Quem ganhou a Libertadores 2021: Palmeiras é tricampeão

Libertadores 2021 trouxe a acirrada disputa entre Flamengo e Palmeiras em Montevidéu, no Uruguai

O Palmeiras foi quem ganhou a Libertadores 2021. Em um jogo de muita emoção, Palestra Itália venceu o Flamengo por 2 a 1 no Estádio Centenário em Montevidéu, no Uruguai. A conquista soma o terceiro troféu na copa.

Quem ganhou a Libertadores 2021

O Palmeiras é campeão da Copa Libertadores 2021. Em jogo realizado no Uruguai contra o Flamengo, em 27/11, o alviverde leva o troféu pela terceira vez na história. O primeiro título conquistado aconteceu em 1999 e o segundo veio em 2020.

O time campeão do Palmeiras, comandado pelo português Abel Ferreira, foi para campo com Weverton (Goleiro); Mayke (Lateral), Gustavo Gómez (Zagueiro), Luan (Zagueiro), Piquerez (Lateral); Danilo (Volante), Zé Rafael (Meia), Gustavo Scarpa (Meia), Raphael Veiga (Meia); Dudu (Atacante), Rony (Atacante).

Primeiro tempo da final da Libertadores 2021

Com o apito de Néstor Pitana para a abertura da final, os minutos iniciais do primeiro tempo pegaram fogo no Estádio Centenário. A primeira chance partiu do Flamengo com Bruno Henrique, logo detido pelo goleiro Weverton. Minutos depois, o Palmeiras respondeu com Rony, cortado pela defesa do rubro-negro.

No entanto, o alviverde foi mais rápido e conseguiu abrir o placar com apenas 4 minutos. Em jogada de Mayke e Gustavo Gómez, o meia Raphael Veiga, considerado o melhor jogador da temporada do Verdão, aproveitou e sozinho na área acertou em cheio as redes de Diego Alves.

A partir daí, o Palmeiras passou a pressionar e ditar o ritmo de jogo até a metada da etapa, conseguindo se segurar bem na defesa e mostrando bom lado ofensivo ao levar perigo com Dudu, Rony e Veiga. O Flamengo só respondeu à altura com Bruno Henrique e Gabigol a partir dos 20 minutos, mas sem sucesso. A melhor tentativa saiu aos 42 com Arrascaeta, parado na defesa de Weverton.

 

Segundo tempo da final da Libertadores 2021

No segundo tempo, o Flamengo voltou melhor, mostrando um futebol completamente superior. Logo no primeiro minuto, Gabigol mostrou todo o seu potencial, mas mandou a bola pra fora. Um minuto depois, Arão também chegou bem mas acertou a trave.

A resposta do Palmeiras veio com Rony em belo chute na entrada da área para defesa de Diego Alves, sendo a única da segunda etapa. A partir da metade do jogo, o Flamengo cresceu e tomou para si o controle do jogo, passando a levar perigo em todos os momentos. David Luiz chegou bem aos 10, mas Weverton apareceu em boa defesa. Outra tentativa partiu de Bruno Henrique de cabeça após cobrança de lateral do Mengo mandando pertinho do gol.

Foi então que, aos 26 minutos, Gabigol recebeu de Arrasca na esquerda e, no cantinho, deixou tudo igual em campo na grande final. Até o apito final, o Flamengo seguiu pressionando e, com Michael em campo após pedido da torcida flamenguista, o jogador completou o ataque com grandes oportunidades de ampliar. Com o empate no tempo normal, a prorrogação foi necessária.

Prorrogação – Quem ganhou a Libertadores 2021

A prorrogação da final da Libertadores começou com times bem diferentes já que o desgate físico pesou aos jogadores. Com a saída de Raphael Veiga, autor do gol, o alviverde buscou se igualar ao Flamengo no lado ofensivo. Porém, a virada no placar saiu dos pés de Deyverson aos 4 minutos do primeiro tempo do tempo extra em falha de Andreas Pereira. Sozinho, o atleta do Verdão aproveitou e encheu as redes do rival.

