Enem 2020: datas, prova digital e quando sai o resultado

Este ano, 5.783.357 participantes realizaram a inscrição no Enem 2020, e 83% foram isentos da taxa de inscrição

Devido a pandemia do Covid-19, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 foi adiado, mas as datas já estão definidas. Divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e pelo Ministério da Educação (MEC), o novo calendário informa que as provas impressas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro e a versão digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

De acordo com o edital, o Inep vai aplicar o Enem Digital somente para 96.086 participantes, enquanto 5.687.271  inscritos farão a prova impressa. As duas versões, serão formadas por 180 questões objetivas, sendo 45 para Linguagens e Códigos, 45 de Ciências Humanas, 45 de Ciências da Natureza, 45 de Matemática e uma redação (manuscrita). Além disso, do total de participantes confirmados, 83% foram isentos da taxa de inscrição.

Como vai funcionar a prova digital do Enem 2020

No ato da inscrição, encerrada dia 27 de maio, o participante só poderia optar por apenas uma das provas. Como as vagas para o Enem Digital eram limitadas, os primeiros a escolherem essa versão ficaram com a modalidade. Entretanto, a pretensão do MEC é que as provas digitais substituam totalmente as provas impressas, em 2026, a fim de reduzir custos de impressão.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Desta forma, a intenção é aumentar a disponibilidade das provas ano após ano. De acordo com o edital do Enem 2020, as provas serão realizadas em todo o Brasil – 110 cidades em todos os estados e no Distrito Federal -, para dar a mesma oportunidade aos estudantes. 

Os treineiros, aqueles que não terminaram ou não irão concluir o ensino médio neste ano, não tiveram a opção da prova digital, foram realizadas 592.959 inscrições por este grupo. Além disso, as pessoas que necessitam de atendimento especial, também não poderão realizar o Enem Digital, somente o impresso.

  • Quem aplicará a prova? E os computadores?

O Inep irá contratar uma empresa para realizar a aplicação da prova digital, os locais também serão devidamente equipados com os computadores para os participantes. Não haverá possibilidade de se conectar com a internet ou acessar outros documentos que não sejam a prova Por enquanto, as informações de qual será a empresa e os locais, não foram divulgados pelo órgão responsável.

O inscrito pode ficar por dentro do cronograma e atualizações do processo pela Página do Participante. Por lá, também é possível consultar as provas e gabaritos anteriores para estudar, clique aqui.

Como a data do Enem 2020 foi decidida?

Antes do novo calendário ser definido, o Inep cogitou aplicar as provas impressas do Enem nos dias 1º e 8 de novembro e as provas digitais nos dias 22 e 29 do mesmo mês. Entretanto, estudantes e diversos órgãos ligados a educação realizaram um protesto contra a decisão, e um projeto de lei que previa a suspensão das provas do Enem e de vestibulares foi aprovado no Senado Federal.

Mesmo com a realização de uma enquete, com três opções diferentes de datas, votada pelos inscritos no Enem, a opção vencedora que adiria as provas para maio de 2021, não foi a escolhida pelo Inep. Alexandre Lopes, presidente do instituto, explicou que a enquete não foi o único meio de escolha, foram ouvidos representantes de entidades educacionais, que influenciaram na decisão final.

Quando sai o resultado do Enem 2020?

O resultado do Enem 2020 sairá dia 29 de março de 2021, segundo o edital do Inep. Com a nota em mãos, os participantes poderão se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Veja também: 7 dicas de como fazer uma redação completa!

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes