Qual é a chance de rebaixamento do Grêmio em 2021?

Até o começo de novembro, o time acumulou 26 pontos com apenas sete vitórias conquistadas no Brasileirão

Se o futebol em campo preocupa o torcedor do Grêmio, os números podem deixar a situação cada vez mais complicada. Depois de perder para o Palmeiras na 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o elenco gremista passou a ter 80% de chance de  rebaixamento para a segunda divisão na temporada 2021.

Quais são as chances do Grêmio ser rebaixado?

Até a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro na temporada, o Grêmio tem 80% de chances de ser rebaixado para a segunda divisão no ano que vem, de acordo com os dados do estudo divulgado no portal de estatísticas do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), atualizados diariamente.

O elenco gaúcho foi derrotado pelo Palmeiras em casa, na Arena do Grêmio, por 3 a 1 , o que agravou ainda mais a situação caótica em que vive o time com apenas 26 pontos conquistados e sete vitórias, cinco empates e quinze derrotas durante 27 disputas em campo.

Além dos resultados ruins que acumula, o tricolor vê os adversários da parte de baixo da tabela mostrarem certa recuperação rodada por rodada, o que acaba prejudicando mais a sua situação na classificação rumo ao rebaixamento.

+ Veja também a probabilidade de rebaixamento na Série A

O que o Grêmio precisa para não ser rebaixado?

Para escapar do rebaixamento, o Grêmio precisa vencer todos os dez jogos que lhe restam na temporada, incluindo os atrasados por escolha da CBF. Para se manter seguro e longe do Z-4, o tricolor deve marcar 42 pontos na competição, o que é considerado difícil visto o desempenho que é apresentado nos gramados rodada por rodada.

Entretanto, além de cuidar do seu caminho, os comandados de Vagner Mancini ainda esperam tropeços dos adversários que podem lhe favorecer no percurso de fuga do rebaixamento. Por exemplo, se Juventude, Sport e até mesmo o Bahia, com sete pontos a menos, tropeçarem em seu próximos confrontos na reta final do Brasileirão, o tricolor se beneficia e as chances de permanecer na elite aumentam.

chance de rebaixamento do Grêmio
Vagner Mancini tem a missão de tirar o elenco do sufoco. Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Quais outras equipes podem ser rebaixadas?

Os números do Departamento de Matemática da UFMG indicam também que Chapecoense, Sport e Juventude contam com as maiores tendência de rebaixamento na temporada. A Chapee tem 99% em sua conta, ou seja, está praticamente sem saída no Brasileiro.

Também aparecem no ranking as equipes do Juventude, com 76.1% e o Sport, em 75.5%, todos figurinhas carimbadas no Z-4 do campeonato. Confira a seguir as probabilidades atualizadas até o fechamento da 29ª rodada.

 

  • Chapecoense – 99%
  • Grêmio – 80%
  • Juventude – 76.1%
  • Sport – 75.5%
  • Bahia – 19.7%
  • Athletico-PR – 19.3%
  • Santos – 11.5%
  • Ceará – 5.6%
  • Cuiabá – 5.1%
  • São Paulo – 2.8%
  • Atlético-GO – 1.6%
  • América-MG – 1.1%

Quantas vezes o Grêmio foi rebaixado?

Em toda a história, o Grêmio foi rebaixado duas vezes, em 1991 e 2004. Na primeira oportunidade, a campanha do time de Porto Alegre foi lamentável, contabilizando 12 pontos em dezenove rodadas, atingindo a marca de três vitórias, seis empates e dez derrotas terminando pela 19ª posição.

Já em 2004, os tricolores conseguiram a façanha de terminar em último lugar na tabela com 39 pontos, um retrospecto superior, mas ainda insuficiente para evitar o rebaixamento. Foram nove vitórias, doze empates e vinte e cinco jogos perdidos por 46 partidas dentro e fora de sua casa.

Você pode gostar também
buy cialis online