Eleições SP 2020: veja o patrimônio declarado pelos candidatos

Todos os concorrentes políticos devem prestar contas de sua fortuna para a Justiça Eleitoral. Além disso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fiscaliza suas contas.

Eleições SP 2020 – Para concorrer às eleições, todos os candidatos devem declarar seus patrimônios. O prazo foi o dia 26 de setembro e as declarações já foram feitas, junto com o lançamento da chapa e dos nomes para vereador. No cenário paulistano, os patrimônios dos candidatos vão de R$ 15,4 mil a R$ 2,7 milhões, sendo o mais alto de Marina Helou. O maior patrimônio era de Filipe Sabará, com mais de R$5 milhões declarados, contudo, o candidato desistiu da candidatura ontem (29).

Confira a lista, em ordem alfabética, da fortuna dos candidatos à prefeitura de São Paulo.

Veja também as propostas dos candidatos às eleições de SP 2020. 

  • Andrea Matarazzo (PSD): R$1.494.923,55
  • Antonio Carlos (PCO): R$50.000,00
  • Arthur do Val (Patriota): R$408.635,44
  • Bruno Covas (PSDB): R$104.966,68
  • Celso Russomano (Republicanos): R$1.772.944,11
  • Guilherme Boulos (PSOL): R$15.416,00
  • Jilmar Tatto (PT): R$126.189,86
  • Joice Hasselmann (PSL): R$186.980,00
  • Levy Fidelix (PRTB): R$954.597,41
  • Márcio França (PSB): R$272.864,37
  • Marina Helou (Rede): R$2.244.000,00
  • Orlando Silva (PCdoB): R$738.360,38
  • Vera Lúcia (PSTU): R$20.000,00

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Eleições SP 2020: Filipe Sabará (Novo)

Justiça eleitoral invalida candidatura de Filipe Sabará nas eleições 2020
Filipe Sabará Foto: Reprodução

O candidato com o maior patrimônio era Filipe Sabará (Novo), mas sua primeira declaração era bem mais baixa. O herdeiro do Grupo Sabará afirmou inicialmente ter um patrimônio de R$ 15,6 mil, mas a informação foi retificada no site do TSE. A nova declaração constava os R$5.111.138,94.  O candidato informou possuir R$ 5,04 milhões em cotas na empresa Fibella Cosméticos, R$ 51 mil em aplicações financeiras e outros R$ 20 mil em conta corrente.

Contudo, Sabará desistiu oficialmente de sua candidatura em São Paulo, ontem (29). O TSE já havia indeferido sua candidatura, depois que sua vice Marina Helena saiu da chapa. Então, Sabará foi expulso do Novo na quinta-feira (21), devido a processo no Conselho de Ética do partido que apontou inconsistências em seu currículo.

Sabará anunciou que desistiu oficialmente da candidatura, postou um documento que dizia “Minha participação na disputa para o cargo de prefeito municipal de São Paulo se encerra, mas meu propósito de servir ao povo paulistano permanece intacto”. Além disso, ele afirmou ter sido expulso do partido sem provas.

Eleições SP 2020: Marina Helou (Rede)

Foto mostra Marina Helou, candidata.
Marina Helou (Foto: Alesp)

Após a saída de Sabará da disputa, a candidata com maior patrimônio é Marina Helou (Rede). Helou declarou ter metade de um imóvel avaliada em R$ 1,25 milhão, metade de uma casa no valor de R$ 750 mil, um carro de R$ 78 mil, cotas de R$ 82,5 mil na empresa Rohel Participações, além de previdência privada no valor de R$ 78 mil.

A deputada estadual aumentou seu patrimônio em R$ 713 mil desde as eleições de 2016.

Russomano (Republicanos)

Foto mostra Celso Russomano
Celso Russomano (Foto Agência Brasil)

Com a saída de Sabará, Russomano tem o segundo maior patrimônio declarado na disputa, no valor de R$1.772.944,11. Entre os bens com maior valor estão R$ 792 mil em participações em duas empresas, R$ 301 mil em uma casa e R$ 150 mil em um automóvel Hummer. Contudo, diferente de Marina Helou, sua declaração esse ano foi de R$ 24 mil a menos em 2016, quando ingressou em novo mandato de cargo público.

Guilherme Boulos

Eleições 2020 Foto mostra Guilherme Boulos
Candidato Guilherme Boulos (Foto: Mídia Ninja)

Boulos foi o candidato com o menor patrimônio declarado nas eleições de São Paulo 2020. Ele declarou ter apenas um automóvel Celta. O patrimônio é o mesmo declarado quando concorreu à Presidência da República em 2018.

Vera Lúcia teve o segundo menor patrimônio declarado, que foi de R$20 mil, que seria de um terreno no município de Nossa Senha do Socorro (SE). Seu patrimônio é mesmo declarado nas eleições de 2018.

Pesquisa eleitoral eleições SP 2020

Na pesquisa do IBOPE no começo de outubro, os dados indicavam: Russomano (Republicanos) com 25% e Covas (PSBD) com 22%. São seguidos por Boulos (PSOL) com 10%, Márcio França (PSB) com 7%, Jilmar Tatto (PT) com 4%. Outros como Arthur do Val (Patriotas), Filipe Sabará (Novo), Antonio Carlos (PCO) e Joyce Hasselmann (PSL) ficam na margem entre 0 e 2%. Os dois primeiros candidatos estariam tecnicamente empatados.

Contudo, as novas pesquisas indicaram uma queda percentual de Russomano (Republicanos) e ascensão de Boulos (PSOL). A pesquisa realizada pelo Datafolha e divulgada na ultima quinta (22) apontou Bruno Covas(PSDB) com 23%, Celso Russomanno (Republicanos) com 20% e Guilherme Boulos (PSOL) com 14%. Portanto, deve haver segundo turno na capital paulista.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes