Twitch endurece sua política antiassédio

Twitch endurece sua política antiassédio e política de moderação. Além disso, a plataforma restringirá o uso de certos termos.

Twitch endurece sua política antiassédio. 

De acordo com o anúncio da plataforma feito na quarta-feira (16), eles endureceram sua política de moderação. Bem como não permitirão mais o uso de certas palavras.

Por exemplo, termos como “virgem”, “simp” (homem supostamente desesperado para chamar a atenção de uma mulher) ou “incel” (homens que censuram violentamente as mulheres por seu celibato) não podem mais ser usado por cinegrafistas ou espectadores nos comentários ao vivo que acompanham as transmissões.

Contudo,  segundo Sara Clemens, CEO da Twitch, “tomaremos medidas contra o uso desses termos. Especialmente quando seu uso se referir negativamente às práticas sexuais de outra pessoa”, explicou ela.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, “usar esses termos por si só não leva a uma aplicação judicial. Mas agiremos se percebemos o uso ​​repetido de forma hostil”, explicou a CEO.

 

Twitch endurece sua política antiassédio
Imagem: Reprodução / Pexels

Twitch endurece sua política antiassédio

Há vários anos, o serviço de streaming de video game recebeu acusações de não reagir suficientemente aos casos de assédio que ocorrem em sua plataforma. 

Assim, começaram vários movimentos de protesto pedindo à Twitch para agir sobre essas questões.

A plataforma então anunciou no início de dezembro uma mudança em sua política de conduta odiosa e assédio. 

O site, de propriedade da Amazon, disse que ampliou sua definição de assédio sexual. Bem como separou essas violações em uma nova categoria para que possa tomar mais medidas contra elas.

 

Novas diretrizes

De acordo com as novas diretrizes, o Twitch também proibirá comentários obscenos ou repetidos sobre a aparência física de qualquer pessoa. Além disso, proibirá expressamente o envio de links não solicitados para nudez.

Entre as muitas mudanças, está também a proibição do uso de bandeira confederativa no stream ou nos comentários. 

Após meses de polêmica, o Twitch garantiu que essa mudança de política contra o assédio online fosse a mais significativa nos últimos três anos. Esses novos padrões entrarão em vigor em 22 de janeiro de 2021.

Fonte Le Monde

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes