Rodrigo Maia ameaça acatar os pedidos de Impeachment de Bolsonaro

Depois do DEM, partido do presidente da câmara, retirar apoio ao candidato Baleia Rossi (MDB-SP), Maia afirma que pode dar início ao processo de afastamento de Bolsonaro.

Após o partido DEM retirar o apoio a Beleia Rossi (MDB-SP) para a eleição na câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ameaça aceitar pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente da câmara está debatendo se vai acatar ou não as denuncias desde ontem (31).

A ameaça surgiu durante uma reunião na última noite na casa de Maia, em que líderes de partidos descobriram a retirada do apoio do DEM ao candidato Rossi. Estavam presentes representantes também de partidos como PT, PCdoB e do próprio MDB. O presidente do DEM afirmou que o partido vai ficar neutro na decisão, não apoiando Rossi, nem o candidato de Bolsonaro Arthur Lira (Progressistas-AL).

Hoje é o ultimo dia do mandato de Maia e a votação ocorre a partir das 19h, horário de Brasília. As informações são do portal G1.

DEM e Baleia Rossi – Rodrigo Maia ameaça Impeachment

A decisão veio do presidente do partido ACM Neto. Segundo relatos o presidente do DEM, informou a Maia e aos demais que 16 deputados do partido haviam decidido votar em Arthur Lira, candidato do presidente Bolsonaro. Com isso, Baleia teria apenas o apoio de 15 deputados da sigla. Além disso, após decisão do DEM, Lira fica mais próximo de se eleger na votação.

Rodrigo Maia e o impeachment

Maia, então, revelou que após o golpe sofrido teria que aceitar os pedidos de impeachment de Bolsonaro. Cabe ao presidente da câmara aceitar ou não as denuncias contra o chefe do executivo. Além disso, após o presidente acatar o pedido, ocorre uma votação na câmara. Se 2/3 dos deputados votarem a favor, o processo de impeachment é encaminhado ao senado. Contudo, hoje é o último dia do mandato de Maia.

Leia também

VÍDEO: Bolsonaro encerra entrevista após pergunta sobre…

Nova companhia área começa a operar em março no Brasil

Ainda segundo a coluna do G1, os parlamentares que estavam presentes na reunião aconselharam Maia a aceitar todos os pedidos de afastamento de Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -

Já outros políticos pedem para que Maia não siga adiante com o processo, pois já estaria no final de seu mandato. Portanto, não faria sentido acatar um pedido de impeachment neste momento.

rodrigo maia impeachment de bolsonaro
Votação está marcada para Às 19h de hoje (Foto: Agência Brasil)

Esquerda

Após a decisão de ACM Neto, partidos de esquerda ameaçam retirar o apoio ao candidato do DEM, Rodrigo Pacheco à presidência do senado nas eleições. O que levaria o candidato a correr riscos de não ser eleito. Entretanto o presidente do DEM optou pela neutralidade na disputada de hoje na câmara.

Eleições na câmara

A eleição para decidir o novo presidente da câmara dos deputados acontece esta noite. Estão na disputa, até o momento oito deputados. Mas é possível se candidatar até às 17h, então o número pode mudar ainda. Os candidatos são: Alexandre Frota (PSDB-SP); André Janones (Avante-MG); Arthur Lira (Progressistas-AL); Baleia Rossi (MDB-SP); Fábio Ramalho (MDB-MG); General Peternelli (PSL-SP); Luiza Erundina (PSOL-SP); Marcel van Hattem (Novo-RS).

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes