Guia low poo: o que você precisa saber sobre a técnica

O método, que aposta em produtos mais delicados para cuidar da saúde dos cabelos, é especialmente indicado para fios cacheados.

Você sabe o que significa low poo? O termo é a junção da palavra inglesa “low” (que significa pouco) e “poo” (que deriva de shampoo). O princípio dessa técnica é simples: reduzir a quantidade de shampoo usada na lavagem dos cabelos e, por consequência, de substâncias agressivas aos fios.

A cabeça por trás dessa ideia pertence à Lorraine Massey, que escreveu O Manual da Garota Cacheada. Seu objetivo era desenvolver uma rotina de cuidados com os cabelos cacheados que fosse, ao mesmo tempo, rápida e com bons resultados. Afinal, esse tipo de fio costuma exigir mais atenção. Além do livro, Lorraine lançou também uma linha própria de produtos, a Deva Curl.

Mas vale dizer que o low poo não é exclusividade das cacheadas. Se você quer deixar seu cabelo mais saudável, além de investir em vitaminas e hidratações caseiras, pode começar a utilizar esse método de lavagem. A técnica garante fios mais fortes e leves. Enquanto isso, os cachos ficam mais definidos e hidratados.

 

Para que serve a técnica low poo?

low poo para os cabelos
Foto: Reprodução

O grande segredo do low poo é, sem dúvida, o fato de permitir o uso de produtos apenas com baixa concentração de sulfato. Esse ingrediente aparece com frequência na composição dos shampoos porque tem alto poder de limpeza. Além disso, é responsável pela produção de espuma.

Porém, em excesso, o sulfato altera o pH da fibra capilar, danificando o cabelo. Ele fica ressecado, quebradiço e sem brilho. Na técnica low poo, entretanto, os produtos liberados têm baixa ou nenhuma quantidade dessa substância (ou usam versões mais leves), mas ainda são capazes de limpar tanto os fios quanto o couro cabeludo.

Isso é ótimo principalmente para cabelos que passam por processos químicos, como coloração e alisamentos, por exemplo.

Já no caso dos cabelos cacheados, o formato curvilíneo impede que a oleosidade natural caminhe ao longo de todo o comprimento. Assim, é comum que as pontas fiquem ressecadas e os fios com frizz. Como o low poo reduz o uso do shampoo e aceita somente produtos sem sulfato, os óleos naturais podem fazer o seu trabalho e manter o cabelo mais saudável e bonito.

A técnica ajuda também quem lava os cabelos com frequência, sofre com sensibilidade no couro cabeludo ou passou por transplante capilar.

Por outro lado, pessoas com cabelos oleosos precisam ter mais atenção, já que o low poo pode piorar a condição e causar o surgimento de caspa. O método não costuma ser indicado para quem lida com problemas como dermatite seborreica. Em todo caso, o ideal é sempre consultar um dermatologista antes de iniciar essa ou qualquer outra técnica.

 

O que é liberado no low poo?

 

O objetivo desse método é fugir de componentes como lauril sulfato de sódio, sulfossuccinato de sódio e derivados do petróleo. Esses últimos formam uma película que envolve os fios e que, ao longo do tempo, impede que o cabelo receba os nutrientes de que precisa.

Então, fique de olho no rótulo de shampoos e condicionadores e atenção para itens como óleo mineral, parafina líquida e vaselina, por exemplo.

No mercado, há várias opções de produtos desenvolvidos especificamente para o low poo, mas você pode também adotar uma versão caseira da técnica. Para isso, use shampoo e condicionador sem ingredientes agressivos na fórmula e dilua em água (use a mesma quantidade de produto e água para essa mistura).

 

Nas prateleiras

 

Confira agora uma lista de produtos que você pode usar sem medo na técnica low poo.

A linha Botica Cachos, da BioExtratus, é feita com ingredientes naturais, como óleos vegetais, que ajudam a hidratar e nutrir os fios.

O shampoo Curly Wurly Low Poo, da Lola Cosmetics, é específico para quem tem cabelos ondulados e cacheados. Contém óleo de coco e vinagre balsâmico na fórmula para uma hidratação profunda e selamento das cutículas.

O shampoo Match Respeito aos Cachos, do Boticário, apresenta ativos de recuperação e manutenção dos cachos, como colágeno vegetal e manteiga de karité.

Indicado para cabelos cacheados, ondulados e com raiz oleosa, o shampoo Low-Poo Original, da Deva Curl, produz menos espuma e combate o acúmulo de sujeira sem danificar os fios.  Tem ainda efeito adstringente e conta com o poder de hidratação da carambola e da manga.

Com informações da Revista Claudia.

Informar Erro

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes