Pesquisa Ibope avalia satisfação das gestões de Covas, Doria e Bolsonaro

Os entrevistados poderiam avaliar a administração dos governantes em ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo

Divulgada nesta quarta-feira (18), a pesquisa Ibope revelou os percentuais de intenção de voto para os candidatos a prefeito de São Paulo que foram para o segundo turno das eleições 2020. Além disso, os dados também apontaram o os percentuais de avaliação das administrações do prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A pesquisa ouviu 1.001 pessoas na cidade de SP, que classificaram as gestões dos políticos em ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. Os dados foram coletados entre os dias 16 e 18 de novembro, e possuem um nível de confiança de 95%, com margem de erro máximo de três percentuais para mais ou menos.

Bruno Covas, atual prefeito de SP

Foto mostra prefeito de São Paulo, Bruno Covas usando uma máscara e segurando um mcirofone.
Bruno Covas (Foto: Governo de São Paulo)

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Desde o mês passado, quando a pesquisa começou a ser realizada, os percentuais de satisfação dos cidadãos com  a gestão do tucano seguem estáveis, sem grandes oscilações. Veja os resultados da última avaliação:

  • Gestão ótima/boa: 33%
  • Regular: 43%
  • Ruim/péssima: 20%
  • Não sabem avaliar: 4%

Quanto a aprovação da administração de Covas, 52% aprovam, 40% desaprovam e 8% não souberam responder a questão. O candidato está em busca de sua reeleição como prefeito da capital paulista, e disputará o segundo turno das eleições 2020 com Guilherme Boulos (PSOL).

Veja os resultados da pesquisa Ibope com as intenções de voto para o 2º turno de SP!

João Doria, atual governador de SP

Foto mostra João Dória em falando ao microfone e sorrindo.
Foto: Jales Valquer/Fotoarena

João Doria (PSDB) foi eleito prefeito de São Paulo nas eleições municipais de 2016. Entretanto, abandonou o posto para se candidatar ao cargo de governador do estado, em 2018, elegendo-se.

Os resultados da avaliação do Ibope apontam que sua gestão é, maioritariamente, ruim ou péssima, de acordo com as respostas dos cidadãos de SP que responderam a pesquisa. Veja a última apuração:

  • Gestão ótima/boa: 16%
  • Regular: 31%
  • Ruim/péssima: 50%
  • Não sabem avaliar: 3%

Jair Bolsonaro, atual presidente do Brasil

Imagem do presidente Jair Bolsonaro. Segundo Ibope, aprovação do seu governo caiu em sete estados
Foto: Reprodução/Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi eleito em 2018. De acordo com a pesquisa Datafolha, divulgada pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” em abril de 2020, 17% do total de eleitores que votaram em Jair estão arrependidos, outros 83%, não se arrependem.

Entretanto, a pesquisa Ibope revelou um percentual alto para a classificação de gestão como ruim ou péssima, maior do que a do governador de São Paulo, João Doria. Veja a avaliação dos cidadãos:

  • Gestão ótima/boa: 21%
  • Regular: 24%
  • Ruim/péssima: 54%
  • Não sabem avaliar: 1%

Comparado aos resultados das pesquisas anteriores a esta, os percentuais não oscilam muito, a menor de taxa classificada com ruim/péssima foi nos dias 2 e 15 de outubro, com 48%.

A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, com o número de identificação na Justiça Eleitoral: SP-05645/2020.

Veja também: chega em SP 120 mil doses da vacina contra Covid-19.

Texto por  Luana Fogaça**

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes