veja:

  • 8,3 mil pessoas recebem a segunda, a terceira, a quarta e a quinta parcelas;
  • 40,9 mil pessoas recebem as três últimas parcelas;
  • 68,1 mil pessoas recebem a quarta e a quinta parcelas;
  • 78,3 mil pessoas recebem apenas a quinta parcela.

Por fim, segundo dados do Ministério da Cidadania, o pagamento do auxílio emergencial alcançou mais de 68 milhões de cidadãos, o que representa 32,2% da população e cerca de 40% das residências. Custando cerca de R$ 330 bilhões.

 

Leia também:

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.