Menos conhecidas de investidores, as small caps dão bom retorno

Com volume negociado menor, as small caps podem ter valorização acima das companhias mais conhecidas na bolsa

Em um mercado de ações que a atenção dos investidores se volta aos papeis de empresas mais conhecidas existem outras em menor evidência ou até mesmo desconhecidas dos investidores, cujas ações são, em geral, pouco negociadas. São as small caps, que apesar disso não são menos rentáveis.

Levantamento feito pelo Yubb (https://yubb.com.br), buscador de investimentos, aponta que as ações da empresa de cashback e cupons de desconto Méliuz são as mais valorizadas dentre as empresas que compõem o índice Small Cap (SMILL). Com valorização de 160,72% no ano, até 7 de maio, o ticker, sigla pela qual os papeis das empresas são negociados na bolsa, da Méliuz é CASH3, aparece no topo das 20 ações small caps com melhor desempenho em 2021.

Confira o ranking:

Posição              Empresa                 Ticker                       Valorização (%)*

1º                       Méliuz                        CASH3                          160,72

2º                       Ferbasa                      FESA4                           122,34

3º                       Positivo Tec             POSI3                            118,80

4º                       SLC Agrícola           SLCE3                               94,52

5º                       Embraer                    EMBR3                            91,98

6º                       Banco Pan                BPAN4                             91,79

7º                       Inds Romi                 ROMI3                             90,64

8º                      Portobello                 PTBL3                              82,46

9º                      Cia Hering                 HGTX3                            66,86

10º                    Taurus Armas         TASA4                              66,77

11º                    Unipar                        UNIP6                              59,39

12º                    Irani                             RANI3                              57,21

13º                    Wiz AS                       WIZS3                             52,78

14º                    Mills                            MILS3                              49,59

15º                    Gerdau Met           GOAU4                           44,80

16º                    Santos Brp              STBP3                             41,14

17º                    Brasilagro                AGRO3                           39,60

18º                    Petrorio                    PRIO3                             36,84

19º                    Marfrig                     MRFG3                           36,18

20º                   Simpar                         SIMH3                            32,55

*   Variação no ano, até 7 de maio

Bernardo Pascowitch, fundador do Yubb, explica o sucesso da companhia. “A Méliuz é uma das empresas que popularizaram novamente o cashback, iniciativa que permite ao consumidor resgatar em dinheiro parte do valor que gastou. Esse recurso ganhou ainda mais força com o aumento das compras online, que cresceram com as restrições da pandemia.

Além disso, a Méliuz anunciou no início de maio a aquisição da fintech Acesso Bank, especializada em soluções de pagamento e banking as a service. Todas essas medidas foram bem vistas pelo mercado e impactaram positivamente o desempenho das ações da companhia.”

Maiores ganhos entre as small caps

Primeiro lugar em 2020 como a small cap com melhor desempenho, a Taurus Armas segue no ranking em 2021, mas em posição mais modesta, o 10º lugar, por causa de instabilidades políticas sobre seu mercado. “No ano passado, a Taurus anunciou um investimento de R$ 110 milhões em sua fábrica do Rio Grande do Sul para ampliar a capacidade de produção.

Essa medida considerou ações do governo federal que visaram à redução fiscal e a facilidade de acesso ao mercado armamentista. Entretanto, em 1º de abril deste ano, o STF suspendeu trechos do decreto de armas, o que impactou diretamente as ações.”

O ranking das maiores baixas teve na ponta, com desvalorização de 37,06%, as ações do Pão de Açúcar, de acordo com o levantamento feito pelo Yubb. Em segundo ficou a Light, com queda de 28,63%.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes