MEI pode solicitar crédito de parceria entre Caixa e Sebrae

MEI pode solicitar crédito de até R$ 12,5 mil com prazo de pagamento de 24 meses. Micro e pequenas empresas também podem contratar.

O crédito para MEI da Caixa em parceria com o Sebrae pode ser uma alternativa para capital de giro. A linha de crédito iniciada em abril, tem financiamento pelo Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE) que garante até 80% da operação de empréstimo, de forma complementar.

Sendo assim, o MEI pode solicitar crédito de até R$ 12,5 mil. Contudo, para contratar o empréstimo, o microempreendedor deve realizar um curso de capacitação do Sebrae.

Além disso, microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) também podem solicitar o crédito. Sendo assim, nos valores limites a R$ 75 mil para ME e R$ 125 mil para EPP.

Quais as condições de contratação?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A linha de crédito da Caixa e Sebrae para MEI, ME e EPP são para negócios do setor da indústria, comércio e serviços. Sendo assim, devem obedecer a lei geral de faturamento, ou seja:

  • MEI com faturamento bruto anual de até R$ 81 mil
  • ME com rendimento de até R$ 360 mil por ano
  • EPP com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões

Além disso, o negócio deve ter pelo menos 12 meses de faturamento, não ter restrição de CPF e de CNPJ.

A linha de crédito para MEI disponibiliza até R$ 12,5 mil de empréstimo, com taxa de juros de 1,59% ao mês e prazo de pagamento de 24 meses, sendo 9 meses de carência.

Contudo, o valor e as condições de juros e prazos variam conforme o porte da empresa. Para microempresas, o valor de crédito limite é de R$ 75 mil com taxa de 1,39% ao mês. O prazo de pagamento é de 30 meses com carência de 12 meses.

Já no caso das empresas de pequeno porte, o valor de contratação é de até R$ 125 mil, taxa de juros em 1,19% ao mês e pagamento em até 36 meses, também com carência de 12 meses.

A contratação está sujeita a avaliação do crédito.

 

Como solicitar o crédito para MEI?

Para solicitar o crédito, o microempreendedor deve realizar cadastro no portal do Sebrae e também um curso de capacitação. Depois disso, a empresa deve preencher o formulário disponível no portal de atendimento digital no site da Caixa (https://atendimentodigital.caixa.gov.br/empresa/), e solicitar o interesse pelo crédito.

Sendo assim, clique aqui para preenchimento do cadastro da sua empresa e inclusão da documentação pertinente.

Em seguida, um gerente da Caixa deverá entrar em contato para oferecer as melhores condições para contratação do empréstimo, com taxas reduzidas, serviços no gerenciador financeiro virtual e um acompanhamento empresarial com o Sebrae.

Na sequência será feita análise cadastral tanto da empresa como dos  sócios para liberação de crédito para MEI, ME e EPP. Caso o cadastro seja aprovado, o empreendedor receberá a orientação para comparecer em uma agência para assinatura dos contratos e abertura de conta.

*Com informações de Caixa Econômica Federal e Sebrae

 

Leia também

MEI: inadimplentes não serão excluídos do Simples Nacional em 2021

Pronampe deve ter nova rodada de créditos com mais recursos 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes