Passaportes mais poderosos 2021: veja quais são os melhores

A lista dos passaportes mais poderosos 2021 reúne melhores passaportes do mundo para viajar. O Brasil ocupa a 19ª posição do ranking.

A tradicional lista de passaportes mais poderosos 2021 foi divulgada recentemente pela Henley Passport Index. Trata-se de um ranking global de países de acordo com a liberdade de viagem de seus cidadãos. Assim, classifica quais são os melhores passaportes do mundo para viajar.

Uma curiosidade da lista é que o poder de passaportes da Europa e Estados Unidos diminuiu. Portanto, o Japão continua no topo da lista, com acesso a 191 países. Sem a necessidade de emitir visto.

A  Ásia completa o trio inicial. com Singapura, cujo passaporte acessa a 190 destinos. E Coréia do Sul, com acesso a 189 destinos, empatando com a Alemanha.

E para a surpresa de muitos, o Brasil não aparece tão abaixo no ranking. O passaporte brasileiro ocupa a 19ª posição da lista, com 170 acessos. Junto com a Argentina e Hong Kong. E tudo sem precisar da emissão de um visto prévio.

Portanto, veja a seguir a lista completa dos melhores passaportes mais poderosos do mundo 2021.

 

passaportes mais poderosos 2021 passageiro
Imagem: Reprodução/Pixabay

Os 20 passaportes mais poderosos do mundo em 2021

- PUBLICIDADE -

  • Japão (191 destinos)
  • Singapura (190 destinos)
  • Alemanha e Coreia do Sul (189 destinos)
  • Finlândia, Itália, Luxemburgo e Espanha (188 destinos)
  • Dinamarca e Áustria (187 destinos)
  • França, Suécia, Irlanda, Holanda e Portugal (186 destinos)
  • Suíça, Bélgica, Noruega, Nova Zelândia, Estados Unidos e Reino Unido (185 destinos)
  • Grécia, República Tcheca, Malta e Austrália (184 destinos)
  • Canadá (183 destinos)
  • Hungria (182 destinos)
  • Lituânia, Eslováquia, Islândia e Polônia (181 destinos)
  • Letônia e Eslovénia (180 destinos)
  • Estônia (179 destinos)
  • Liechtenstein e Malásia (178 destinos)
  • Mônaco, Chile e Chipre (174 destinos)
  • Emirados Árabes Unidos (173 destinos)
  • Romênia (172 destinos)
  • Bulgária e Croácia (171 destinos)
  • Hong Kong, Argentina e Brasil (170 destinos)
  • San Marino (168 destinos)

Mudanças com covid-19

Ainda vale ressaltar que, devido à pandemia de covid-19, a entrada na maioria dos países está restrita. Portanto, as normas estão sendo alteradas semanalmente. Afinal, isso irá depender de cada destino. E também alterando os passaportes mais poderosos 2021.

Ou seja, a rotina de chegar no aeroporto e mostrar o passaporte para o seu destino sofreu alterações.  E, portanto, muitos países  em todo o mundo entraram de novo em lockdown. Todavia, mesmo quando as restrições diminuírem, é provável que a vacinação obrigatória. Antes das viagens aéreas e assim seja um requisito prévio.

Leia também

Rio de Janeiro além das praias: 12 lugares para conhecer

Mala extraviada: o que fazer e quais os direitos do…

E um outro reflexo é que muitos norte-americanos precisaram emitir um segundo passaporte. Assim como os britânicos, que fizeram várias solicitações junto à União Europeia.

Outro ponto é que mais pessoas estão aptas a trabalhar de qualquer lugar. Portanto, a pandemia de Covid-19 mostra que um segundo passaporte é o ideal. Porque oferece a possibilidade de manter a liberdade de viajar para qualquer lugar. Inicialmente, esse era um valor mais exclusivo dos passaportes norte-americanos e britânicos.

Assim, o passaporte mais poderoso do mundo em 2021 é o japonês. Mas o Japão é um dos 50 países do mundo que não permite que uma pessoa tenha mais de uma nacionalidade.

- PUBLICIDADE -

Os Estados Unidos, o Reino Unido e os países da UE dominavam o ranking. Mas, de acordo com a Henley & Partners, a Ásia-Pacífico teve um crescimento que irá continuar. E também manterá a sua força.

“Pois inclui alguns dos primeiros países a iniciar o processo de recuperação da pandemia”, diz em um comunicado a Henley & Partners.

O Covid-19 evidenciou que o valor de um passaporte não está relacionado somente pela influência econômica. Caso contrário, cidadãos de países menos avançados teriam passaportes mais valorizados. Mesmo com a falta de liberdade social ou baixo desenvolvimento econômico.

 

passaportes mais poderosos 2021 carimbo
Imagem: Reprodução/Pixabay

O destaque dos Emirados Árabes Unidos

O ano de 2020 ficou marcado poucos acordos de visto importantes entre os países. Mas os Emirados Árabes Unidos foram uma exceção notável, apontou a Henley & Partners, em seu ranking.

Por isso, os Emirados Árabes Unidos assinaram vários acordos de isenção de visto no ano passado. Incluindo um acordo histórico mediado pelos EUA, que estabeleceu laços formais com Israel. Além disso,  também concedeu aos cidadãos de cada país acesso. Sem a necessidade de emitir um visto prévio.

- PUBLICIDADE -

Assim, os Emirados Árabes Unidos aparecem no 16º lugar no ranking. Com acesso isento para chegar  em 173 destinos. Esse é um destaque, se comparado à posição no início do ranking em 2006. Nesse período, o país ocupava a 62ª colocação. Com acesso a apenas 35 países.

Portanto, os passaportes mais poderosos 2021 reagem às mudanças globais, causadas pelas mudanças causadas pelo Covid-19. Ademais, também  traçam o futuro do turismo global em diversos países e sociedades do globo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes