Eleições SP 2020: propostas dos candidatos para reduzir o desemprego

As propostas foram retiradas dos planos de governo registrados no TSE

Eleições 2020- A maioria dos candidatos à Prefeitura de São Paulo tem propostas para o combater o desemprego na cidade. O Jornal DCI fez um levantamento dessas ideias a partir dos planos de governos  registrados no TSE.

Eleições 2020- Bruno Covas (PSDB)

  • Radicalizar políticas públicas que promovam mais oportunidades de geração de trabalho, emprego e renda
  • Diminuir o peso do Estado, promover novas privatizações e concessões, trabalhar em parceria com a iniciativa privada e facilitar ainda mais, com redução dos entraves burocráticos, a vida de quem quer empreender, gerar emprego e renda
  • O maior programa habitacional que a cidade já viu também vai dinamizar o mercado de trabalho e ajudar a recuperar a economia no pós-pandemia, com geração de mais de 49 mil empregos diretos

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 Celso Russomanno (Republicanos)

  • Incluir como princípio básico das políticas de promoção do desenvolvimento econômico e da geração de emprego e renda a descentralização da estrutura produtiva de São Paulo, promovendo o desenvolvimento econômico das regiões e seus bairros, integrando a implantação de infraestrutura urbana e tecnológica
  • Ampliar e melhorar a política de geração de emprego e renda por meio da articulação dos Centros de Apoio ao Trabalhador com os programas de qualificação profissional, fomento das micro e pequenas empresas e demais ações de promoção do desenvolvimento econômico do município

Eleições 2020: Guilherme Boulos (PSOL)

  • Criação do Centro de Oportunidades da Trabalhadora e do Trabalhador, espaço físico (descentralizado nas subprefeituras) e virtual (acessível via site da secretaria) de atendimento ao trabalhador e que concentre as iniciativas para formalização dos trabalhadores informais, inclusão nos programas de qualificação profissional e nas centrais de cadastramento para as vagas de emprego
  • Reestruturar e ampliar os programas Bolsa Trabalho, para os jovens, e o Programa Operação Trabalho, assim como restituir a focalização dos programas de emprego destinados a jovens, mulheres e a população negra
  • Políticas de inserção no mercado de trabalho e combate ao desemprego na juventude a partir das demandas das regiões das cidades
  • Criar um programa para garantir emprego para a população LGBTI+ (com cota para a população T), com contratos e alternativas de rescisão caso a empresa não cumpra com sua parte
  • Garantir trabalho e renda em condições dignas e suficientes para todas e todos, estimulando o cumprimento de programas de inclusão de pessoas com deficiência no mundo formal do trabalho, bem como no emprego apoiado e em “reserva de vagas” nos concursos públicos

Arthur do Val (Patriota)

  • Trazer empregos qualificados
  • Cortar profundamente gastos desnecessários e, por fim, cortar impostos para que São Paulo cada vez mais atraia bons empregos e se torne uma metrópole com a importância global que merece

Eleições 2020: Andrea Matarazzo (PSD)

  • Implementar Programa de Apoio aos Desempregados em parceria com o Sistema S, sindicatos e entidades com expertise para capacitações focadas nas novas habilidades necessárias e reinserção no mercado de trabalho, considerando também as habilidades para a indústria 4.0
  • Abrir frentes de trabalho emergenciais em obras, manutenção de parques, praças, limpeza de avenidas
  • O programa de Urbanização de Favelas integra também a realização de parcerias com o Sistema S e outras entidades reconhecidas na área de capacitação profissional e empreendedorismo para geração de emprego e renda, bem como disponibilização de microcréditos aliados às capacitações

Jilmar Tatto (PT)

  •  Retomar o papel de indutora do desenvolvimento local da Agência de Desenvolvimento São Paulo (ADESAMPA) e instituí-la por decreto-lei na cidade. A Agência irá estimular o crescimento econômico e a geração de empregos, sobretudo nas periferias, para que a classe trabalhadora não precise se deslocar por três horas para chegar ao trabalho
  • Disponibilizar unidades móveis do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) para auxiliar a população na elaboração de currículo, habilitação e orientação sobre o seguro-desemprego, oportunidades de emprego e emissão de carteira de trabalho
  • Criar ao menos um Centro de Atendimento ao Trabalhador – CAT para cada subprefeitura
  • Realizar diagnóstico para traçar o perfil vocacional econômico das regiões, construindo projetos para geração de emprego e renda conforme o perfil da mão de obra regional
  • Mapear, por meio dos dados do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (Cate), a quantidade de vagas e demanda de formação para subsidiar cursos de formação rápida em parceria com a Secretaria de Educação
  • Capacitar e encaminhar jovens para vagas de emprego, priorizando o primeiro emprego e jovens desempregados ou em emprego precarizado
  • Ampliar o programa Bolsa Trabalho, com a meta de atender 50 mil jovens em toda a cidade até 2024; estender a faixa etária atendida pelo programa para jovens até 24 anos

Eleições 2020: Joice Hasselmann(PSL)

  • Os CEPACs são títulos vendidos pela Prefeitura a qualquer investidor que acredite na pujança da cidade e no retorno de investimentos em infraestrutura feitos em um dado bairro da cidade. Eles vão gerar riqueza, atrair empresários, comércio e estimular a produção, o comércio e o emprego na região
  • O turismo  será instrumento estratégico para geração de oportunidades, emprego, trabalho e renda na minha administração. Tornar eficaz a formação escolar e o eixo humano do negócio
  •  Parcerias com a iniciativa privada para garantir a formação de jovens que ainda não entraram no mercado de trabalho, preparando-os para o primeiro emprego
  • Instrumento a ser utilizado é a capacitação da mão de obra. Serão consideradas as macro vocações que o mercado de trabalho do município vem demandando e os programas terão a duração média de 100 horas

Márcio França (PSB)

  • Abrir até 250 mil microempresas de graça e emprestar até 3 mil reais, com juro zero
  • Para dinamização de atividades que possam trazer rápida geração de empregos apoiaremos o setor de comércio e prestação de serviços com uma linha de crédito para as pequenas empresas, de até 50 mil reais, beneficiando mais de 30.000 empreendimentos apenas no primeiro ano
  • Implementar o Programa Futuro Jovem: 60 mil jovens ente 17 e 18 anos, por ano, serão contratados através da Secretaria de Segurança para prestar serviços administrativos em todas as áreas da Prefeitura. Eles terão salário de 600 reais, ajuda de custo para transporte, alimentação, cesta básica e uniforme
  • Criação de frentes de trabalho onde as pessoas são contratadas para trabalhar por 3 dias na semana, 6 horas por dia, para os trabalhos de limpeza, manutenção, pequenos reparos, jardinagem, em toda a cidade, recebendo salário de 600 reais/mês como compensação aos programas de auxílio e renda básica
  • Incentivos Econômicos para Empregos para Mães, Jovens e Grupos vulneráveis fomentando a contratação por meio de incentivos econômicos e primazia em contratação pública

Eleições 2020: Marina Helou (Rede)

  • Estabelecer parcerias com organizações e empresas para desenvolver cursos profissionalizantes nos contraturnos escolares, prioritariamente nas áreas ligadas ao empreendedorismo sustentável na cidade
  • Aproveitar a plataforma criada pela UNESCO Brasil23, que oferta cursos de desenvolvimento para o aprimoramento de habilidades na busca por empregos e ampliar a divulgação desse material via portais na internet, comunicação via Whatsapp e redes sociais
  • Cursos profissionalizantes – Realizar parcerias com escolas, universidades, organizações e empresas para desenvolver a formação profissional e a renovação dos conhecimentos técnicos para as áreas de maior demanda de vagas na cidade, aumentando a chance de as pessoas conseguirem colocações de emprego formal
  • Sistema de oferta e procura de emprego – Articular a educação profissionalizante com as políticas municipais de emprego, de forma sistemática e transparente, estimulando as empresas a utilizarem o sistema e divulgando as vagas

Orlando Silva (PCdoB)

  • Utilizar recursos do FUNDURB para aquisição de imóveis localizados em áreas centrais com oferta empregos
  • Dentro do Programa Emergencial de Emprego e Renda serão reservados recursos para a contratação de jovens estudantes que atuarão dentro deste programa
  • Esforço conjunto com o plano emergencial de Emprego e Renda
  • Implementação de programas que criem empregos e gerem renda, incluindo programa de renda mínima, com prioridade para as mulheres chefes de família
  • Geração de empregos através de obras públicas, garantindo a contratação de mulheres
  •  Incentivo ao primeiro emprego para mulheres jovens, conciliando trabalho, estudo e família

Eleições 2020: Vera Lucia (PSTU)

  •  Redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais sem redução de salários
  •  Ampliação de serviços públicos (educação, saúde, transportes e cultura) para gerar empregos com carteira assinada e reserva de 70% das vagas para mulheres e negros
  • Estabilidade no emprego
  • Reverter as demissões ocorridas durante a pandemia
  • Estatizar as grandes e médias empresas que demitirem, sob o controle dos trabalhadores
  • Empréstimos a juros zero para custeio da folha de pagamento das empresas até 20 trabalhadores
  • Contratação de todos os trabalhadores de aplicativos pelas empresas com todos os direitos trabalhistas

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes