Como terminou a novela De Corpo e Alma, novela de Glória Perez

Folhetim nunca foi reprisado pela Globo

Há 30 anos, o folhetim De Corpo e Alma ficou marcado pelo assassinato da atriz Daniela Perez, intérprete de Yasmin. Ela foi morta pelo seu par romântico, Guilherme de Pádua, que vivia Bira. Desde então, a trama nunca foi reprisada pela Rede Globo e desperta a curiosidade dos internautas que querem saber como terminou a novela De Corpo e Alma.

Como terminou a novela De Corpo e Alma em 1993?

Depois da morte de Daniella Perez, a autora Glória Perez se afastou do comando da novela por uma semana e deixou que Gilberto Braga e Leonor Bassères dessem andamento para a história. Depois do período, a famosa voltou ao trabalho e continuou escrevendo a até o fim, apesar do trauma e da dor que estava passando.


Daniella Perez já tinha gravados cenas que seriam exibidas até 19 de janeiro de 1993 – o crime foi cometido em 28 de dezembro de 1992 e a novela chegou ao fim em 6 de março de 1993. Ao final do primeiro capítulo sem Daniella, foi exibida uma homenagem à atriz com depoimentos gravadores pelos demais atores da trama e pelo diretor Fabio Sabag.

A solução encontrada foi dizer ao público que a personagem Yasmin havia se mudado para o exterior para estudar. Já em relação a Bira, o rapaz simplesmente desapareceu da novela e nunca mais houve nenhuma menção a ele. A autora Glória Perez também incluiu mais dois assuntos polêmicos no enredo: a morosidade da Justiça e a inadequação do Código Penal.

Além dos personagens Yasmin e Bira, De Corpo e Alma tinha como tema principal a história de Diogo (Tarcísio Meira), Antônia (Betty Faria) e Paloma (Cristiana Oliveira).


Diogo era casado com Antônia, uma mulher submissa que ainda sustentava a relação com o marido apenas pelas aparências. Ao longo da trama, ele se apaixona perdidamente por Bettina (Bruna Lombardi), com quem vive um caso até que a moça sofre um grave acidente de carro e morre.

O coração de Bettina é doado para Paloma, que ganha uma nova chance de viver após receber o transplante. Diogo fica sabendo que a jovem recebeu o coração de sua amada e fica obcecado pela ideia de se aproximar dela.

Quando Diogo e Paloma se conhecem, eles se apaixonam – no entanto, ela não sabe que o protagonista era amante de sua doadora.

No final da novela, eles ficam juntos apesar das adversidades que passaram ao longo dos capítulos. “Me aproximei por causa do coração de Bettina. Mas agora, é o meu coração que está me trazendo aqui. Eu amo você, meu amor”, diz Diogo no episódio final.  “Eu também te amo muito”, responde Paloma. Os dois se beijam e assim termina a novela.

Ainda no capítulo final, o folhetim exibiu mais uma homenagem a Daniella Perez, relembrando algumas cenas da atriz na novela.

Documentário Daniella Perez estreia


‘Pacto Brutal’ conta a história do assassinato de Daniella Perez. O documentário estreia em 21 de julho no HBO Max – para assistir, é necessário ter um dos planos pagos da plataforma.

A produção tem cinco episódios e mostra acervos de fotos, vídeos e detalhes inéditos sobre o caso que parou o país na década de 90. Cristiana Oliveira, Maurício Mattar, Fábio Assunção, Claudia Raia, Eri Johnson, Wolf Maya, Glória Maria e Roberto Carlos são alguns dos famosos que deram seus depoimentos para o documentário, além de Gloria Perez, mãe da atriz, e de Raul Gazolla, viúvo de Daniella.

Daniella Perez foi assassinada em 28 de dezembro de 1992, aos 22 anos, pelo seu colega de elenco Guilherme de Pádua e por Paula Thomaz, esposa do ator.

Os dois foram condenados em 1993, mas deixaram a prisão em 1999 por bom comportamento. Hoje, Guilherme é pastor da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte, enquanto Paula vive no anonimato.

Leia também

Vestido de casamento da Juma: conheça os detalhes da peça

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.