XP lança ETF a partir de R$ 10 que segue bolsa americana

ETF Nasdaq 100, o primeiro em uma bolsa da América Latina, é resultado de um acordo da XP com a americana Nasdaq

A XP Inc lançou, na segunda-feira, 24, o primeiro ETF Nasdaq 100 em uma bolsa da América Latina. A novidade permite o investimento em um dos índices de tecnologia mais conhecidos do mundo.

O investidor encontrará o Trend ETF Nasdaq 100 Index Investment Fund (NASD11) nas plataformas da XP e Rico e, com valor mínimo de R$ 10, terá a oportunidade de investir nas empresas mais inovadoras do mundo.

O ETF Nasdaq 100 é resultado de um acordo da XP com a americana Nasdaq que possibilita ao investidor brasileiro aplicar em fundo que acompanha uma carteira teórica das 100 maiores companhias não financeiras de base tecnológica da bolsa eletrônica.

O especialista em fundos internacionais da XP, Fabiano Cintra, diz que “o lançamento do primeiro ETF Nasdaq-100 no Brasil é um marco para a XP, pois reforça nosso compromisso em democratizar os ETFs no País e conectar nossos clientes às melhores oportunidades de investimento no mundo todo”.

O novo produto reúne as empresas que adotam a inovação para desenvolver vantagens competitivas, com grandes disrupções, que fazem parte de diversos setores como varejo e assistência médica. Desde sua criação, há mais de 35 anos, o Nasdaq-100 é o índice que mais cresce em capitalização em termos globais, superando até mesmo o S&P 500.

Investimento em ETF

O ETF (Exchange Traded Fund) é um fundo que replica a variação de um índice e suas cotas são negociadas em bolsa de valores. No Brasil, as cotas do Nasdaq-100 serão negociadas na B3, com o ticker NASD11.

De acordo com a XP, o produto será oferecido a investidores de todos os perfis, incluindo os de varejo, com investimento mínimo de R$ 10 e cobrança de uma taxa de administração de 0,3%. O rendimento do ETF do Nasdaq virá da valorização das cotas e também da variação do dólar.

Quem investir na compra de cotas desse fundo incorpora na carteira algumas das empresas de tecnologia mais conhecidas do mundo, como as gigantes Apple, Microsoft, Alphabet (controladora da Google), Intel e Facebook, além de outras que se posicionam na vanguarda da inovação de outros setores, principalmente industrial, como Moderna, Zoom, Mercado Livre e Peloton.

Embora referenciado em ações de companhias de alta tecnologia e da vanguarda da inovação, o Nasdaq-100 carrega na carteira diversos outros papéis, como os de companhias de setores como serviços, consumo, varejo eletrônico, financeiro, saúde e telecomunicações.

O novo ETF faz parte da família Trend da XP, que reúne produtos de investimento indexados lançados pela plataforma digital.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes