Chapada das Mesas: como ir, melhor época, passeios e valores

Um lugar escondido no Maranhão, com cachoeiras exuberantes de águas cristalinas e azuladas, trilhas, teleférico, cânions e mirantes. Estamos falando da Chapada das Mesas, destino que tem conquistado cada vez mais os turistas em busca de muito contato com a natureza.

Por conta disso, o DCI preparou este artigo para explicar como ir e qual a melhor época, passeios e valores para você se programar e visitar a Chapada das Mesas. Confira!

Chapada das Mesas: onde fica e como ir?

- PUBLICIDADE -

Chapada das Mesas Mara (Reprodução / Instagram)

 

De algum tempo pra cá, a Chapada das Mesas passou a chamar atenção de turistas que buscam praticar o ecoturismo. Principalmente agora, devido à pandemia de Covid-19, muitas pessoas estão em busca de viagens em lugares isolados e paradisíacos dentro do Brasil para 2020 e 2021.

Sendo assim, a Chapada das Mesas desponta como um local perfeito, pois está localizada ao sul do Maranhão e distante 840 km da capital São Luís e 500 km de Palmas, capital do Tocantins. Ou seja, ela é um destino bem isolado do Brasil e faz parte do Parque Nacional da Chapada das Mesas.

Para chegar até esse santuário ecológico de 160 mil hectares, há duas maneiras:

 

Araguaína

Como a Chapada do Maranhão faz quase fronteira com Tocantins, é possível chegar até ela de avião a Araguaína. Isso porque a cidade fica a 110 km de Carolina, município ponto de partida para quase todos os passeios ao parque ecológico.

 

Imperatriz

Além disso, outra forma é pousar em Imperatriz, que fica a 220 km de Carolina. De lá, você pode alugar um carro ou comprar passagem de ônibus que faz o trajeto em 3 horas.

Por fim, ainda existe a opção de encarar uma viagem de 12 horas no trajeto São Luís – Imperatriz, e mais 3 horas de Imperatriz até Carolina. Ou escolher o caminho Palmas – Araguaína com 7 horas de viagem.

Quando ir para a Chapada no Maranhão

De fato, a melhor época para você fazer as malas e aterrissar na Chapada das Mesas é de maio a setembro, na época seca. Geralmente no verão chove bastante, então evite para não correr o risco de atrapalhar os passeios.

- PUBLICIDADE -

A boa notícia é que a região faz calor o ano inteiro, ou seja, aquele mergulho nas águas azuladas ficará mais gostoso ainda.

Os passeios imperdíveis na Chapada das Mesas

Chapada das Mesas Mara (Reprodução / Instagram)

 

Enfim chegou o momento de falar das principais atrações da Chapada do Maranhão e que fazem qualquer turista se apaixonar. Antes de tudo, você não é obrigado a contratar um guia para conhecer as belezas do lugar, mas o recomendado é procurar uma agência responsável pelos passeios.

Pois algumas atrações estão localizadas em lugares distantes e cujo acesso necessita de um veículo 4×4. Além do mais, para aproveitar melhor tudo o que a Chapada das Mesas oferece, é bom estar de carro. Portanto, conheça a seguir os melhores passeios:

Pedra Caída: circuito de cachoeiras

- PUBLICIDADE -

O passeio no Complexo Turístico da Pedra Caída é um dos mais famosos da região, pois reúne várias cachoeiras belíssimas. Do mesmo modo, a atração não deixa nada a desejar na infraestrutura, pois o circuito de cachoeiras possui escadas e passarelas.

Cabe ressaltar que a Cachoeira Santuário é uma atração imperdível, pois dispõe de paredões com queda d’água que formam uma lagoa dentro da gruta. O local também é perfeito para esportes radicais como rapel e tirolesa.

Poço Azul: espetáculo da natureza

O complexo do Poço Azul na Chapada das Mesas parece cenário de filme. Tudo por causa dos poços de águas azuladas e transparentes, escondidos entre paredões e matas.

Portanto, é ótimo para dar aquele mergulho revigorante e ficar horas boiando e relaxando. Por último, uma informação importante: o complexo fica no município de Riachão (135 km de Carolina).

Encanto Azul: uma das preciosidades do Maranhão

- PUBLICIDADE -

A atração também fica no município de Riachão e costuma deixar todo turista encantado. Afinal, a nascente de águas azuladas e intensas causadas pela luz solar formam esse paraíso escondido no Maranhão.

O acesso é feito por uma estrada tranquila e reformada, o que deixa o passeio mais seguro. Além do mais, a nossa dica é chegar cedo para não perder a incidência do sol no poço e tirar fotos maravilhosas.

 

Pirâmide Mística

É possível ver a Chapada das Mesas do alto subindo pelo teleférico que leva até um templo chamado Pirâmide Mística. O local atrai muitos turistas apreciadores da meditação, contemplação e misticismo.

Ademais, você pode descer o teleférico pela tirolesa de 1.400 metros e apreciar com altas doses de aventura a vegetação do santuário ecológico.

 

Outras atrações turísticas que valem a pena

  • Cachoeira da Prata e Cachoeira São Romão
  • Portal da Chapada: lugar para apreciar o pôr do sol e tirar fotos incríveis na formação rochosa.
  • Refúgio Ecológico Serra Torre da Lua
  • Pôr do sol no rio Tocantins

 

 

Quanto custa uma viagem para a Chapada do Maranhão?

Em primeiro lugar, os valores de uma viagem para a Chapada das Mesas dependem de cada particularidade como: quantos dias, época do ano, local da hospedagem, passagem de avião, contratação de agência ou não, e os passeios. Porém, você consegue se planejar tendo uma ideia aproximada de valores.

Hospedagem

Procure ficar em Carolina, pois a região oferece mais infraestrutura e opções de hospedagem. As diárias para cinco dias em pousadas mais tradicionais oferecem um valor que vai de R$ 1.250 a R$ 2.000. Já em hotéis mais simples, a mesma diária vai de R$ 300 a R$ 800.

 

Passeios para a Chapada das Mesas

Chapada das Mesas Mara (Reprodução / Instagram)
  • Complexo do Poço Azul: R$ 60 por pessoa e com atividades cobradas à parte.
  • Complexo Turístico da Pedra Caída: R$ 50 por pessoa para cachoeiras da Caverna e do Capelão, R$ 30 por pessoa para a Cachoeira do Santuário.
  • Encanto Azul: R$ 20 por pessoa a entrada ou a partir de R$ 150 contratando um passeio ou transporte que leve até Riachão.
  • Pirâmide Mística: R$ 30 (subida) por pessoa.
  • Teleférico: R$ 60 por pessoa
  • Tirolesa: R$ 100 por pessoa (1.200mts + teleférico), R$ 120 por pessoa (tirolesa 1.400mts + teleférico).

Pacote de viagem

Se você não quer se preocupar com traslado, hospedagem, refeição e passeios, a opção é escolher um pacote de viagem que inclui todos esses serviços.

Logo, os valores dos pacotes variam de agência para agência, mas começam a partir de R$ 2.000 por pessoa (cinco dias) e não inclui a passagem aérea.