Yoga em dupla: conheça os benefícios da prática

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O yoga é uma prática milenar que equilibra corpo, mente e espírito e tem benefícios cientificamente comprovados. Apesar de ser comumente praticado de forma individual, o yoga em dupla é uma modalidade que vem ganhando cada vez mais adeptos. Isso porque a atividade, quando feita a dois, acaba se tornando mais estimulante e descontraída, além de promover uma maior conexão entre os praticantes.

A prática do yoga é composta, basicamente, por exercícios de respiração, meditação e a realização de posturas. Seus benefícios são muitos: pode prevenir ou auxiliar no tratamento de diversas doenças, como ansiedade, estresse e depressão, por exemplo. Além disso, o yoga também traz ganhos físicos: ajuda a reduzir dores nas costas, tonifica e fortalece os músculos, melhora o equilíbrio e a disposição.

Como funciona o yoga em dupla?

Foto: Reprodução/Core Power Yoga

O yoga em dupla é uma versão adaptada para a prática dessa atividade com outra pessoa e, assim como a prática individual, ela também traz diversos benefícios para o corpo e para a mente. Mas, vai além: promove uma conexão mais forte com o parceiro, amigo ou familiar. O treino a dois, além de ser mais descontraído, acaba sendo estimulante. A professora de yoga Catherine Rocha Davies explica que: “O yoga em duas pessoas é interessante porque uma desafia a outra a fazer as posturas e isso motiva a prática. Além disso, também tem a questão de ajudar um ao outro, especialmente quando as duas pessoas estão em níveis diferentes”.

O yoga em dupla também é uma boa escolha para aqueles casais que desejam se reconectar porque é um momento de descontração, união e troca de confiança, visto que um precisa do outro para realizar as posturas. Em todos os casos, é importante que haja equilíbrio para que os dois praticantes sintam-se confortáveis com a prática. “Eu sempre recomendo que, principalmente no início, tudo seja acompanhado por um professor, mesmo se for em dupla. O professor orienta para que tudo seja feito da forma certa”, comenta Catherine. Ainda segundo ela, isso é importante também para evitar lesões.

Além disso, a professora alerta que é preciso cuidado para que a prática do yoga em dupla não se torne uma competição. “O yoga é uma atividade de autoconhecimento e conexão interior. Algumas pessoas, quando praticam com outras, podem tentar ir além do que conseguem e nem sempre isso é bom. O importante é escutar o próprio corpo e respeitar os próprios limites, senão perde o sentido”, avalia. Levando em conta tudo isso, o yoga em dupla só tende a trazer benefícios para quem pratica.

Benefícios

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Foto: Reprodução/Marco Govel-Stocksy United

Estimula a prática – uma pessoa incentiva a outra e ajuda a realizar as posturas.

Intensifica o treino – as posturas que exigem alongamento, por exemplo, podem contar com uma “mãozinha” do parceiro.

Fortalece a musculatura – assim como a prática individual, o yoga em dupla ajuda a fortalecer os músculos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ajuda no emagrecimento – além de atuar sobre a ansiedade, evitando compulsões alimentares, por exemplo, o yoga em dupla também queima calorias.

Fortalece a conexão do casal – a interação proporcionada pela prática a dois e benéfica para a relação, visto que o trabalho deverá ser feito em conjunto.

Aumenta a confiança – dar e receber apoio do parceiro, amigo ou familiar aproxima as pessoas, estimulando a relação de confiança.

Aumenta a flexibilidade – o estica e puxa promovido pela prática do yoga em dupla é muito benéfico no sentido de aumentar a flexibilidade dos praticantes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dicas para praticar yoga em dupla

Foto: Pixabay

Tendo em vista todos os benefícios que o yoga em dupla proporciona, que tal convidar alguém e começar a praticar o yoga em dupla? Antes de começar, porém, leve em consideração algumas dicas importantes:

– Escolha alguém que gosta de yoga;

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

– Procure um parceiro que tenha um biotipo parecido com o seu;

– Se for fazer com crianças, cuidado com as quedas;

– Pratique a empatia, nem todos conseguem fazer as posturas desde o início;

– Prefira as posturas que exigem equilíbrio e que individualmente seriam mais difíceis de fazer;

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

– Confie no seu parceiro;

– Pratique sob a orientação de um profissional, especialmente se vocês estão iniciando na prática.

Informar Erro
Siga-nos no 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

yogaYoga em dupla
Comentários (0)
Comentar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -