Saiba o que é tanino do vinho e como ele ajuda no combate da Covid

Cientistas ao redor do mundo não param de descobrir novas informações sobre a Covid-19. A fim de contar a pandemia que assola milhares de países, a última descoberta dos chineses, realizada pela Universidade de Medicina da China (CMU – China Medical University), mostrou que o tanino do vinho podem inibir a atividade de duas enzimas-chaves da Sars-CoV-2.

O que é tanino do vinho?

Imagem: Reprodução / Jill Wellington

O tanino é um polifenol (substâncias caracterizadas por possuírem uma ou mais hidroxilas ligadas a um, ou mais anéis aromáticos), que se encontra na casca e nas sementes da uva. Tal substância está presente no vinho, e é a responsável por trazer a sensação de adstringência ao paladar. Com um sabor amargo, é também um grande aliado na proteção de plantas e frutos de animais herbívoros.

- PUBLICIDADE -

Normalmente, os vinhos tintos apresentam mais quantidade de taninos. O armazenamento e o tempo de conservação também influenciam a intensidade dos taninos, por isso, a substância também pode ser encontrada nas madeiras dos barris de carvalho que conservam a bebida alcoólica.

Relação entre o tanino e o coronavírus

De acordo com a Universidade de Medicina da China (CMU), o plano inicial do estudo era identificar compostos naturais que poderiam ter algum efeito positivo sobre a Sars-CoV-2 (nome científico da Covid-19). O tanino se destacou ao ser colocado em prova com a substância do vírus, e mostrou uma alta capacidade inibitória forte da atividade de duas enzimas-chaves.

As enzimas possuem um forte papel na proliferação do vírus, afinal, elas atuam como catalisadores biológicos e aceleram as reações químicas em um organismo. Segundo apontou o presidente da Universidade e líder do estudo, Mien-Chie Hung, o tanino tem antioxidantes e eliminadores de radicais livres, que causam efeitos anti-inflamatórios, e assim podem prevenir a infecção e controlar o crescimento dos vírus.

A notícia foi divulgada pela TVBS, rede de televisão de Taiwan-China.

Quais os alimentos ricos em taninos?

Além do vinho, outros alimentos são ricos em taninos. Frutas, chás e vegetais apresentam alta concentração da substância, segundo especialistas. Mien-Chie Hung, presidente da CMU e líder da pesquisa, afirma que o consumo de alimentos e bebidas com taninos também é uma forma de aumentar a imunidade ao vírus. Veja a lista abaixo:

  • Banana
  • Maça
  • Pera
  • Açaí
  • Romã
  • Cravo
  • Canela
  • Nozes
  • Amêndoas
  • Castanhas
  • Feijão-azuki
  • Chocolate amargo

- PUBLICIDADE -

Leia também:

covid-19
Comentários (0)
Comentar