Empréstimo para negativado vale a pena? Saiba como funciona

Se você está com o nome sujo, saiba que há muitas alternativas no mercado para acertar a situação

Uma das alternativas para quem está com o nome sujo é o empréstimo para negativado, mas ela não é a única. Dá para negociar ou esperar boas oportunidades de acordo.

0 98

Ficar com o nome sujo pode causar grande dor de cabeça. Por isso vale a pena tentar um acordo com a empresa para quem você deve assim que possível. Uma das alternativas para quitar a dívida é pegar um empréstimo para negativado. Essa modalidade existe, mas não é para todo mundo. Vamos explicar. 

Para começar, quem está devendo encontra uma série de possibilidades para ficar com o nome limpo. Além dos feirões de empresas como a Serasa, muitas fintechs como a Bx Blue, a Bom Pra Crédito e a QuiteJá permitem empréstimos e negociações online. Tudo muito rápido e sem a necessidade de intermediação. 

Acontece que quem está com o nome sujo nem sempre encontra tantas facilidades. Afinal de contas, todo empréstimo precisa de alguma forma de garantia, mesmo que seja um histórico de bom pagador.

 

E como funciona o empréstimo para negativado?

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dessa forma, o empréstimo para negativado costuma ser como um crédito consignado. Ele normalmente é concedido só para grupos específicos. Entre eles: servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS, militares das Forças Armadas e funcionários de empresas privadas. 

Na Bom Pra Crédito, por exemplo, tanto a linha de crédito consignado público quanto a de crédito INSS estão disponíveis para quem precisa de empréstimo e está com o nome sujo.

O fato é que quando a pessoa está trabalhando e o débito é descontado direto do salário, acaba se tornando mais fácil conseguir empréstimo para negativado. Mas cada caso é um caso e vale a pena pesquisar o mercado. 

Em alguns lugares, outros tipos de garantia podem ser dadas, como um carro ou uma casa. Esses empréstimos costumam, inclusive, ter taxas menores que os tradicionais. Pesquise especialmente entre fintechs de crédito.

empréstimo para negativado
Imagem: Reprodução / Unsplash

Cuidado para não cair em armadilhas

 

Um ponto para quem está com o nome sujo é atenção às tentativas de fraude. O Serasa eCred, por exemplo, deixa claro que não pede depósitos adiantados. Desconfie de soluções milagrosas e conheça o custo efetivo total do empréstimo para negativado. 

Além disso, caso a oferta ainda não se enquadre em seu orçamento, vale a pena organizar as contas antes para poder negociar depois. Para isso, é fundamental conhecer receitas e despesas e gastar menos que os ganhos.

Além disso, é importante cortar gastos desnecessários ou substituir despesas maiores por menores, como uma conta de celular.

 

Negocie e aproveite feirões

 

E se a opção de empréstimo para negativado não for para você, fique atento aos feirões e às ofertas de negociação. Recentemente, a Serasa disponibilizou a quitação de várias dívidas pelo valor de R$ 100. Dependendo do caso, pode valer a pena esperar um pouco e negociar. 

Como já dissemos, também compare as opções oferecidas pelas fintechs de crédito. Elas normalmente estão associadas às empresas e funcionam como uma ferramenta eficaz para quem quer fazer um acordo. 

Na Acordo Certo por exemplo, de janeiro a julho houve mais de 1,5 milhão de renegociações, mostrando que as pessoas continuam preocupadas em quitar dívidas e limpar o nome.

“Ninguém gosta de ficar inadimplente, mas é natural que com o orçamento apertado, seja preciso priorizar algumas contas mais urgentes e compra de comida”, pontua Thales Becker, CMO da Acordo Certo.

 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes