Fraude na loteria: conheça 4 histórias inacreditáveis

Conheças 4 casos inacreditáveis de fraudes cometidas por pessoas que foram longe demais ao tentar a sorte. Um deles aconteceu no Brasil e é considerado o maior golpe já aplicado na Mega Sena.

0 6.604

Não é todo dia que vemos fraude na loteria, afinal parece algo quase impossível acontecer devido à alta segurança.

Porém, algumas pessoas resolveram levar o sonho de ganhar alguns milhões até as últimas consequências. Eles não queriam contar tanto com a sorte e deram seus “jeitinhos” para fraudar o sistema. 

As histórias são inacreditáveis. Algumas chegam a surpreender pela ousadia e também pela criatividade. 

 

Histórias de fraude na loteria

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Golpes, bilhetes falsos e até mesmo “investimentos”, as histórias de fraude na loteria são tão ousadas que chegam a lembrar roteiros de filmes. No entanto, são muito reais.

Inclusive, uma delas aconteceu no Brasil há alguns anos e entrou para a história como um dos maiores golpes do país.

 

fraude na loteria mega sena
Imagem: Reprodução

Quadrilha deu golpe de 73 milhões na mega sena

Em um esquema que mais parece operação de filme, esse crime rendeu à Caixa Federal o maior golpe já recebido.

Um homem chamado Ernesto Vieira de Carvalho Neto, suplente de deputado federal, aplicou um golpe na agência da Caixa de Tocantins.

Primeiro, ele apareceu na agência e disse que tinha ganhado na Mega Sena.  Até mesmo o gerente, que estava de férias, compareceu na agência para fazer a transferência. 

Isso porque somente o gerente tem acesso a uma senha especial para transferir uma quantia tão alta.

Além da senha, ele precisava também de um código que há no bilhete. Contudo, Ernesto não apresentou o bilhete e mesmo assim retirou a bolada.

De acordo com as a polícia, ele afirmou que mostraria o bilhete depois, o que é contra as regras do banco. Além disso, a quadrilha usou laranjas para conseguir documentos e comprovante de residência.

O golpe foi descoberto seis dias depois. Nesse meio tempo, a investigação descobriu também que as câmeras internas e externas não estavam funcionando no dia. Isso aumentou ainda mais a desconfiança. 

A Caixa Federal demitiu o gerente e ele foi preso. Logo depois, Ernesto também foi preso. Além disso, o banco conseguiu recuperar R$ 63 milhões.

 

Edward Putnam sacou 2 milhões de libras com bilhete falso 

Edward Putman conseguiu aplicar uma fraude na loteria do Reino Unido de nada menos que 2 milhões de libras.

De acordo com as investigações, ele contou com a ajuda de Giles Knibbs, que trabalhava no departamento de detecção de fraudes da empresa de Watford e sabia como trapacear o sistema.

O tribunal apurou que Knibbs estava trabalhando tarde da noite durante seu tempo em Camelot. Foi quando ele viu um documento sendo impresso.

Os papéis continham detalhes de grandes premiações que ainda não haviam sido reivindicadas.

Com isso, o especialista em TI, Knibbs, criou 100 bilhetes, todos com os números vencedores de um pote não reclamado. Então Putman se encarregou de levar diferentes bilhetes para 29 lojas até conseguir aplicar o golpe em uma delas.

A fraude só foi descoberta após o suicídio de Knibbs em 2015.

 

fraude na loteria
Imagem: Reprodução / Alejandro Garay

Eddie Tipton construiu um gerador de números aleatórios

Em 2017, Eddie Raymond Tipton, ex-diretor de segurança da informação Multi-State Lottery Association (MUSL), montou um gerador de números aleatórios.

De acordo com as investigações, Tipton e mais duas pessoas usaram o contador em vários casos de fraude contra loterias estaduais.

Durante seu julgamento, os promotores o acusaram de  manipular sorteios usando o seu acesso privilegiado a uma instalação da MUSL e instalar um software espião no computador que contém os geradores de números das loterias. 

Posteriormente, ele tentou reivindicar um bilhete premiado com a sequência manipulada de forma anônima. 

Ele foi condenado em outubro de 2015 a 25 anos de prisão. Segundo as informações do processo, Tipton e seu irmão chegaram a ganhar prêmio de 14,3 milhões de dólares com esse esquema.

 

Seguro Ndabene: o homem que ganhou na loteria 5 vezes

Em último lugar, uma história de sorte. Isso porque Seguro Ndabene, um homem que vivia no interior do Canadá, viu a loteria como uma oportunidade perfeita de fazer investimentos.

Enquanto alguns veem as apostas apenas como uma forma de perder dinheiro, ele viu aí a oportunidade de enriquecer.

Durante anos, Ndabene comprou bilhetes de loteria semanalmente. Até que em 2004, ele ganhou 1 milhão de dólares. Apenas dois anos depois, faturou mais 100 mil. Já em 2008, ele ganhou dois prêmios: o primeiro de 50 mil dólares e outro de 1 milhão.

Porém, os ganhos não pararam por aí. Apenas um ano depois, em 2009, o homem ganhou 17 de milhões de dólares. A sorte foi tanta que gerou desconfiança e Ndabene foi investigado à exaustão.

Finalmente, ele teve que provar na justiça que era um investidor de sorte, e não um fraudador.

 

Você também vai gostar de ler:

Informar Erro
Fonte g1 The Sun

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes