Carteira recomendada da semana: ações da Vale e Magalu se destacam

Nas carteiras recomendadas desta semana ações da Magazine Luiza e da Vale tiveram três indicações. Confira as recomendações de cinco corretoras separadas pelo Jornal DCI

Nas carteiras recomendadas dessa semana destacam-se ações da Magazine Luiza e da Vale. Elas contaram com três indicações dentre as carteiras semanais monitoradas. Nota-se ainda ativos da Cosan, Indústrias Romi e Via Varejo. As quais tiveram duas indicações.

A saber, as corretoras separadas são: Ativa Investimentos, Guide Investimentos Mirae Asset, MyCap Investimentos e Terra Investimentos. Suas sugestões valem até o dia 23 de outubro, sexta-feira.

Nesse sentido, uma carteira recomendada nada mais é do que um conjunto de ativos sugeridos para um investidor. Nas carteiras semanais de ações são indicados papéis considerados potenciais ao longo desse período.

Cosan – carteira semanal

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em princípio, as ações da Cosan estão nas carteiras semanais da Guide Investimentos e da Mirae Asset. O grupo investe em agronegócio, distribuição de combustíveis, energia e logística. É dono das companhias Raízen, Compass Gás e Energia, Moove e Rumo.

O relatório da Mirae Asset aponta que a empresa teve bom resultado no segundo trimestre do ano, o qual está relacionado principalmente à Raízen Energia. A corretora espera melhor desempenho da Raízen Combustíveis e da Comgás.

A Guide Investimentos, por sua vez, destaca que o ramo de distribuição de gás o cenário segue positivo. “Os ganhos de escala e melhoria na eficiência da operação segue gerando frutos e acreditamos que a Comgás seguirá com uma das principais operações da Cosan, com geração de caixa elevada” diz o texto.

Indústrias Romi

Em seguida, papéis da Indústrias Romi foram recomendados pelas corretoras Ativa Investimentos e Mirae Asset. A empresa atua no fornecimento de bens de consumo em geral, máquinas e implementos agrícolas, e equipamentos industriais.

A Mirae Asset afirma que a empresa apresentou resultados acima das expectativas para o segundo trimestre do ano. “A carteira de pedidos mostrou ligeiro aumento, mas esperamos recuperação mais significativa ao longo do 2S20 [segundo semestre de 2020]”. diz o texto.

Magazine Luiza

Já as ações da Magazine Luiza foram indicadas pela Mirae Asset, Ativa e MyCap Investimentos. A varejista de eletrônicos e móveis, conta com mais de 1000 lojas físicas distribuídas em 21 estados do país. Além disso, tem uma forte atuação e-commerce.

A MyCap aponta que o ativo “sugere continuidade do rali de alta”. Ao passo que o texto da Mirae Asset indica que “a base de clientes no seu e-commerce continua surpreendendo positivamente pelo crescimento” bem como seu resultado operacional.

Vale

Papéis da Vale estão na carteira recomendada da Mirae Asset, Ativa e Guide Investimentos. Trata-se de uma das maiores empresas de mineração do mundo, bem como a maior produtora de minério de ferro, pelotas e níquel.

O relatório da Guide aponta que “os preços de minério continuam em patamares elevados (fruto da menor oferta no mercado), enquanto a empresa negocia a múltiplos descontados”. Já o texto da Mirae presume que “se mantida a política definida antes do colapso de Brumadinho a Vale será a partir do próximo ano um destaque entre as empresas que pagam dividendos extraordinários em nosso mercado acionário”.

Via Varejo

Ações da Via Varejo fazem parte das carteiras recomendadas da Mirae Asset e da Terra Investimentos. A empresa administra as Casas Bahia e o Pontofrio, duas varejistas brasileiras do ramo de eletroeletrônicos e móveis. Assim como, é responsável pela fábrica de móveis Bartira e pela plataforma de e-commerce do Extra.

Segundo a Mirae Asset, a empresa teve resultado superior ao esperado no segundo trimestre do ano, contando com crescimento nas venda online. “A empresa vem conseguindo fazer o seu dever de casa, aumentando as vendas online e melhorando cada vez mais o seu aplicativo/site, para recuperar o espaço perdido no passado para as concorrentes” diz o texto.

Veja então as carteiras recomendadas das cinco corretoras monitoradas. Bem como, suas modificações.

Mercado de ações.
Foto: Freepik

Ativa Investimentos – carteira recomendada

A Ativa Investimentos fez duas modificações em sua carteira semanal. Dessa maneira, saíram ações do Bradesco e da Anima Educação, para dar espaço a papéis das Indústrias Romi e da Even.

  • Vale (VALE3)
  • Indústrias Romi (ROMI3)
  • RaiaDrogasil (RADL3)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Even (EVEN3)

Guide Investimentos

Em seguida, a Guide Investimentos registrou três mudanças. Saíram papéis da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Locaweb e Natura. E entraram ativos da Cosan, Movida e Vale.

  • B2W (BTOW3)
  • Cosan (CSAN3)
  • Lojas Quero-Quero (LJQQ3)
  • Movida (MOVI3)
  • Vale (VALE3)

Mirae Asset

Então, a Mirae Asset não fez mudanças na sua carteira semanal.

  • Cosan (CSAN3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Indústrias Romi (ROMI3)
  • Iochpe-Maxion (MYPK3)
  • Klabin (KLBN11)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Randon (RAPT4)
  • Vale (VALE3)
  • Via Varejo (VVAR3)
  • WEG (WEGE3)

MyCap Investimentos

Na carteira da semana da MyCap Investimentos houve três modificações. Ativos da B3, Banco do Brasil e EZTEC foram retirados.  Sendo assim, ações da Perdigão, Vulcabras Azaleia e Direcional Engenharia foram adicionadas.

  • Perdigão (BRFS3)
  • Camil Alimentos (CAML3)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Vulcabras Azaleia (VULC3)
  • Direcional Engenharia (DIRR3)

Terra investimentos – carteira recomendada

Por fim, a Terra Investimentos não modificou sua carteira recomendada.

  • MRV (MRVE3)
  • TIM (TIMP3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Via Varejo (VVAR3)
  • Iguatemi (IGTA3)

 

Informar Erro
Siga-nos no 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes