Melhores corretoras 2020: saiba onde colocar seu dinheiro

Para escolher uma corretora de valores é preciso levar em conta fatores como custos de operação, facilidade de navegação e qualidade do atendimento.

Para escolher as melhores corretoras de valores em 2020, é preciso levar em conta fatores como custos de operação, facilidade de navegação e qualidade do atendimento. São diversas as opções disponíveis. A saber, são 90 corretoras cadastradas na B3, bolsa de valores brasileira. O investidor deve fazer sua decisão com segurança, pois a empresa em questão acompanhará a sua jornada de aplicações.

O que são corretoras de valores?

As corretoras de valores são organizações focadas em investimentos, oferecem um grande leque de opções para seus clientes. Para funcionarem é necessária autorização do Banco Central, além de serem fiscalizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Então, as corretoras atuam como intermediárias no processo de compra e venda de ativos. Oferecem itens como ações, títulos públicos e fundos de investimentos. Nota-se que bancos também oferecem investimentos, mas normalmente cobram taxas, oferecem ativos menos atrativos e em menor variedade. Bem como, corretoras não oferecem cartões de crédito ou empréstimos, como fazem os bancos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Existe uma grande variedade de corretoras de valores disponíveis, as quais podem ser independentes ou ligadas à bancos. No geral, o processo de abertura de conta é simples e pode ser feito pelo celular. Basta baixar o aplicativo da instituição, apresentar dados como CPF e RG, enviar foto do documento e foto do rosto. Após um tempo a corretora encaminha um contrato para validar a abertura.

Mulher usando o celular
É possível abrir conta pelo celular – melhores corretoras (Pixabay)

Como escolher as melhores corretoras 2020

Para definir as melhores corretoras, é recomendado avaliar cinco questões:

  1. Abertura de conta
  2. Usabilidade da plataforma
  3. Processo de investimento
  4. Avaliação do atendimento
  5. Custos e taxas

Como dito, o processo de abertura de conta em uma corretora costuma ser simples. Caso o investidor se depare com uma que exija mais burocracias, pode considerar escolher uma outra instituição. 

No geral, as maiores corretoras oferecem plataformas intuitivas; fáceis de entender e navegar. Contudo, vale pesquisar o site de algumas e verificar em qual se sente mais confortável. Haja vista que este será um ambiente visitado todos os meses. 

O processo de investimento também deve ser levado em conta, o qual se refere ao momento de escolha de um título até a sua compra. Ademais, a avaliação de atendimento é um ponto de destaque. Eventualmente, podem acontecer problemas técnicos na plataforma ou surgir dúvidas referentes às aplicações. Nessas situações, o cliente entra em contato com a corretora; a qualidade desta conversa é mais um item que pesa na escolha da instituição financeira. Um jeito simples de avaliar isso, é procurar pelo nome na empresa no site Reclame Aqui e verificar a pontuação e comentários. 

Além disso, é preciso verificar as taxas e custos. Existem dois valores básicos: taxa de corretagem e taxa de custódia. Muitas corretoras não cobram este último, que diz respeito à uma cobrança para manter os investimentos na plataforma. Já a taxa de corretagem é o preço da operação de compra e venda um ativo. No que tange à renda fixa, muitas empresas não cobram essa taxa, e algumas já estão zerando também para aplicações em renda variável. 

Há também a taxa para retirar o dinheiro da conta, em processos de TED, elas costumam ser baixas ou zeradas. 

Corretora de valores para pequenos investidores

Um dos principais fatores que o pequeno investidor deve avaliar para escolher sua corretora são os custos. Afinal, qualquer economia é bem vinda para quem investe pouco dinheiro.

Outro ponto interessante é o oferecimento de recursos extras pelas corretoras. Como por exemplo conteúdos de explicação sobre investimentos ou ferramenta de simulações. Isso pode ajudar quem está começando a investir. Algumas empresas oferecem também, equipes de assessoria de investimento, que tiram dúvidas e auxiliam nas aplicações.

Corretora de valores segura

Como citado anteriormente as corretoras devem estar cadastradas no BC, portanto é possível buscar pelo nome em questão no site da instituição Para se certificar se uma empresa é confiável, pode-se procurar por ela no site da CVM, que tem o papel de fiscalização.

Um adicional, é verificar se a mesma conta o selo para aplicações em renda fixa, o Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (Cetip).

Mercado de ações em tela de notebook - melhores corretoras 2020
Como escolher melhores corretoras 2020 (Pixabay)

Melhores corretoras 2020

Pesquisa do buscador de investimentos Yubb atualiza em tempo real lista de melhores corretoras de valores. Há recortes também de melhores bancos médios e bancos grandes. Além de trazerem a conclusão das cinco melhores empresas de investimento. Trata-se de um guia, no qual os usuários fazem avaliações.

CM Capital – melhor corretora 2020

De acordo com o ranking, atualmente é a melhor instituição financeira é a CM Capital com média geral de 4,70. A empresa possui sede na Espanha e começou a atuar no Brasil em 1998; no ano passado lançou a plataforma e.PLUS, destinada ao atendimento de pessoas físicas.

Para o Tesouro Direto, ações no mercado fracionário, fundos imobiliários e ETFs, não há custos. Já para opções que envolvem day trade (compra e venda de ativos no mesmo dia) e ações os valores variam de R$ 0,09 à R$ 1,99.

Órama

Em segundo lugar está a Órama (4,47), que foi criada em 2011 e já foi premiada pela Amazon Web Services.

Não cobra taxas para investimentos em renda fixa, Certificado de Operações Estruturadas (COE), previdência privada e fundos de investimento.No que tange às ações e opções, os valores ficam entre R$ 0,50 à R$ 6,90, em faixas por quantidade de ativos.

MyCAP

Assim sendo, em terceiro lugar está a MyCAP (4,46), tem sede em Londres e passou a operar no Brasil em 2009.

Não há taxa de corretagem para renda fixa, ETFs, fundos de investimento e imobiliários. Ademais, a corretora oferece planos de R$ 5 e R$ 10 com benefícios diferenciados.

Mirae Asset

A próxima é Mirae Asset (4,22), empresa sul-coreana foi fundada em 1997 e chegou aqui em 2008.

Em relação aos investimos na bolsa de valores, feitas pelo sistema home broker, há cobranças de R$ 0,26 à R$ 1,14.

Rico Investimentos

Por fim, está a Rico Investimentos (4,08), criada em 2011 e comprada em 2016 pela XP Investimentos.

Não são cobradas taxas de corretagem para renda fixa. No mercado de ações, os valores variam de R$ 1,90 à R$ 10.

Melhores corretoras, bancos médios e grandes (Yubb)

Além de melhores corretoras 2020, outras categorias

Já na categoria de melhor banco médio, o primeiro lugar está com Daycoval, cuja média geral é 4,49. Seguido por Banco Inter (4,36), Sofisa Direto (4,35), BMG Invest (4,24) e BTG Pactual Digital (4,22).

No que tange aos melhores grandes bancos para investimentos, as médias gerais são menores. Santander Corretora, em primeiro lugar, está com a pontuação de 3,21. Depois, vem o Itaú Corretora com 2,92. E então Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Bradesco Corretora , com 2,83, 2,39 e 2,28, respectivamente.

Melhores empresas de investimento

A CM Capital aparece novamente em primeiro, desta vez no ranking de melhores empresas de investimento. Em segundo lugar está a Órama. Seguida do banco digital NuBank, com média geral de 4,38, foi fundado em 2013. Depois vem a PoupaBrasil Investimentos (4,38), plataforma de digital que apresenta investimentos de financeiras, foi criada em 2015. Por último, em sexto lugar, está o BTG Pactual Digital, fundado em 1983.

Melhores empresas de investimento (Yubb)
Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes