5 chás diuréticos para aliviar o inchaço e a retenção de líquidos

chás diuréticos: 5 aliados do emagrecimento

As bebidas que atuam no funcionamento dos rins, como os chás diuréticos, podem ser grandes aliadas da saúde, já que estimulam a produção de urina e têm efeito detox.

0 792

Nem todo mundo gosta de chá. Mas, se pararmos para pensar que as plantas (e consequentemente as bebidas preparadas com elas) têm benefícios para a mente e também para o corpo, talvez valha a pena provar. Os chás diuréticos, por exemplo, são ótimos aliados para aliviar o inchaço e a retenção de líquidos e, por isso, funcionam também como coadjuvantes no emagrecimento e no tratamento de infecções urinárias, além de prevenir outras doenças.

O que são os chás diuréticos e para que servem?

As bebidas que atuam no funcionamento dos rins, como os chás diuréticos, favorecem a eliminação de sódio e funcionam, ainda, como detox, já que promovem uma melhor filtração da água e de sais específicos. Como aumentam a ingestão de líquido, todos os chás são considerados diuréticos. No entanto, algumas plantas têm propriedades que estimulam a produção de urina.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os chás diuréticos atuam na retenção de líquidos e no inchaço, aceleram o metabolismo, facilitando a queima de gordura e, por isso, são considerados ótimos coadjuvantes do emagrecimento. Também são indicados para ajudar no tratamento de infecções urinárias, já que promovem um melhor funcionamento do trato urinário, ajudando a eliminar a infecção. Além disso, devido à sua capacidade de favorecer a eliminação de sódio, também atuam sobre a pressão arterial, a insuficiência renal e cardíaca.

5 receitas de chás diuréticos

Chá de gengibre com limão

Chá de hibisco

Esse chá é um dos mais conhecidos entre os chás diuréticos. Pesquisas já comprovaram seus benefícios e eles  são semelhantes aos de diuréticos produzidos em laboratório. O chá de hibisco atua no emagrecimento, diminui a pressão arterial, reduz os níveis de colesterol no sangue e reduz os danos ao fígado. Além disso, por conter muitos antioxidantes, previne o envelhecimento precoce e doenças como o câncer. Para preparar, utiliza o botão seco da Hibiscus sabdariffa (nome científico), também conhecida como vinagreira.

Chá verde

Também bastante famosa entre os chás diuréticos, a bebida preparada com a planta Camellia sinensis (nome científico) acelera o metabolismo e contém uma quantidade considerável de cafeína, um diurético natural. Também tem muitos antioxidantes, aminoácidos, vitaminas B, E e C, cálcio, magnésio, zinco, potássio e ferro. O chá verde melhora o funcionamento do cérebro e o desempenho físico, previne doenças, diminui o risco de diabetes e, ainda, aumenta o gasto energético. Uma pesquisa concluiu que essa bebida aumentou o gasto em 4% nos homens. Dê preferência às folhas secas, em vez dos saquinhos encontrados em supermercados.

Foto: Silvia Rita

Chá de gengibre com limão

Essa mistura, receita da vovó, alivia sintomas de gripe e resfriados. Mas, o chá de gengibre com limão é uma excelente opção diurética, que desintoxica e acelera o metabolismo. Além disso, ele ajuda a aliviar sintomas da má digestão e a controlar os níveis de colesterol no sangue, promove a eliminação de ácido úrico e ajuda a regular a atividade intestinal. Ricos em propriedades antioxidantes e antibacterianas, você pode consumi-lo em jejum. No entanto, quem tem problemas gastrointestinais não deve consumir o gengibre. Quanto ao limão, o ideal é colocá-lo no final da preparação para que não perca as suas propriedades.

Chá de cavalinha

A planta Equisetum arvense (nome científico) reduz sangramentos, como na hemorragia ou menstruação intensa. Por isso, é bastante conhecida como remédio caseiro. Mas, ela também auxilia no tratamento de pedra nos rins, combate a celulite e ajuda no emagrecimento. Isso porque ele tem efeito diurético comparado ao de medicamentos produzidos em laboratórios. O chá de cavalinha também tem ação anti-inflamatória e anti-hipertensiva, além de ser um ótimo aliado no tratamento de doenças como a ansiedade. Quem tem pressão baixa, não deve consumir porque ele diminui a pressão arterial.

Chá de boldo

Com propriedades depurativas, o boldo também figura entre os principais chás diuréticos porque elimina toxinas do organismo com bastante eficiência. Por proteger as funções do fígado, essa planta é comumente usada para tratar os sintomas da ressaca. Mas, ele também é um ótimo depurativo do sangue, ajuda a diminuir a azia e os gases e tem propriedades antifúngicas e antibacterianas. O boldo é uma planta fácil de manter em casa, suas folhas são bem verdes e, para preparar o chá, basta adicionar água fervente sobre elas. Mas, atenção, mulheres grávidas não devem tomar.

Contraindicações

Os chás diuréticos podem causar alguns efeitos colaterais, apesar de serem preparados com ingredientes naturais e serem uma ótima opção caseira para ajudar no emagrecimento. Além disso, eles podem interagir com medicamentos e suplementos. Por isso, para garantir as melhores finalidades dessas bebidas, converse com um médico para saber quais são os chás diuréticos indicados para o seu caso. Grávidas precisam de uma atenção ainda maior.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes