Ácido Hialurônico: especialistas explicam sua ação na pele

O ácido hialurônico vem sendo utilizado na composição de cosméticos que prometem melhorar o aspecto da pele, deixando-a mais jovem e macia. Mas o que os especialistas têm a dizer sobre isso?

O DCI conversou com a Dra Cláudia Marçal, dermatologista e membro da SBD – Sociedade Brasileira de Dermatologia e com Maria Eugenia Ayres, farmacêutica responsável da Biotech Cosméticos, para desvendar tudo sobre o produto.

 

O que é o ácido hialurônico?

 

O ácido hialurônico é uma molécula de proteína e açúcar que faz parte da segunda camada da pele. Porém, sua produção diminui pouco a pouco a partir dos 35 anos, como explica a farmacêutica Maria Eugenia Ayres

- PUBLICIDADE -

“Com o avanço da idade, o ácido hialurônico diminui, diminuindo também a hidratação e elasticidade da derme. Então, a falta do ácido resulta em desidratação da pele. Assim se formam rugas, sulcos, pele parecida com pergaminho, descamativa, sem luminosidade e com tendência à flacidez”, complementa Cláudia Marçal.

Logo, os produtos com ácido hialurônico tentam repor as quantidades da substância suficientes para uma aparência jovem e bela.

 

Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Para que serve o ácido hialurônico?

 

Primeiramente, Cláudia Marçal explica que o ácido hialurônico pode ser usado de três maneiras diferentes. São elas: em cosméticos, no preenchimento facial e como uma hidratação injetável.

Nos cosméticos, sua principal ação é hidratante e anti-idade. “O ácido hialurônico age atraindo água para perto dele, daí a ação hidratante.” explica. Dessa forma, melhora o visual da pele. Também age suavizando rugas e outras marcas da idade.

Quando usado de forma injetável, a médica menciona seu uso na face, mãos e algumas regiões corporais, para reposição de volumes.

“No caso do preenchimento facial com ácido hialurônico, a substância completa o espaço entre as células. Em função da sua capacidade de atrair água para o local, ele melhora não só as rugas como também a hidratação da pele”, ensina. 

- PUBLICIDADE -

Além disso, Cláudia Marçal explica que usam-se composições diversas para atingir diferentes camadas da pele. Assim, a substância fica na superfície ou em camadas mais profundas de acordo com sua intensidade.

Segundo a especialista, o ácido age nas fibras de colágeno, tornando-as mais elásticas e macias. Essas fibras são responsáveis por manter a pele firme. Logo, seu bom estado previne os processos de envelhecimento.

 

Como usar

 

Maria Eugenia Ayres conta que o ácido hialurônico pode ser utilizado sobre a pele tanto como hidratante quanto para o tratamento de rugas finas e superficiais. “Além disso, age como volumizador, preenchendo depressões e sulcos mais profundos”, ensina.

Já Cláudia Marçal alerta para a importância de conversar com um médico para avaliar pessoalmente o seu caso. Assim, graças ao seu amplo conhecimento da substância, um dermatologista é o profissional certo para indicar o melhor produto de acordo com a necessidade da sua pele.

Ademais, a especialista explica que encontramos o ácido hialurônico em diversos tipos de produtos, como hidratantes e filtros solares. Porém, independente de seu veículo, devemos aplicá-los sempre com a pele bem limpa.

 

Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Cuidados

 

- PUBLICIDADE -

Antes de mais nada, é preciso observar algumas cuidados quanto ao uso, explica Cláudia Marçal. “No caso dos injetáveis, é contraindicado em pacientes com sensibilidade ao ácido hialurônico, doenças autoimunes, suscetibilidade à formação de queloide e diabete melito”, lista.

Além disso, a médica alerta que o ácido hialurônico deve ser evitado em mulheres grávidas ou lactantes.

Contudo, no caso do uso tópico em cosméticos, não há riscos. Porém, ela reforça a importância de consultar um dermatologista para escolher o produto ideal para sua pele. Assim você não corre o risco de usar algo que irá agredir a pele ou, ainda, de investir em um produto que não trará o efeito desejado.

 

Fontes:

Maria Eugenia Ayres é Graduada em Farmácia Industrial pela Faculdade Oswaldo Cruz com Pós-Graduação em Farmacologia Clínica. Também atua no Setor Magistral desde 2000 onde atualmente é Gestora Técnica da Biotec Dermocosméticos.

Dra. Cláudia Marçal é dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Professora e fundadora do Dermacademy MB, plataforma online de ensino a dermatologistas. Além disso, a médica é speaker Internacional da Lumenis. Também e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. Proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.

Comentários (0)
Comentar