Conheça 4 opções de cartão de crédito para quem está negativado

Está negativado e quer adquirir um cartão de crédito? Reunimos quatro alternativas da modalidade consignado.

Está negativado e quer adquirir um cartão de crédito? Reunimos quatro alternativas da modalidade consignado, em que parte da fatura é descontada da folha de pagamento do titular do cartão. Dessa forma, é necessário cuidado para não deixar de pagar novas dívidas e considerar se planejar financeiramente para quitar as pendências anteriores.

1. Cartão de crédito Caixa Simples

Em princípio, o cartão de crédito Caixa Simples se destina a aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Trata-se de um cartão consignado, ou seja, o valor das faturas se desconta diretamente do salário ou beneficio do dono. A margem desses descontos não pode ultrapassar 5% da renda mensal.

Portanto, há menores riscos da pessoa deixar de pagar, o que faz com que as taxas de juros sejam mais atrativas. O próprio site da Caixa, sugere que essa opção pode ser utilizada para pagar outras dívidas com juros maiores. Veja mais características desse cartão:

  • Não há anuidade;
  • É preciso pagar R$ 15 para emitir o cartão, o que pode se parcelar em até três vezes;
  • Não há consulta ao Serasa ou SPC;
  • A taxa de juros é de 2,70% ao mês para o uso do rotativo.

2. Bmg Card

Outra opção de cartão de crédito para negativados é o Bmg Card. Sendo assim, ao solicitá-lo não há consulta ao SPC ou Serasa. Também faz parte da modalidade dos consignados, sendo exclusivo para aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos.

Para adquirir o cartão é necessário abrir uma conta no Banco BMG, o que pode ser feito pela internet. Bastando informar dados pessoais, além de enviar foto do rosto, do documento de identidade e de um comprovante de residência. Então, após a análise, o cliente recebe o cartão em casa.

3. Cartão consignado Banco Inter

Em seguida, o Banco Inter também oferece cartão de crédito para negativados, na modalidade de consignado. Não há cobrança de anuidade, o pagamento mínimo da fatura é descontado do salário e é possível sacar até 90% do limite.

A margem consignável é de 5 a 10% do limite do cartão, a depender do seu convênio. Desse modo, é ela que será descontada da folha de pagamento. Caso a fatura do cliente seja maior que esse mínimo, ele precisará pagar o valor restante.

Além disso, é preciso verificar quais são as empresas e convênios associados ao banco. Por exemplo, em relação a servidores públicos estaduais, só podem solicitar aqueles de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

4. Cartão Consignado Banco Pan

O Banco Pan oferece o cartão consignado para aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos federais, estaduais e municipais. Ao passo que, o limite pode chegar a até duas vezes o valor do salário e não há cobrança de anuidade.

Para solicitar, pode-se fazer uma simulação no site do banco. Se a proposta agradar, é possível aceitar e depois fornecer os dados pedidos. Então o cartão é entregue em residência.

Bônus: Cartões pré-pagos

Além dos cartões de crédito consignados, pessoas com o nome negativado podem considerar utilizar cartões pré-pagos. Diferente das alternativas apresentadas anteriormente, trabalhadores de empresa privada e autônomos, por exemplo, podem usar.

Nesse tipo de cartão, a pessoa é quem coloca uma quantia e vai utilizando até esse valor acabar. Pode-se recarregar quando quiser e não é possível optar por parcelamentos. Ele pode ser útil em compras online que exijam o cadastro de um cartão de crédito, bem como na assinatura de serviços de streaming.

Homem usando cartão de crédito em frente ao notebook
Fonte: freepik

Como consultar se está com nome sujo?

Empresas de proteção ao crédito costumam enviar uma carta avisando a pessoa que seu nome entrará no cadastro dos negativados. Mas também é possível verificar isso pela internet, nos site das instituições Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) e Serasa Experian. Nessas duas últimas a consulta é gratuita, bastando apenas realizar um cadastro informando itens como email, nome completo e data de nascimento; além do próprio CPF.

Ademais, também é possível visualizar o score de crédito, que se trata de uma pontuação atribuída ao consumidor de acordo com o seu comportamento em relação a pagamentos. As notas vão de 0 a 1000. Quanto mais alto, mais provável que a pessoa arque com seus compromissos em dia. A saber, os bancos avaliam esses números no momento de concessão de crédito.

Você pode gostar também