O jogo seguiu morno sem grandes emoções. Gabigol e Matheuszinho tentaram empatar, enquanto Patrick de Paula levou perigo aos cariocas.

No segundo tempo extra, o Flamengo chegou bem, mas teve grandes dificuldades de furar o bloqueio defensivo do Palmeiras. Aos 4, Danilo Barbosa chegou bem pela esquerda no contra-ataque, mas ao lançar para Deyverson mandou forte demais. Renato Gaúcho colocou Vitinho e Pedro em campo na esperança de reforçar o ataque, enquanto Felipe Melo entrou pelo lado palmeirense.

Kenedy e Pedro tiveram boas chances de deixar tudo igual, mas foram detidos pela defesa rapidamente. Nos minutos finais, com 3 de acréscimos, o Flamengo insistiu de todas as maneiras a passar o placar, mas não o suficiente. Mais uma vez Danilo Barbosa buscou o ataque, mas acertou a rede pelo lado de fora de Diego.

Sem balançar a rede, o árbitro apitou e, com o placar final de 2 a 1, o Palmeiras consagrou-se o campeão da Copa Libertadores em 2021 e pela terceira vez em sua história, a segunda sob o comando do técnico Abel Ferreira.

Quanto ganha o campeão da Libertadores em 2021?

Além de conquistar a taça, o Palmeiras também obtém uma bagatela de R$ 84 milhões como recompensa por consagrar-se o melhor time da América do Sul. Ao todo, o elenco vai herdar mais de 120 milhões de reais por passar todas as fases.

Em cada fase, diferentes valores são destinados aos clubes da competição, onde cada conquista garante um novo número em sua conta. Na fase de grupos, cada um dos times ganha o valor de 1 milhão de dólares. Depois, nas oitavas de final, os classificados tem US$ 1,05 milhão, ou seja, mais de 5 milhões de reais.

Nas quartas de final, esse valor sobe para R$8 milhões e, nas semis são 10 milhões de reais. Na final, o vencedor leva para casa a taça, o título e 15 milhões de dólares, o mesmo que R$ 84 milhões. O vice, no entanto, fatura R$ 32,4 milhões.

Fase de grupos – US$ 1 milhão (R$ 5,4 milhões) por mando

Oitavas de final –  US$ 1,05 milhão (R$ 5,6 milhões)

Quartas de final –  US$ 1,05 milhão (R$ 5,6 milhões)

Semifinal – US$ 2 milhões (R$ 10,8 milhões)

Vice-campeão – US$ 6 milhões (R$ 32,4 milhões)

Campeão – US$ 15 milhões (R$ 84 milhões)

Quantos títulos tem o Palmeiras?

O Palmeiras é um dos maiores campões brasileiros da história. Em sua prateleira, estão conquistas na Libertadores, Copa do Brasil, Paulistão até Copa dos Campeões.

Ao todo, o alviverde coleciona mais de vinte taças, incluindo 3 troféus da Libertadores, 1999, 2020 e agora 2021, uma conquista da Copa Mercosul, 10 títulos do Campeonato Brasileiro, 4 da Copa do Brasil, uma Copa dos Campeões, 25 troféus do Campeonato Paulista na história do torneio e 5 do Torneio Rio-São Paulo, já extinto do futebol brasileiro.

  • Libertadores – 3 títulos (1999, 2020 e 2021)
  • Copa Mercosul – 1 título (1998)
  • Campeonato Brasileiro – 10 títulos (1960, 1967, 1967 (Taça Brasil), 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016 e 2018)
  • Copa do Brasil – 4 tíulos (1998, 2012, 2015 e 2020)
  • Copa dos Campeões – 1 título (2000)
  • Campeonato Paulista – 25 títulos – (1920, 1926, 1926 (extra), 1927, 1932, 1933, 1934, 1936, 1938, 1940, 1942, 1944, 1947, 1950, 1959, 1963, 1966, 1972, 1974, 1976, 1993, 1994, 1996, 2008 e 2020
  • Torneio Rio-São Paulo – 5 títulos (1933, 1951, 1965, 1993 e 2000)

 

Acompanhe as últimas notícias sobre a Libertadores

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes