Eleições 2020: saiba as medidas de proteção contra a Covid-19

Além do horário de votação ter sido expandido, o TSE cancelou o uso da biometria

O primeiro turno das Eleições 2020 acontece, no domingo (15 de novembro). Em meio à pandemia, a preocupação nesse momento é evitar ao máximo as chances de contaminação entre os eleitores e aqueles que trabalharão.

Pensando nisso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), junto com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), Hospital Israelita Albert Einstein e o Hospital Sírio Libanês, elaborou um plano de segurança sanitária para as Eleições 2020. O plano apresenta medidas específicas a serem adotadas pelos mesários e eleitores, a fim de reduzir o risco de contágio da Covid-19 e aumentar a segurança sanitária durante todo o processo de votação.

Confira o plano completo aqui.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Eleições 2020: Qual o horário da votação? 

Com o plano de segurança, a eleição teve o horário de votação ampliado, das 7h às 17h, sendo o período das 7h às 10h preferencial para eleitores com idade acima de 60 anos.

Sem biometria

Para evitar filas e aglomerações, a identificação biométrica, que aumenta o tempo em que o eleitor passa dentro da seção eleitoral, será desabilitada, sendo substituída pela apresentação de documento oficial com foto e assinatura no caderno de votação.

Eleições 2020: Álcool em gel

A Justiça Eleitoral fornecerá condições para a higienização frequente das mãos com álcool em gel, de modo a garantir a descontaminação antes e depois do contato com o teclado da urna eletrônica e com outros objetos e superfícies.

Quais são os deveres do eleitor?

  • Cada eleitor deve higienizar as mãos antes e depois de votar. Será disponibilizado álcool em gel em todas as seções eleitorais;
  • Uso obrigatório de máscaras nas seções eleitorais e nos locais de votação;
  • Se possível, o eleitor deve levar sua própria caneta para assinatura do caderno de votação. Também serão fornecidas canetas higienizadas para os que precisarem;
  • Não será permitido consumir bebidas ou alimentos na fila de espera, para evitar a remoção da máscara;
  • Estabelecer distanciamento mínimo de um metro nas filas, que será demarcado com fitas adesivas no chão;
  • Eleitores que apresentem febre ou tenham sido diagnosticados com Covid-19 nos 14 dias anteriores à data da eleição não devem comparecer à votação. Neste caso, até 60 dias após o turno de votação, é possível justificar o voto mediante comprovação do motivo da ausência pelo site www.justifica.tse.jus.br.

Eleições 2020: Quais são os deveres do mesário?

  • É obrigatório o uso das viseiras plásticas (face shields) durante todo o processo de votação, além das máscaras, que devem ser substituídas a cada quatro horas;
  • Uso individual do álcool em gel para higienização das mãos;
  • A fim de evitar riscos e danos, a urna eletrônica não deverá ser higienizada pelos mesários, apenas pelos técnicos designados pelos TREs e cartórios eleitorais;
  • Estabelecer distanciamento mínimo de um metro entre mesários e eleitores, que será demarcado com fitas adesivas no chão.

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes