Esfoliação caseira: saiba os seus benefícios e aprenda como fazer

Conte com um poderoso esfoliante natural para deixar a sua pele sempre viçosa, macia, bonita e saudável. Três receitas simples e acessíveis para você.

Um dos segredos de uma pele sempre viçosa, macia e bonita é contar com uma aliada poderosa: a esfoliação caseira. Como essa é uma dica que merece ser partilhada, a nossa missão é mostrar como fazer um esfoliante natural com ingredientes que você encontra na sua casa.

Com produtos simples e acessíveis, você estará não só beneficiando a sua pele como o seu bolso e o meio ambiente. Acompanhe e saiba tudo sobre a esfoliação caseira

Afinal o que é a esfoliação?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

o que é esfoliação caseira
Imagem: Reprodução / Instagram

 

A esfoliação é um tratamento que remove as células mortas da pele e estimula a produção de novas, ricas em colágeno que dão a ela um aspecto uniforme e saudável. Aliás, é um erro pensar que apenas a limpeza diária da pele é suficiente para retirar as células mortas.

Todos os dias nós eliminamos membranas celulares existentes na camada superior da pele, conhecida como extrato córneo. É como se as células mortas fossem uma poeira invisível aos olhos. 

Ao mesmo tempo em que isso acontece, a camada inferior da pele, chamada de extrato basal, não para de produzir novas células. É nesse momento que a esfoliação entra em campo, pois só ela é capaz de retirar as impurezas das células mortas. 

Segundo a dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Claudia Marçal, a esfoliação deixa a pele mais fina, macia e receptiva para uma hidratação.

 

Quais os benefícios da esfoliação caseira?

benefícios do esfoliante caseiro
Imagem: Reprodução / Unplash

 

Depois de entender o processo de “troca” de pele, chegou a hora de você saber os benefícios da esfoliação caseira na sua rotina de cuidados. Com certeza, uma das vantagens desse procedimento caseiro é que os seus ingredientes são simples e acessíveis. 

Açúcar, mel, aveia, óleo de coco. Sem dúvida você tem algum deles em casa. Aliás, saiba que ao optar pela esfoliação caseira, você colabora também com o meio ambiente. 

Atualmente, muitos esfoliantes industrializados possuem micropartículas de plástico, que de tão pequenos passam pelos sistemas de tratamento de esgoto e caem direto nos oceanos.

Então, que tal adotar meios alternativos? Mas antes de tudo você precisa tomar alguns cuidados. 

Os cuidados com o esfoliante natural

 

Segundo a dermatologista Claudia Marçal, é preciso ter cuidado com a esfoliação caseira, pois algumas receitas podem causar o ressecamento e alergia, além de manchar a pele em contato com o sol, dependendo do que for usado.

Um bom esfoliante deve ter partículas de pequeno ou médio tamanho, uniformes e de preferência de origem natural, explica a especialista. 

Claudia diz também que é sempre recomendado procurar antes um profissional que irá indicar quais produtos devem ser usados. Além disso, dependendo da sua necessidade, existem outros tratamentos mais avançados e com resultados bem eficazes, como lasers e os peelings com ácidos. 

 

Periodicidade

 

Para a esfoliação caseira, tudo vai depender do tipo de pele. Por exemplo, para peles muito oleosas, a esfoliação pode ser feita de duas a três vezes por semana, orienta Claudia. Já para as peles normais, uma vez na semana é suficiente.

Do contrário, o excesso do procedimento pode eliminar a camada responsável pela proteção da pele, deixá-la sensível e irritada. Você não quer isso, não é?

 

Aplicação

Outra orientação da dermatologista é utilizar o esfoliante de preferência à noite, após a higienização da pele. “O produto deve ser aplicado e massageado levemente com movimentos circulares, sem necessidade de esfregar de maneira abrupta”, conta.

Contraindicações

Além dos cuidados indicados pela dermatologista, ela explica que a pele seca não necessita de esfoliação no rosto. Claudia alerta também que o esfoliante não deve ser usado em pele sensibilizada, que acabou de passar por procedimentos com ácidos.

Receitas fáceis de esfoliante natural

Portanto, sem mais delongas você confere agora três receitas simples e fáceis de esfoliantes caseiros

Esfoliante natural com mel e açúcar

esfoliante com mel e açúcar
Imagem: Reprodução / Unplash

 

A esfoliação natural com mel e açúcar é indicada para todos os tipos de pele. Da mesma forma, ela é ótima para limpar e hidratar o rosto. 

 

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de mel 
  • 1 colher de sopa de açúcar (de preferência o mascavo. Não utilizar o cristalizado, pois ele é muito áspero)

Passo a passo

Para começar, misture bem os dois ingredientes em um recipiente. Em seguida, aplique no rosto e faça movimentos delicados e circulares, massageando por alguns minutos. Por fim, enxágue, lave com um sabonete indicado para o seu tipo de pele e passe um hidratante de sua preferência. 

Esfoliante com fubá, açúcar e óleo

A esfoliação com fubá, açúcar e óleo também é uma boa opção, principalmente para peles oleosas. Além disso, essa receita pode ser usada para as regiões mais ressecadas do corpo, como cotovelos, joelhos e calcanhares. 

 

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de açúcar 
  • 1 colher de sopa de fubá 
  • 3 colheres de sopa de óleo vegetal de sua preferência (azeite de oliva, óleo de coco). Dica: para utilizar o esfoliante no corpo, aumente as proporções. 

Passo a passo

Primeiro, misture todos os ingredientes em um recipiente e aplique no rosto fazendo movimentos delicados e circulares. Depois, remova o esfoliante com água fria e seque a pele com uma toalha. 

Bem como para o corpo, faça a esfoliação durante o banho, massageando a pele com movimentos circulares. Enfim, enxágue com água morna, pois ela facilita a remoção do creme natural. 

 

Esfoliante natural com café, açúcar e óleo de jojoba

esfoliante natural com oleo de coco
Imagem: Reprodução / Unplash

 

Essa esfoliação caseira é ideal para peles acnéicas e sensíveis. Além disso, ao contrário de outras receitas que indicam o uso da borra de café, a que você confere a abaixo leva o pó de café. 

 

Ingredientes

  • 2 colheres de chá de óleo de jojoba
  • 2 colheres de chá de pó de café bem fino
  • 1 colher de chá de açúcar mascavo

 

Passo a passo

Antes de tudo, misture todos os ingredientes em um recipiente. Dê preferência ao óleo de jojoba, que não é comedogênico. Em seguida, aplique no rosto e faça movimentos delicados e circulares por alguns minutos.

Por fim, enxágue o rosto com água fria e seque o rosto. Passe um hidratante de sua preferência. 

 

Fonte: Claudia Marçal, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes