História das Olimpíadas: guia para entender a origem dos jogos

Em 2021, os jogos olímpicos serão realizados no Japão.

Os Jogos Olímpicos, que se originaram na Grécia antiga há cerca de 3.000 anos, foram revividos no final do século 19 e se tornaram a competição esportiva mais proeminente do mundo. Os Jogos Olímpicos de Verão de 2020 foram atrasados ​​um ano por causa da pandemia COVID-19, e agora serão realizados de 23 de julho a 8 de agosto de 2021 em Tóquio, Japão. Quer saber a origem de tudo isso? Continue lendo a História das Olimpíadas abaixo.

Como e onde surgiu as Olimpíadas?

Os Jogos Olímpicos são divididos em duas eras: antiga e moderna. A primeira surgiu no século VIII a.C. na Grécia Antiga, mas por meio de Hércules. Segundo a lenda, o herói da mitologia grega teria criado o evento esportivo logo após finalizar seus trabalhos destinados pela deusa Hera, como forma de homenagear Zeus, seu pai. Com os jogos realizados na cidade de Olímpia, criou-se então o nome Olimpíadas.

Já os Jogos Olímpicos da Era Moderna tiveram  início no ano de 1896, após o aristocrata e pedagogo suíço chamado Pierre de Frédy ter a ideia de realizar o evento, assim como ocorria em Olímpia. Em Atenas, então capital da Grécia, 241 atletas competiram na primeira edição da história das Olimpíadas modernas.

O idealizador dos Jogos na Era Moderna Barão de Coubertin acreditava que a prática do esporte poderia ajudar a promover a paz entre as nações. Isso porque na época (final do século XIX e início do século XX) a rivalidade entre os países emergiam entre os povos. Não à toa, a primeira Guerra Mundial inicia em 1914, época em que os jogos da nova era já haviam sido criados.

Atualmente, o principal objetivo das Olimpíadas é estimular a competição sadia entre a então população mundial.

As Olímpiadas ocorrem a cada quatro anos, e desde a primeira edição da Era Moderna, em Atenas, em 1896, o intervalo de tempo é mantido. As únicas ocasiões que fizeram os jogos não serem realizados a cada quatro anos, foram as duas guerras mundiais e em 2020, devido então à pandemia do novo coronavírus.

Qual é a origem da história do nome Olimpíadas?

A realização dos jogos ocorria sempre na cidade grega de Olímpia – por isso o nome “Olimpíadas” –.  De forma registrada,  o primeiro atleta a vencer uma prova em Olímpia teria sido então Corobeu, em 776 a.C. – a prova era de corrida.

O que simboliza os anéis olímpicos?

Criado por Barão de Coubertin, os anéis olímpicos simbolizam os cinco continentes habitados no planeta: América, Oceania, Europa, África e, por fim, a Ásia. Cada aro possui uma cor que representam a união dos continentes. As cores são: azul, amarelo, preto, verde e vermelho. Embora tenha sido criada em 1914, o símbolo que representa a bandeira dos jogos só foi hasteado nos Jogos Olímpicos de Antuérpia, na Bélgica, em 1920.

Cada anel olímpico representa um continente do planeta
Cada anel olímpico representa um continente do planeta (Foto: Twitter/@olimpiadas)

Qual é o prêmio dos Jogos Olímpicos?

Os Jogos Olímpicos da Era Moderna premia os três melhores competidores de cada modalidade. O campeão recebe a medalha de ouro, enquanto o vice fica com a prata e o terceiro colocado garante o bronze. Os três melhores completam o pódio para receber a premiação. No entanto, nem sempre foi assim, na Grécia Antiga apenas os campeões eram premiados.

Nos primórdios dos Jogos Olímpicos, apenas o campeão recebia o prêmio, mas na época não eram medalhas. O vencedor celebrava a conquista em dois momentos, primeiro recebia um ramo de palma e uma coroa de louros, pinho ou ramos de oliveira. Mas no último dia de Jogos, todos os campões se reuniam no templo de Zeus, onde tinham a cabeça ungida por um óleo sagrado.

Como funcionam os Jogos Olímpicos?

Os Jogos Olímpicos são o principal evento esportivo no mundo. A cada edição, atletas de mais de 200 países competem em busca da então sonhada medalha de ouro olímpica. Existem dois tipos de Olimpíadas: Inverno e Verão, no entanto elas ocorrem em nações diferentes, uma vez a cada quatro anos.

Os Jogos de Inverno englobam esportes e modalidades em sua maioria praticadas no gelo. Por outro lado, os de Verão são competições disputadas em gramas, areias ou em ginásios com quadras esportivas.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) é o principal responsável pela organização das Olimpíadas. A entidade dita as regras e escolhe então os países-sedes do evento. Em todas as modalidades há premiações aos três primeiros colocados, mas sendo medalha de ouro ao campeão, prata ao vice, e bronze para quem ficar em terceiro. Dentre os esportes que englobam as Olimpíadas, estão modalidades coletivas, assim como individuais.

Quais esportes fazem parte da história das Olímpiadas?

Nos jogos em Atenas, Grécia, em 1896, haviam 280 participantes de 13 nações (todos do sexo masculino), que competiriam em 43 esportes, incluindo atletismo , ginástica, natação, luta livre, ciclismo, tênis, levantamento de peso, tiro e esgrima.  Em 2021 há 46 modalidades de competição, entre elas Skate e Surfe.

