Mundial de Clubes 2023 adotará novo formato?

A expectativa para que o Mundial de Clubes 2023 adotasse um novo formato era grande. No entanto, mais uma vez, a Covid-19 e calendários desportivos apertados desse ano frustraram os planos.

Pelo menos a curto prazo, a FIFA anunciou que manterá o modelo de sete times na competição. Assim, se enfrentarão as principais equipes de cada continente em busca do título mundial.

Como será o Mundial de Clubes 2023?

Não haverá mudanças no formato do Mundial de Clubes em 2023. O modelo continuará o mesmo: sete equipes, cada uma campeã em seu continente, disputarão o Mundial de Clubes ao fim da temporada.

Participam da competição os vencedores da Libertadores (América do Sul), Uefa (Europa), AFC (Ásia), OFC (Oceania), CAF (África), Concacaf (América Central, do Norte e Caribe) e o campeão do torneio nacional no país-sede.

Na primeira fase do Mundial de Clubes há a definição de quais times avançam até as quartas de final. Os primeiros jogos são disputados pelos campeões, salvo somente os da Europa e da América do Sul, que já entram na disputa na semifinal.

A promessa é que esse formato mude nos anos seguintes. Desde 2021, a FIFA divulgou o interesse de aumentar os participantes do torneio.

A ideia é que ocorra o que eles chamam de Super Mundial de Clubes, com 24 participantes, podendo ter até oito times europeus e seis sul-americanos.

Na América do Sul, por sinal, é especulado que algumas das vagas sejam direcionadas para a Copa Sul-Americana, mas a viabilidade disso ainda precisa passar pelo conselho da Conmebol.

Outro entrave que impossibilita a realização desse Super Mundial de Clubes é o calendário desencontrado das competições. Uma opção era fazer no meio do ano (junho e julho), porém coincide com as férias e a pré-temporada de muitos jogadores europeus.

A mudança, no entanto, não tem data para acontecer, nem muito menos será válida para o Mundial de Clubes 2023.

Quais são os campeões mundiais de clubes?

O Mundial de Clubes, no formato atual que conhecemos, sendo chancelado pela FIFA, existe desde 2005 (salvo a edição única de 2000) e, em 2021, chegou a sua 18ª edição. No ranking de maiores campeões mundiais brigam times europeus. No entanto, o Brasil não fica longe na corrida.

O clube com mais títulos na competição é o Real Madrid, com quatro troféus na sua história. Logo abaixo, vem outro time espanhol brigando pela liderança, o Barcelona, com três títulos mundiais.

O terceiro lugar no pódio, no entanto, é de um time brasileiro, o Corinthians. O clube é bicampeão do Mundial de Clubes; venceu a edição de 2000 e a de 2012.

Se forem considerados outros formatos de mundiais de clubes, incluindo equipes vencedoras de competições que tenham sido, ao menos uma vez, tratadas em documento oficial da FIFA, a lista de campeões muda um pouco.

Acontece que de 1960 a 2004 acontecia a Copa Intercontinental/Copa Toyota, competição que também dava o status de campeão mundial.

Partindo desse princípio, a liderança do pódio ainda fica com o time espanhol, no entanto, o Real Madrid soma sete títulos como campeão e não quatro.

O segundo time com mais títulos no Mundial de Clubes é o Milan, da Itália, e logo atrás vem o Bayern de Munique. Um pódio totalmente europeu.

Quais brasileiros têm Mundial?

O São Paulo é o time com mais mundiais de clubes, três ao todo. Dois deles foram adquiridos no antigo formato e um deles pela competição que hoje conhecemos como Mundial de Clubes da FIFA.

O Santos e o Corinthians seguem o ranking de times brasileiros com mais mundiais, somando dois títulos cada.

Outros times brasileiros com mundiais são o Grêmio, o Flamengo e o Internacional.

Veja a lista completa:
São Paulo – 3 títulos (1992, 1993 e 2005)
Santos – 2 títulos (1962 e 1963)
Corinthians – 2 títulos (2000 e 2012)
Grêmio – 1 título (1983)
Flamengo – 1 título (1981)
Internacional – 1 título (2006)

Qual o único time brasileiro que não tem Mundial?

Não se pode dizer que exista apenas um time brasileiro sem Mundial. O Vasco da Gama, o Cruzeiro, o Atlético Mineiro e o Palmeiras são os únicos quatro times que participaram do Mundial de Clubes e nunca conquistaram um título.

O Vasco da Gama ficou com a vice-liderança do campeonato em 1998 e 2000. Lembrando que em 2000 perdeu justamente para o Corinthians, que detém o título de campeão.

O Cruzeiro também teve duas chances de ganhar o Mundial de Clubes (1976 e 1997), no entanto, também só conseguiu a segunda colocação.

Já o Atlético Mineiro só conseguiu chegar até as semifinais. Não conseguiu disputar sequer o jogo de decisão. Em 2013, o Galo foi eliminado pelo Raja Casa Blanca, um time do Marrocos, por 3 x 1 no Mundial de Clubes.

O caso da Palmeiras já é peculiar. O Verdão tenta cavar um título do mundial em 1951, mas o feito nunca foi considerado formalmente.

Pesa o fato da competição de 51 não ter sido organizado nem pela FIFA, nem Conmebol, nem Uefa. No Brasil, também não havia o conceito de campeão nacional. Todos esses argumentos inviabilizam a validação do título.

Você pode gostar também
buy cialis online