Quem é o dono do Chelsea? Conheça a história do bilionário russo

Depois de comprar a equipe londrina em 2003, o Chelsea consagrou-se campeão da Champions League, além de diversas vezes a

Representando o oeste de Londres, o Chelsea hoje figura entre as maiores equipes inglesas do futebol. Mas nem sempre foi assim. Nos primeiros anos, o clube londrino amargou não ganhar praticamente nenhum dos torneios que participava. Entretanto, a partir de 2003, a compra do time por um magnata russo transformou-o em grande potência. Mas, afinal, quem é o dono do Chelsea? Conheça a história

Quem é o dono do Chelsea? Conheça Roman Abramovich

Nascido 24 de outubro de 1966 em Saratov, na Rússia, o magnata Roman Abramovich, de 54 anos, é considerado um dos homens mais ricos do mundo. Isso porque seus investimentos ao longo dos anos lhe renderam altos valores em sua conta bancária. Mesmo assim, sua vida nem sempre foi fácil.


Após perder os pais quando criança, Roman foi criado em orfanatos, largando imediatamente os estudos. Apesar disso, o russo sempre teve o manejo para os negócios, trabalhando desde cedo com petróleo, aço e alumínio. Graduou-se na Academia de Direito do Estado de Moscou e com Bacharelado em Artes  e Ciências.

Abramovich já trabalhou na político como governador na região de Chukotka, na Rússia, além de ser presidente da Duma local de 2001 a 2013. Lá, gastou $ 2,5 bilhões de dólares em investimentos do seu próprio bolso.

Hoje, com sete filhos, o russo mantém-se no topo da lista dos mais ricos homens do mundo já que continua investindo não só no Chelsea, mas também em empresas que coordena.


Sem titulo 15
Abramovich e sua filha, sofia, em clique no instagram (instagram reprodução / @sofiaabramovich97)

Qual é a fortuna do dono do Chelsea?

De acordo com a Forbes, o patrimônio do empresário russo é de $15 bilhões de dólares, ou seja, mais 20 bilhões de reais. Em 2008, no entanto, foi considerado o homem mais rico da Rússia com números equivalente em US $ 23,5 bilhões. Ele também possui participações nas gigantes Evraz, produtora de aço, e a Norilsk Nickel, empresa russa de níquel e mineração

Ainda segundo a publicação, Abramovich possui o segundo maior iate do mundo, chamado de Eclipse, de 533 pés, comprado por quase $400 milhões de dólares em 2010.

O magnata ganhou os holofotes depois que histórias sobre o estilo de vida de suas filhas na adolescência caíram nos tabloides de todo o mundo. Segundo o The Sun, Sofia, de 24 anos, era levada para a escola na Inglaterra em um helicóptero, além de dirigir carros luxuosos como Range Rovers à prova de balas.

Sem titulo 14
Gráfico mostra valor de fortuna em 2020 e 2021 (reprodução site forbes / www. Forbes. Com)

Chelsea na era Abramovich

No comecinho dos anos 2000, além do mal desempenho em campo, o Chelsea também possuía problemas financeiros. Sob o comando de Claudio Ranieri em 2001, a equipe terminou classificando-se para a Champions League, mas no seguinte perdeu a final da Copa da Inglaterra.

Em 2003 novamente a equipe azul garantiu vaga para a Champions League, eliminada na semifinal contra o Monaco. No mesmo período, em 1 de julho, Abramovich decidiu comprar o Chelsea pela bagatela de 140 milhões de euros, disposto a transforma-lo em uma potência mundial. E conseguiu.

O empresário russo saldou todas as dívidas do Chelsea, além também de ser responsável por grandes contratações como Joe Cole e Damien Duff. Ele também seduziu José Mourinho, na época treinador do Porto, para comandar os azuis, figura importante na era Abramovich.

Desde então, o clube londrino conquistou 5 taças do Campeonato Inglês, uma Champions League em 2012, 2 troféus da Liga Europa, 5 títulos na Copa da Inglaterra, 3 na Copa da Liga Inglesa e 2 taças da Supercopa da Inglaterra, além de destaque também nas categorias de base e no futebol feminino.

Roman abramovich dono do chelsea
John terry e roman abramovich em 2005 após a conquista do título inglês (chelsea oficial /www. Chelseafc. Com)

 

+ Quem é o dono do Manchester City? Conheça a história do sheik

+ Qual é a fortuna de Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG?

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.