  1. Basquete
  2. Basquete 3 x 3
  3. Tiro com arco
  4. Ginástica artística
  5. Nado artístico
  6. Atletismo
  7. Badminton
  8. Baseball e softball
  9. Vôlei de praia
  10. Boxe
  11. Canoagem Slalom
  12. Canoagem velocidade (sprint)
  13. Ciclismo BMX corrida
  14. BMX Freestyle
  15. Ciclismo – mountain bike
  16. Ciclismo de estrada
  17. Prova de ciclismo de pista
  18. Saltos ornamentais
  19. Hipismo
  20. Esgrima
  21. Futebol
  22. Golfe
  23. Handebol
  24. Hóquei na grama
  25. Judô
  26. Karatê
  27. Maratona aquática
  28. Pentatlo moderno
  29. Ginástica rítmica
  30. Remo
  31. Rugby
  32. Vela
  33. Tiro
  34. Skate
  35. Escalada
  36. Surfe
  37. Natação
  38. Tênis de mesa
  39. Taekwondo
  40. Tênis
  41. Ginástica de trampolim
  42. Triatlo
  43. Vôlei
  44. Polo aquático
  45. Halterofilismo
  46. Luta

Jogos olímpicos no Brasil

O Brasil realizou o evento em 2016, na cidade do Rio de Janeiro. Dois anos antes, o país já havia realizado a Copa do Mundo de Futebol, com a cidade carioca como uma das sedes.

As Olímpiadas Rio-2016 aconteceram entre 3 a 21 de agosto de 2016 e as Paraolimpíadas de 7 a 18 de setembro do mesmo ano, na mesma cidade e com organização do mesmo comitê. Principal estádio do futebol brasileiro, o Maracanã recebeu a abertura e o encerramento dos Jogos.

Essa foi a edição que o Brasil conquistou mais medalhas em sua história nas Olimpíadas, com 19 pódios sendo sete medalhas de ouro. No entanto, o país ficou longe do topo e os Estados Unidos terminaram na primeira posição pela sexta vez consecutiva. Os moradores da terra do tio Sam, conquistaram 121 medalhas, mas sendo 46 de ouro.

olimpiadas no brasil
Brasil entrou para a história das Olimpíadas ao sediar edição de 2016 no Rio de Janeiro – Foto; Fernando Frazão/Agência Brasil/Reprodução

 

Qual o maior medalhista da história das Olimpíadas

O norte-americano Michael Phelps é o maior atleta olímpico de todos os tempos. Segundo o COI, nadador tem 28 medalhas no total: sendo 23 de ouros, três pratas e um bronze. Phelps participou de cinco Jogos Olímpicos ao longo de sua carreira: Sidney (2000), Atenas (2004), Pequim (2008), Londres (2012) e, por fim, Rio (2016).

Em sua primeira participação, o atleta tinha apenas 15 anos e voltou para casa sem nenhuma medalha. O máximo que conseguiu, foi ficam em quinto lugar, nos 200m borboleta. Já a partir de Atenas, o norte-americano passou a dominar a modalidade. Em seu segundo Jogos, conquistou seis medalhas de ouro, mas também dois bronzes.

Já em 2008, conquistou a grande participação de um atleta nas Olimpíadas, em toda história. Phelps ganhou oito medalhas de ouro – todos os eventos em que participou – além de quebrar recordes em sete deles. Em Londres, o atleta garantiu mais quatro ouros e duas pratas e então decidiu se aposentar. No entanto, retornou às águas para o Rio 2016 e, aos 31 anos, levou cindo ouro e uma prata para casa.

Michael Phelps é o maior medalhista na história das Olimpíadas
Michael Phelps é o maior medalhista na história das Olimpíadas – Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Qual o maior brasileiro medalhista na história das Olimpíadas?

O Brasil também já se deu bem no pódio das Olímpiadas e coleciona campeões. Os maiores medalhistas do Brasil são os velejadores Robert Scheidt (5 medalhas – 2 de ouro, 2 pratas e 1 de bronze), mas também Torben Grael (5 medalhas – 2 de ouro, uma de prata e 2 de bronze).

Scheidt possui ouros em Atlanta (1996) e Atenas (2004). Já suas pratas foram conquistadas em Sidney (2000) e Pequim (2008), enquanto o Bronze veio em Londres (2012).Já Torben Grael tem ouro em Atenas (2004) e Atlanta (1996), bronze em Seul (1988) em Seul e em Sydney (2000) e uma prata em Los Angeles (1984).

De acordo com o Comitê Olímpico Brasileiro as modalidades brasileiras com mais medalhas na história dos Jogos Olímpicos são: Judô (22), Vela (18), Atletismo (17), Natação (14), Vôlei de praia (13) e Vôlei (10).

Robert Scheidt é o maior medalhista brasileiro nas Olímpiadas e compete na vela
Robert Scheidt é o maior medalhista brasileiro nas Olímpiadas e compete então na vela – Foto: Divulgação/COB

Na última edição dos Jogos Olímpicos, o Brasil conquistou seu recorde de medalhas de ouro até então. Em casa, no Rio de Janeiro, os anfitriões ficaram com sete ouros.

*As informações do texto foram retiradas do Comitê Olímpico Internacional (COI) e Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Leia também

+ Sorteio dos grupos de futebol das Olimpíadas 2021; veja onde assistir

+ Olimpíadas de Tóquio 2021 terá código de conduta

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes